terça-feira, 21 de março de 2017

Crítica | The Originals - 4x01: Gather Up The Killers (Season Premiere)


Em nome da família.

Depois de quase uma eternidade, The Originals enfim voltou para nossos corações. A Season Finale da terceira temporada foi em maio, ou seja, foram dez meses de espera - tempo esse que parece ter sido duplicado, afinal TO será o único contato com nossos vampiros, agora que TVD se foi - para vermos o que esse salto de cinco anos reservaria para a família Mikaelson e principalmente para Klaus, que é o mais afetado, por estar preso sob o domínio de Marcel.

Mas antes de falarmos dele, quero começar por Hayley, que, como já esperado por todos nós, carregou esse episódio nas costas. A personagem passou cinco anos procurando os ingredientes para livrar os parentes do sono em que vivem, mas não vimos nenhuma dessas cenas. Particularmente, achei um pouco frustrante, mas entendo que a história precisa correr, afinal esse ano terá apenas 16 episódios - o que é muito melhor para não termos plot para encher linguiça, convenhamos -; e também tivemos as cenas onde ela sequestra Keelin e quando mata aquele grupo de vampiros, e acredito que a maioria de suas "missões" para conseguir os ingredientes foi assim, com seus inimigos aos seus pés. Literalmente. Hayley é, sem dúvidas, a personagem feminina que mais cresceu durante a série e é interessante ver que ela não perde sua essência para conseguir o que quer, diferente de Freya, por exemplo.

Foi só eu que achei o cúmulo ela manter Keelin presa porque "pode vir a precisar do sangue dela novamente"? Não seria muito mais fácil drenar mais e estocar? Pelo amor de Deus, é uma vida inocente, que nunca fez mal à ela ou aos Mikaelson. A própria Hayley havia dado sua palavra que a soltaria após o feitiço dar certo pois, como eu disse acima, ela destrói apenas que tenta destruir ela ou sua família. Se eu já não estava indo muito com a cara de Freya desde a season finale passada, agora isso só piorou. Mas enfim, voltando ao feitiço, achei um pouco forçado ela o fazer no mesmo segundo que acordar, sem nenhum "efeito colateral" por esses cinco anos dormindo - até Rebekah e Kol tiveram, apesar de ser uma desculpa para Claire e Nate não aparecerem no episódio e mais salários terem que ser pagos.


Já Klaus, mesmo com todo o tempo preso, mostrou que continua poderoso e destruiu Alistar em um piscar de olhos, o que foi uma boa surpresa, pois pensávamos que ele seria o grande vilão da temporada. Mas foi embora mais rápido do que chegou. E Marcel continua aquele personagem convencido, que acha ter tudo sobre suas mãos, mas que em breve levará uma rasteira e perderá tudo novamente. Não sei como ele ainda não aprendeu, afinal desde a primeira temporada está nesse ciclo sem fim. E como sempre, ele tem uma aliada para ajudá-lo em seus planos. Não lembro o nome dela - sequer se foi dito durante o episódio -, mas ela parece ser tão vadia quanto a Aya, ou seja, já com o "modo odiar" ligado. O "diferencial" de Marcel esse ano é que ele voltou com a paixão que tem pela Rebekah, plot reciclado da primeira temporada. Lá, eu até gostava dos dois, mas agora não sei mais.

Ah, e vocês achavam que eu não ia falar da Hope hoje, né?! Todos já sabíamos que a garotinha ia ser o centro dessa temporada e já nessa premiere descobrimos que ela possui poderes desconhecidos, além de seus desenhos servirem de premonição para o que acontecerá em breve. E vai ser algo desastroso, pois a primeira vítima foi o filho de uma bruxa que estava iniciando um casinho com Vincent, mostrando que afetará a cidade, e não apenas os Mikaelson.

E por fim, mas não menos importante: será esse quarto ano o último? Apesar da CW dizer que nada foi definido, nas últimas semanas surgiu a notícia de que Joseph Morgan se juntaria ao elenco do novo piloto de uma série da Fox baseada em X-Men. Alguém da produção da tal série negou o fato, apesar de Jomo estar com o elenco na mesa de leitura do episódio, então ainda é algo mal explicado - nem o ator se pronunciou, para se ter uma ideia. Eu gosto bastante da série, mas na minha opinião seria muito melhor ela ser finalizada antes de se perder como The Vampire Diaries. Não vamos aguentar mil temporadas de vilões que querem se vingar da família por magoas do passado, não é?! Só nos resta esperar e ver o que essa temporada nos reservará.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário