quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Crítica | The Vampire Diaries - 8x13: The Lies Are Going To Catch Up With You



A magia sempre vem com um preço.

Personagens carismáticos nunca foram um problema para The Vampire Diaries, desde seus protagonistas, passando pelos coadjuvantes até seus antagonistas. A bem verdade é que no decorrer destes anos, as vezes nos pegamos gostando muito mais do time dos vilões do que dos próprios heróis. Começando por Katherine que nos conquistou em sua primeira cena, Klaus que roubou nossos corações junto com Rebekah e Elijah, Kai, o sociopata-sarcástico-demônio-em-pessoa e Damon que de bom moço nunca teve nada e é muito mais um anti-herói do que um mocinho. Todos estes sempre tiveram suas personalidades moldadas de tal forma que independente da maldade, era impossível odiar qualquer um deles.

Nesta última temporada não tivemos grandes personalidades e a única que conseguiu criar uma empatia com o público verdadeiramente foi Sybil, com sua sensualidade e maldade pura. Seline e Cade foram grandes decepções, não seja por menos que nenhum destes tem o apelo que a gemêa boa conseguiu ter. Agora, nesta reta final, a trama tem apostado na nostalgia (exagerada as vezes, temos que concordar) que abusa do seu poder de florescer os sentimentos dos telespectadores. Para isso a produção teve a melhor ideia possível e trouxe de volta Kai, um dos vilões mais amados pelo público (está no meu TOP 3, junto de Katherine e a família Original). Seu retorno é tão satisfatório que não se resume à uma jogada do roteiro, como na verdade faz todo o sentido termos o bruxo de volta, já que Elena só se encontra em um caixão por causa dele.



O núcleo do personagem foi bastante explorado, sendo praticamente o centro do episódio. Suas cenas foram todas com Damon e a química ali é clara. Eles se odeiam de uma forma ou de outra; os dois tem motivos (nas suas cabeças) para arrancar o coração um do outro, mas não foi o que aconteceu. Kai sempre foi bem utilizado por nunca ser tão óbvio como a maioria dos caras maus. Ora louco sociopata, ora buscando o perdão daqueles que fez mal, ora sendo impiedoso com todos que não aceitaram suas mais sinceras desculpas. Neste capítulo temos novamente esta visão do personagem: ele não é cem por cento mal, pelo menos não quando não quer, mas se pisarem nos seus calos, ele literalmente vira o demônio (Cade aprenda).

Do outro lado tivemos um Stefan debilitado como humano, rendendo com certeza as piores partes deste The Lies Are Going To Catch Up With You. A vingança orquestrada por Dorian não funcionou porque suas motivações apesar de claras nunca pareceram suficientes. Pelo amor de Jeová, é sério que depois de dar o primeiro tiro ele tentaria a todo custo salvar a vida do vampiro que massacrou sua família simplesmente por algumas palavras de sabedoria fajuta disparadas por Stefan? Não né, vamos trabalhar melhor as resoluções de algumas coisas. Sinceramente, achei que haveria uma nova narrativa para Stefan como humano, mas TVD não gosta de arriscar e se mantém, mais uma vez, no lugar comum sem mostrar coragem quando mais poderia nos surpreender com algo novo.



Por fim tivemos Bonnie e Cade, o embate do século. Bonnie é forte, sempre soubemos disso, mas encarar o diabo de frente sem nem pestanejar foi deliciosos de mais. Não que Cade alguma vez tenha se mostrado um personagem impositor que metesse medo em alguém, mas BonBon enfrentá-lo do jeito que enfrentou foi algo lindo de se ver. Obtivemos respostas satisfatórias e sabemos que nossa amada bruxinha é mais poderosa do que qualquer um poderia imaginar. Quem diria que veríamos a personagem que sangrava pelo nariz em todo santo episódio por qualquer feitiço se transformar em alguém capaz de criar sua própria dimensão paralela como o outro lado? Há de se entender que agora a única que realmente pode bater de frente com Cade é Bonnie e este combate promete ótimos momentos futuramente. Espero que aprofundem este poder grandioso e permitam que a personagem se sobressaia em seus momentos em tela, mostrando todo o potencial que sempre teve.

Não há como negar, estamos cada vez mais próximos do grande final e para quem assistiu a promo do próximo episódio provavelmente sabe que a batalha final está chegando. Espero que terminem de forma sábia esta parte do show para então começarem a contar as histórias finais dos nossos protagonistas, com suas devidas redenções e "felizes para sempre". Se tudo se encaminhar como veio se encaminhado até aqui, teremos sim um saldo positivo para nos lembrarmos com carinho e satisfação de The Vampire Diaries.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário