terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Crítica | Shadowhunters - 2x01: This Guilty Blood (Season Premiere)


A guerra está apenas começando.

Olha quem voltou?! Ano novo, nova temporada de Shadowhunters. Quem acompanhou minhas reviews, sabe o quanto fiquei decepcionado com o resultado final do primeiro ano. Mas, por algum motivo, ela é aquele tipo de série que criticamos, mas a cada semana voltamos para mais um episódio. Particularmente, sou grande fã dos livros e confesso que já me apeguei ao elenco, então apesar de sempre apontar os defeitos quando necessário, torcia para que o show os corrigisse, e não que fosse cancelado como muitos "fãs" gritavam nas redes sociais. Por isso, aqui estamos novamente para uma nova rodada nas loucuras desse mundo. 

Começando pelo que eu mais esperava que melhorasse: as atuações. Katherine McNamara e Dominic Sherwood eram os mais fracos no ano anterior, o que era extremamente prejudicial, já que eles são os principais e mais exigidos - nessa nova temporada, especialmente. Felizmente, é perceptível uma melhora nos dois, principalmente em Kat. Não sei se é porque essa Season Premiere não lhe exigiu uma carga mais dramática, mas ela parece mais confiante a à vontade no papel. Sua determinação em encontrar Jace nos estimula; enquanto o personagem se esforça para não ceder à manipulação de Valentine, e essa foi outra surpresa, pois pelas promos liberadas pela emissora parecia que o personagem começaria já convencido de que precisa ajudá-lo.

Outro ponto positivo é que os roteiristas já confirmaram que essa temporada será repleta de flashbacks, onde o passado de vários personagens será explicado, e já podemos ver isso em um onde Valentine injeta sangue de demônio em Jocelyn ainda grávida. Como os mesmos também chegaram a afirmar que a temporada se afastaria ainda mais dos livros, foi bom ver essa conexão com momentos do terceiro, Cidade de Vidro. Mas ainda falando da personagem, toda sua reação em torno desse plot - e com Jace, depois da cena final - ainda está estranha para mim. Quem leu o já citado terceiro livro, sabe do que eu estou falando. Jocelyn é uma das mais centralizadas depois de acordar do "coma", mas aqui está bastante perdida. Espero que a explicação para seu novo estado venha logo.


E vocês pensaram que eu não ia falar de Malec hoje, né?! Apesar de que todo aquele humor em torno das investidas de Magnus era hilário, será interessante - e maduro para a série e os personagens - vê-los tentando fazer o relacionamento dar certo. Alec é reservado e não gosta de expor suas emoções, mas com Magnus isso simplesmente é esquecido - e o feiticeiro o compreende e apoia. A reação de Alec com o sumiço de Jace também foi extremamente bem escrita e interpretada, mostrando que mesmo que outrora ele sentisse sentimentos pelo "irmão", a ligação Parabatai dos dois é mais importante do que isso. Vocês vão superar aquela cena do Alec dizendo que se o Jace morrer, uma parte dele irá juntos? Porque eu não! Espero muito desse plot, pois foi outro que a produção já anunciou ser um dos focos.

Izzy não teve tanto destaque nesse retorno, mas foi aceitável e sua participação foi bem colocada nas cenas em que ela esteve. E por fim, mas não menos importante, Simon continua sendo o alívio cômico da série. O que foi ele tentando hipnotizar aquela alcateia ou falando para Clary que só estava correndo devagar por causa dela, pois agora é um vampiro? Todos seus momentos com Clary foram bons, mostrando que apesar dos últimos acontecimentos, a amizade dos dois ainda está viva e que eles podem apoiarem-se um no outro. Minha única queixa com esse episódio é que o esperava mais sangrento. A temporada em si será, mas o episódio poderia ter tido uma contagem de corpo bem maior, por ser o retorno da série e já preparar o público pelo que virá pela frente. E os efeitos especiais não foram muito usados, então ainda não há como formar uma opinião concreta se houve uma melhora - mas espero que sim, pois a série tem um grande retorno na Netflix, que agora está envolvida na produção.

No geral, foi um bom episódio de retorno. Estou ansioso pelo que virá pela frente e, principalmente, pela aparição de Sebastian. Quem leu os livros sabe o quanto ele é importante e a confusão que causa ainda mais na vida de Clary e Jace, mas os produtores - óbvio - estão mantendo tudo em segredo absoluto. E para quem não sabe, a temporada será dividida em A e B (semelhante ao que acontece com Pretty Little Liars e Teen Wolf), com 10 episódios cada parte. Alguém já quer apostar como o décimo nos deixará com a cara na poeira?
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário