terça-feira, 8 de novembro de 2016

Crítica | American Horror Story: Roanoke - 6x07/08: Chapter 7 / Chapter 8



Faltando dois episódios para o término deste sexto ano, o ritmo da série está mais frenético do que nunca. A grande maioria do elenco está morto, restando apenas 3 personagens para disputar a vaga de "sobrevivente". No entanto, antes de falar sobre os episódios em si, gostaria de destacar que estou adorando a dinâmica desta segunda metade da temporada, ainda que não haja nada de especial; só um monte de correria e gritaria típicas dos filmes found footage. Mas o fato é que American Horror Story definitivamente abraçou o "horror" do título, entregando sua trama mais próxima de um filme do gênero até o momento.

Novidades sobre novas participações especiais não param de ser liberadas, e, desta vez, Ryan Murphy confirmou o retorno da Lana Banana, a maior sofredora sobrevivente que você respeita (da segunda temporada, Asylum). Mas onde a Lana poderia se encaixar nesta loucura toda? Não acredito que ela irá aparecer na casa maldita do nada para mostrar como se sobrevive ao caos – apesar de que ela poderia dar até palestra. De fato, é muito mais provável que sua participação aconteça no décimo episódio, possivelmente entrevistando a personagem que sobreviver ao inferno dos 3 dias em Roanoke. Em consequência a isso, é esperado que o "horror" tenha um desfecho na próxima semana, dando espaço para um reinício da trama no décimo episódio – vocês lembram que o próprio Ryan Murphy havia declarado que o último episódio funcionaria de forma independente em relação aos outros? Acredito que ele mostrará o pós-Retorno à Roanoke.

Vamos partir para a pergunta que não quer calar: quem sairá com vida de Roanoke? Atualmente só temos três personagens ainda respirando: Lee, Audrey (fake Shelby) e Monet (fake Lee). Minhas apostas iniciais eram na Shelby ou na Audrey, então fiquei bastante surpreso quando a primeira cortou o próprio pescoço no oitavo episódio. Queria ter visto muito mais da Shelby nesta reta final. Era uma das personagens com mais potencial na trama, especialmente por causa da teoria que ela poderia ser uma bruxa (lembram quando ela teve um aborto ao tocar no marido que estava quase morrendo?), então é uma pena vê-la partindo dessa forma tão fraca. Dentre as três possibilidades, Monet parece que a aposta mais fraca. Atualmente ela está sozinha, sendo perseguida pelos caipiras na floresta. Não podemos esquecer que ela abandonou a Audrey, o que nunca é um bom sinal nos filmes de terror. Claro que o Ryan Murphy pode acabar nos surpreendendo, mas acredito que a personagem não estará respirando ao final do nono episódio.

A verdadeira batalha fica mesmo entre a Lee e a Audrey. Sarah Paulson tem sido uma verdadeira sobrevivente na franquia, sofrendo tudo que um personagem pode sofrer, mas sempre consegue, de alguma forma, ficar no topo ao final de cada ano. É por isso que ela é uma ótima aposta como final girl. A personagem em si também merece destaque, porque, assim como o Cricket, Audrey também é hilária. As reações dela são ridiculamente engraçadas e exageradas, especialmente quando ela tenta fazer tudo girar ao seu redor – tipo quando ela encontra o corpo da Shelby e declara que parte sua também morreu por tê-la interpretado. Por outro lado, Lee é indiscutivelmente a personagem mais forte da temporada. Apesar de estar com a perna ferida, acredito que ela ainda pode render uma boa briga.

Eu só não entendi porque ela escolheu confessar o assassinato do marido em um vídeo de despedida que ela estava fazendo para sua filhinha. Quero dizer, não basta perder ambos os pais de forma horrível, ainda tem que saber que sua mãe é uma assassina cruel em seus minutos finais? Não faz o menor sentido. Que tipo de última lembrança é essa que a Lee queria que sua filha guardasse? A cena ficou extremamente forçada, e era melhor que o caipira canibal tivesse torturado a personagem pela verdade, especialmente porque ele já havia confessado que assistiu ao programa, e poderia muito bem compartilhar das mesmas suspeitas que o resto da América. Este caipira, inclusive, foi interpretado pelo Finn Wittrock. Se eu não tivesse visto na internet, eu não iria saber. A ator estava irreconhecível!

Uma das coisas mais irônicas nesses últimos episódios é ver quão pouca ação os espíritos realmente tiveram. Quase todos os personagens foram mortos por personagens vivos – seja pelas mãos da lunática Agnes, os caipiras, ou pelas mãos aleatórias de outros. Destes dois episódios, apenas dois personagens foram mortos pelos fantasmas: a própria Agnes, que recebeu um cutelo no meio da cara pelas mãos da verdadeira açougueira – uma das melhores mortes da temporada –, e o Dominic (nic, nic), que foi expulso do quarto por ser julgado inconfiável, e foi morto pelo homem-porco. Mas, neste caso, vale ressaltar que foram as próprias Lee e Audrey que, indiretamente, o mataram. Será que o próximo episódio dará mais espaço para os espíritos? Confesso que adorei aquela perseguição com a Shelby e o Dominic correndo pela casa enquanto eram assombrados por praticamente todos os espíritos presos ali.

Mas e a Bruxa Suprema Original? Dará as caras novamente? Ou sua trama ficará em aberto para ser aprofundada nos próximos anos? É provável que aconteça, especialmente agora que o Ryan confirmou que teremos uma temporada que será um crossover entre Coven e Murder House. Antes de terminar o texto, tenho uma teoria que gostaria de compartilhar com vocês... E se tudo o que vimos nessa segunda metade da temporada também for falso? Acho que essa é uma forte possibilidade, não só porque não tivemos uma abertura, mas porque os acontecimentos estão editados como uma série de TV, assim como a primeira metade. Temos até o título Return to Roanoke aparecendo antes e depois dos intervalos comerciais, sugerindo que estamos, novamente, sendo espectadores de uma série dentro de outra série, e não fatos crus como um found footage deveria ser. Considerando que essa foi uma temporada de surpresas, tudo pode acontecer, e não descartaria a possibilidade desta reviravolta. Vamos aguardar para ver.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Você esqueceu do namorado da Audrey as enfermeiras mataram ele.

    ResponderExcluir