domingo, 28 de agosto de 2016

Crítica | Pretty Little Liars - 7x09: The Wrath of Kahn


Cinco anos depois e continuamos burras. Ass: Liars.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Essa foi uma das reviews mais difíceis de começar. Minha vontade era finalizá-la nessa segunda linha mesmo com apenas um "essas meninas são burras, nós somos mais ainda de estar acompanhando isso ainda, vamos atrás de algo melhor para fazer"; mas não destilarei palavras de ódio, porque ódio causa câncer. Nada disso que eu falei chega a ser mentira, mas enfim, vamos expor elas na internet e tratar caso por caso. A dose Pretty Enrolation Liars da semana vai começar!

Eu realmente espero que a Summer Finale seja o episódio que está prometendo pois, junto com o da semana passada, esse foi uma enrolação sem fim e só mostrou uma sucessão de cenas que me fez questionar: as Liars não aprenderam nada depois de anos sendo chantageadas? Começando por Hanna. Todos sabíamos que o plano dela não era o mais consistente e a confirmação não demorou a vir. Ela realmente achou que o Noel cairia naquele Boa Noite, Cinderela? Se duvidar, foi o próprio que inventou esse truque. Para completar, ela ainda devolve de bandeja o celular da Sara para ele. Por que essa tonta não gritou que estava sendo agredida? Noel teria saído dali em uma maca de hospital.

E para dividir com ela o prêmio de anta da semana – porque elas não se contentam só em dividir o Caleb –, Spencer conseguiu deixar alguém roubar o pendrive que continha várias cenas dela e das outras sendo torturadas na Dollhouse. Por que você não fez várias cópias desses arquivos ou simplesmente andou com o pendrive nas mãos para onde quer que fosse, meu Deus?!! Tem um stalker à solta que usa os mesmos métodos de -A, e ela realmente achou que algo assim não poderia acontecer? Se isso não é testar nossa paciência, eu não sei o que é. Espertas foram a Alison e a Mary que preferiram não dar as caras nesse episódio e não serem incluídas na vergonha alheia. Mas vamos seguir.

A única que fez algo "produtivo" nesse episódio foi Aria que, ao lado do Jason, descobriu que o juiz que tratou da adoção do segundo filho da Mary Drake foi o Steve, pai de Noel. Como o roteiro vem insistindo em focar no Noel como esse tal bebê, essa informação deverá ser insignificante e esquecível quando escolherem jogar as suspeitas para outro figurante. Ou seja, essa dupla feita por Aria e Jason foi somente para forçarem casal entre os dois, afinal, foi confirmado que os dois tiveram um revival nesses cinco anos que se passaram. Se os dois já não tinham a menor química na segunda temporada, quem dirá agora, que Jason mal aparece na série. Vocês vão me matar se eu falar mais uma vez que se querem forçar triângulo entre Aria, Ezra e alguém, eles podem trazer o Jake de volta? Brincadeira, não vou falar, até porque vocês sabem o quanto eu sinto falta do personagem.

E falando no Ezra, no fim do episódio, ele ligou para Aria dizendo que a Nicole "não estava entre os reféns do acidente". Muita gente entendeu isso como uma confirmação de que ela morreu, mas só eu já imagino ele chegando com ela no próximo episódio? Seria um baita plot twist, e seria bem mais interessante ver ele escolhendo Aria ao invés da ex do que ficar com a primeira como um prêmio de consolação. E Emily, por fim, continua sendo disputada por Sabrina e Paige, que provou não ter medo da morte, pois foi a única que sobreviveu ao karma de beijar Emily (temos a personagem da Claire Holt, eu sei, mas não sabemos onde ela está, não é?!) e não desistiu. E não é que eu ame Paily, mas é que não consigo ver química entre Emily e Sabrina; e como o episódio mostrou, Paige sabe de tudo o que ela sofreu, portanto pode ajudar.

Por fim, mas não menos importante, tivemos Noel sendo golpeado por Hanna e virando bonequinha das Liars. Quero muita tortura com esse otário, sim! Como eu disse no começo da crítica, todos estão apostando as fichas na Summer Finale. Segundo o TV Line, o episódio trará "uma série de viradas na trama, incluindo uma grande morte, uma bomba ligada a uma paternidade e até mesmo uma gravidez em potencial". Eu, particularmente, aposto no Toby ou na Mona como a grande vítima (ou vocês acham mesmo que alguma das Liars vai morrer? Por favor!). Sobre a paternidade, não aposto em ninguém; mas, a respeito dessa gravidez, não irei me surpreender se for a Spencer grávida do Caleb, afinal de contas, os clichês de novela mexicana sempre têm que aparecer – e a série tem que continuar se arrastando por mais onze episódios. Só mais onze episódios, amém!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário