sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Crítica | Pretty Little Liars - 7x06: Wanted: Dead or Alive


Vamos brincar de "Morto-vivo"?

Review:
(Spoilers Abaixo)

Depois de uma semana sem episódio, nossas queridas maldosas estão de volta! Mas antes de começarmos a expor Taylor Swift as Liars, vocês também estão com a sensação de que algo ainda está faltando na temporada? Não sei explicar necessariamente o quê, mas essa sensação vem me perseguindo desde o segundo episódio. Provavelmente seja esse plot inicial da temporada. Não acredito que essa situação consiga se sustentar por mais quatorze episódios sem cair no clichê, o que, vale ressaltar - e agradecer -, ainda não aconteceu.

Claro que com "cair no clichê" falo no sentido de que esse mistério em torno do Elliott nos deixa com vontade de teorizar e acompanhar os próximos episódios, o que não acontecia há muito tempo na série. E esse episódio caminhou em torno dessa hipótese, do personagem não ter morrido, conseguindo causar uma desconfiança sobre isso. Mesmo que Spencer e Hanna tenham cavado a cova e encontrando o corpo de Elliott, eu pelo menos, não lembro da série ter usado aplicativos para imitar a voz de algum personagem - nem quando -A queria ter alguma das meninas, ele chegava a usar esse recurso - e a voz estava "perfeita". Por outro lado, a série usa e abusa de personagens mascarados com rostos de outros, então quem garante que aquele corpo não é outra pessoa com apenas uma máscara? Ele já estava começando a entrar em decomposição e tenho certeza que Hanna ou Spencer não enfiaram a mão para checar isso.

Mas não podemos desconsiderar a opção de que ele possa estar realmente morto e, com isso, em quem vocês apostam como o novo ameaçador das meninas? Não acredito que seja Mary Drake, ela parece mais assustada do que todas as Liars juntas. Sara com certeza sabia quem era essa pessoa, mas felizmente já está silenciada, o que foi um ponto positivo para a temporada: ninguém esperava que ela morresse tão cedo mas já queríamos isso há muito tempo. Achei uma morte legal (pisou na de certa afogada em Scream) e quero ver como as meninas vão reagir a mais essa "perda". E outra que causa passava dessa para uma melhor foi Alison. Claro que ela não morreria, mas se fosse pela pessoa mascarada, ela bancaria a Cristina de Alma Gêmea e seria sugada pelo espelho.

Bom, nós sabemos que não devemos distinguir pessoas em capuz pelo corpo, mas aposto que era um homem. E mais: Lucas. Meu sonho se fosse o Toby? Seria, mas já desisti da Marlene mostrar algum dos protagonistas como vilão e ele está bem empenhado em ajudar as meninas ultimamente, depois de passar inúmeras temporadas só atrapalhando. Vi muita gente apostando no Jason, mas não acredito que seja ele. E exceto ele e os pares das Liars, só sobra Noel, mas todos nós sabemos que ele só serve para ser desconfiança temporária. Então continuo apostando no Lucas. Ah, e só para não deixar passar em branco: essa amizade da Jenna com Charlotte foi extremamente forçada, não? Convenhamos que Jenna foi uma vítima das meninas, mas isso não muda o fato de que ela não é flor que se cheire e já tentou fazer mal à elas também. E como CeCe tinha controle sobre tudo enquanto era -A, sabe disso. Então, porque se tornar amiga de alguém que tentou machucar a irmã, que ela afirmava amar?

E sim, agora chegou o momento de comentarmos os rolos amorosos de Rosewood. Vocês sabem que as críticas não são completas se não tivermos pelo menos um parágrafo para isso. Bom, não sei se é a intenção dos roteiristas mas eles estão conseguindo me fazer pegar mais raiva da Spencer a cada semana. E da Hanna, por querer ficar bancando a Madre Tereza. As duas nunca foram tão próximas - Spencer é mais próxima de Aria e Hanna, de Emily -, então Hanna poderia parar de tentar forçar algo com ela, pois Spencer sempre que pode solta uma indireta, como "nós estamos nisso por sua causa", "você matou o Elliott, nós só enterramos" ou qualquer coisa parecida, como se Hanna tivesse culpa do Caleb ser um ridículo que foge por medo de dizer qual quer de verdade.

E toda semana somos obrigados a ver uma declaração de término de Spaleb, mas na seguinte eles estão lá, causando vergonha novamente. Isso é o quê, falta de um documento oficializando o fim desse casal-barra-plot chato? Se for eu mesmo providencio um e dou para os dois assinarem. Em compensação, tivemos Aria finalmente aceitando o pedido de Ezra e, apesar de Ezria ter se tornado uma chatice nas últimas temporadas, é o meu casal preferido e claro que fico feliz pelos dois. Agora é rezar para que algo não der errado, já que desconfio que em breve Nicole vai voltar dos mortos. Ah, e quase me esqueci de mencionar aquela cena simples, mas extremamente necessária de Hanna dizendo para Aria que daria tudo para ter uma vida normal, mesmo que tediosa. Essas meninas passam e fazem cada coisa que ás vezes fica até difícil acreditar que são pessoas normais e humanas.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário