quinta-feira, 30 de junho de 2016

[Crítica] Pretty Little Liars - 7x02: Bedlam


Quem é o verdadeiro vilão?

Review:
(Spoilers Abaixo)

E aqui estamos para a segunda semana da sétima temporada de Pretty Little Liars. E devo dizer que Bedlam foi um bom episódio, pois além dos minutos terem passado bem rápido, ele nos deu uma nova visão sobre os novos inimigos das meninas e que se, de fato, venha a se confirmar, mudará muitos os rumos da série.

É claro que isso envolve Mary Drake, que é quem vem fazendo esse ano acontecer. No último episódio, realmente acreditei que ela prenderia Hanna, mas a mulher nos deixou com a cara na poeira ao levá-la para a casa de Spencer. Até aí tudo bem, ela poderia estar fingindo bondado, mas após ver o episódio li uma teoria e até que ela faz sentido. A menina que a criou acredita que Mary quer/irá proteger as Liars porque percebeu que nenhuma realmente matou Charlotte. Isso até faz sentido e se une mais ainda com a história que ela contou à Spencer. Ou seja, Mary é a "boa" dos gêmeos e Jessica a desequilibrada, que matou a criança que cuidava na adolescência.

E Mary parece conhecer bastante as meninas. Ela levou Hanna para os amigos pois sabiam que eram os únicos que poderiam apoiá-la; foi falar com Spencer sobre o passado dos DiLaurentis, coisa que ela sempre quis saber; e, por fim, levou Emily para ver Alison pois sabe que é nela que a sobrinha mais confia. E é isso que nos dá uma nova visão sobre a união dela com Rollins, já que na Season Finale da sexta temporada Mary nos deu a impressão de ser a cabeça de tudo, mas Rollins que se mostrou o verdadeiro sádico, torturando Ali - o que Mary desaprova, vale ressaltar. Isso até causou uma discussão entre os dois e não vou me surpreender se daqui uns episódios os dois estiverem um contra o outro.

Já pararam para imaginar: as Liars (e isto inclui Ali) e Mary unidas contra Rollins? Com certeza, eu pagaria para ver isso. Porque acredito que é questão de tempo até que elas descubram a verdade sobre ele já que, além de presenciar a discussão, Emily ainda foi alertada por Ali de que ele não é o que aparenta. E como ela foi capaz de acusar a Alison de ter matado CeCe quando a menina estava claramente delirando, ela tem mais do que obrigação de acreditar desta vez, não é mesmo?!

Bom, agora que já falamos dos mistérios acerca de Mary, vamos focar nos rolos amorosos? Eu sei que é um assunto batido, mas preciso fechar a crítica com mais de quatro parágrafos, pessoal. Brincadeira! Mas o que não é brincadeira é o nojo que estou sentido do Caleb. Spencer nunca foi lá minha personagem favorita na série, mas é inaceitável o que ele vinha fazendo com ela desde o final da sexta - o que só piorou nesses dois episódios. Não quer mais nada, meu filho? Ótimo, é só chegar nela como um homem e dizer que acabou, e não ficar menosprezando-a que nem um moleque. Mas como isso é pedir demais para ele, Spencer jogou as cartas na mesa e ele veio com um papinho de que o "que eles tiveram não foi errado". E como para uma boa aluna meio passado pretérito basta, Spencer em breve deve atualizar o status de relacionamento nas redes sociais novamente pois tempo para acessá-las é o que não falta, agora que ela está desempregada.

Seguindo os passos de Caleb, Aria também mandou Liam pastar e todo o fandom aprova, já que o personagem era bem chatinho. Ok, vamos ter que aguentar os dramas Ezria novamente, mas Ezra é bem melhor do que o chato do Liam, que ainda tentou insinuar que Ezria tem um quê de Lolita. Fiquem de olhos abertos porque é bem capaz dele flopar o livro do Ezra insistindo nessa comparação. E outro casal que chegou ao fim - desta vez para a minha tristeza - foi Hanna e Jordan. Hanninha ainda tentou reconstruir seu futuro, mas enfim caiu na real de que é impossível consertar algo que nunca aconteceu. Eu realmente gostava desse casal, o único dos novos para ser mais sincero. Mas é aquele ditado... Até a próxima semana!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário