sábado, 31 de outubro de 2015

[Crítica] The Vampire Diaries - 7x04: I Carry Your Heart with Me


Hoje é dia de Halloween, bebê!

Review:
(Spoilers Abaixo)

Depois de dois episódios eletrizantes, The Vampire Diaries resolveu apostar em um episódio mais calmo e que não chegou nem perto dos anteriores. Mas isso não significa que foi um episódio ruim, então, sem mais delongas, vistam suas fantasias e vamos ver o que rolou essa semana.

Vamos começar logo pelo plot do casal do pop do momento, Mary Louise e Nora. Com mais química que Steroline, as duas estão passando por uma crise já que Mary Lou ainda não se tocou que está no século XXI e, mesmo com certos pastores que fala merda pela boca, os casais homoafetivos podem fazer o que quiserem. Só queria aconselhar nossa amiga Mary Lou a mudar sua visão, pois até o Silas se rendeu as prazeres culposos e ouviu uns hits da Madonna na 5ª temporada. Mas falando sério, apesar das duas se amarem, a relação é muito instável e não vou me surpreender se elas acabarem virando-se uma contra a outra. Clichê, mas quem nunca, né?

E como o amor estava no ar, ainda tivemos Caroline se livrando do feitiço da Valerie e podendo enfim sair da seca com Stefan. Bom, quanto aos dois não tenho muito o que falar. Não me desce, algo nessa equação é forçado e desculpem mas não tenho paciência para descobrir o quê pois sou de humanas. Todos sabemos que daqui à três anos eles não estarão juntos, o que só ressalva o quanto esse namoro é mimimizento e tudo é motivo para eles não ficarem juntos (já tivemos Stefan renegando sentimentos, Caroline bitch mode on, o "vamos focar no caos da cidade primeiro" e agora, esse feitiço). Já podemos ir para o próximo assunto? Ok.

Damon continuou na sua missão de recuperar o caixão da Elena e conseguiu. Confesso que achei muito rápido, mas não é como se Elena tivesse sendo torturada, afinal ela está bancando a morta-viva. Esse sequestro só serviu mesmo para despacharem o corpo da menina Gilbert para onde Tyler e Jeremy estão, ou seja, para encurtar cada vez mais o destaque da personagem. Tia Julie bancando a vingativa para a Nina! Mais triste ainda é ver que até um caixão viaja e eu continuo aqui em casa, só comendo e vendo séries.

Agora vamos para o que eu mais gostei no episódio, o plot envolvendo a volta da Jo. Sim, a mulher voltou dos mortos e eu só imagino o quanto Kai e Katherine estão se revirando onde quer que estejam. Mas vocês viram o quão aquele Oscar estava perturbado depois de voltar? Será que Jozinha vai estar assim também? E mais: onde essa louca estava todos esses meses, já que o other side não existe mais? Lá tem wi-fi? Comida? E aquelas gêmeas que vimos no começo do episódio são as filhas ligítimas dela e do Alaric ou apenas adotadas? E porque Damon e Alaric estão brigados no futuro? Sexta, no Globo Repórter.

Por fim e totalmente dispensável, tivemos Matt sendo Matt, ou seja, querendo bancar o herói, mas sendo uma besta ao quadrado; e Enzo com essa súbita paixão pela Lily e juntando-se a Valerie para evitar a volta de Julian. Sobre essa aliança, só sinto sono então espero que eles chacoalhem essa cidade porque estamos precisando. E antes de ir, quem vocês desconfiam que seja a tal caçadora que está perseguindo Stefan e Damon? Muita gente vem apostando na Jo, mas acredito que a Valerie mesmo - ou outra personagem que ainda vai aparecer. E foi, pessoal! Feliz Halloween e até o próximo episódio.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário