quarta-feira, 23 de setembro de 2015

[Crítica] Young & Hungry - 2x12-15: Young & Back to Normal / Young & Unemployed / Young & Oh, Brother / Young & Earthquake


Mal-entendido é o sobrenome dessa série.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Quem está pronto para um resumão das últimas loucuras de Young & Hungry? Primeiramente, desculpem pelo sumiço, as últimas semanas foram corridas e minha internet não estava lá com muita vontade de funcionar, por isso me atrasei com as séries que eu vejo. Sorte que as que eu vejo na Fall Season ainda não começaram, mas vamos ao que interessa. Não sei vocês, mas eu realmente gostei desses quatro episódios, principalmente do primeiro e dos dois últimos.

E começando por Young & Back to Normal, o próprio título remete o clima do episódio: voltando ao normal, ou seja, voltando a loucura que essa série é. Foi genial todo esse plot da Sarah envolvendo os dentes. Todos sabemos que ela não seria uma louca que saía arrancando dentes dos ex-namorados, porém não deixa de ser estranho e nojento ela roubar os dentes de um necrotério. Será que foi com ela que -A comprou aquele colar de dentes que deu para a Emily na 3ª temporada de Pretty Little Liars? Amo a ABC Family ligando todas suas produções - prova disso foi a participação do Keegan Allen no episódio. Adoro o Keegan, mas definitivamente o pessoal da ABC o odeia pois se o Toby não acrescenta nada em PLL desde a 4ª temporada, esse personagem acrescentou muito menos. Vocês lembram pelo menos o nome dele? Pois é.

Já o segundo episódio, Young & Unemployed, foi o que eu menos gostei, mas até que ele me rendeu algumas risadas, como na cena que Gabi, Yolanda e Sofia armam o plano para que a última saia como a salvadora de uma patente do Josh. Mas sem dúvidas, Elliot e sua mãe roubaram todos os holofotes para eles. A mulher é uma louca e interesseira, ou seja, já amei! Brincadeiras à parte, será hilário vê-la no dia do casamento do Elliot e do Alan - sim, porque eu quero esse matrimônio antes do fim da série, caso o casal dure até lá.

Depois disso, tivemos Young & Oh, Brother; e esse superou com folga o episódio anterior. Os roteiristas conseguiram me deixar com a cara na poeira quando revelaram que o Benji era gay, pois achei que a trama seguiria aquela famosa história de "você é como uma irmã, não podemos namorar". E quem realmente acreditou que o Benji e a Sofia iam se apoiar enquanto estavam se borrando dos pais? Só os que são filhos únicos, pois quem tem irmão sabe que a gente joga o foco pro outro sem o menor pudor contanto que nossos pescoços saíam ilesos. E sobre a festa do Elliot, não me rendeu muitas risadas, portanto nada tenho a comentar.

E por fim, mas não menos importante, tivemos Young & Earthquake, que foi o melhor de todos esses episódios. Meu Deus, até eu que nunca fui em uma cartomante da vida, sei que as palavras devem ser interpretadas e não necessariamente que tudo vai acontecer como a gente pensa. Mas claro, não estou julgando, afinal foi graças as loucuras da Gabi e da Sofia que esse episódio foi para frente. E não é porque meu coração se rendeu aos dois, mas a cena do elevador com a Gabi e o Josh já estou para o hall de cenas memoráveis da série. Parte 2, por favor! E Elliot e Allan, vocês estão certos, vão curtir a vida, filho só se o casamento sair.

Mas antes de dar tchau, quero ressaltar que os roteiristas precisam ficar atentos. Se olharmos pelo lado "frio" da situação, esses episódios não tiveram nada relevante para a trama central da série - que não é lá muito complexa para render várias temporadas. E como uma próxima temporada já foi confirmada, muitos episódios assim ainda podem vir, fazendo a temporada ficar fraca com sua conclusão (como ocorreu com a 3ª de 2 Broke Girls). E eu sou do tipo que prefere o fim da série do que a mesma cair no abismo da falta de lógica (alô Supernatural). Ah, e se você gosta da abertura, uma boa notícia: até que enfim a ABC Family liberou a música completa e você pode ouvi-la abaixo. E até a próxima, pessoal:

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário