sexta-feira, 31 de julho de 2015

[Crítica] Pretty Little Liars - 6x08: FrAmed


Red Coat, você por aqui? Saudades linda!

Review:
(Spoilers Abaixo)

E chegou a hora semanal de vir aqui e discutir com vocês as loucuras de Pretty Little Liars. Mas antes de tudo, quero falar do episódio passado. Na review, havia dois comentários e no primeiro, a menina dizia que o Toby comeu um pacote de balas e eu disse na review que eram brownies. Eu não voltei no episódio pra ver se realmente eram balas, mas se foi, muito obrigado pela correção, eu realmente não me liguei nisso (geralmente, eu fecho os olhos nas cenas do Toby, mas isso é assunto para outro dia). E no segundo, a pessoa dizia que minha review estava mal explicada e que no episódio teve bastante coisa.

Bom, eu adoro PLL e vejo desde 2010, vejo tudo relacionado ao cast... Sou fã mesmo! Mas não vou fechar meus olhos quando for um episódio filler ou ruim (na minha opinião, que fique claro) e muito menos ficar voltando à episódios de anos atrás para justificar tal cena. Se eu gostar e ver (ou lembrar) algo que se relacione com outros episódios, irei relatar. Se não, infelizmente não vou poder comparar. Enfim, isso não foi um julgamento a pessoa que comentou, muito pelo contrário. Foi só uma resposta e seus comentários - como de qualquer outro leitor, seja crítica ou elogio - SEMPRE serão bem vindos. É isso que me motiva a vir aqui toda semana.

E um exemplo disso é esse episódio. Diferente do anterior, ele foi muito bom e tenho muitos pontos para comentar com vocês. E vou começar pela nossa amiga mais sumida dos últimos tempos: Red Coat. Muita gente (incluindo eu) ficou de queixo caído com a volta dela porque, convenhamos, todos achávamos que esse disfarce tinha sido esquecido desde que Ali e CeCe se revelaram como as duas que conhecemos. Estão vendo?! Não é difícil os roteiristas nos surpreenderem quando eles querem. Esse retorno foi super positivo porque acredito que é alguém conhecido. Entre minhas apostas estão Sara e Jenna. A primeira, eu desconfio até da respiração e a segunda nunca foi confiável, não é? Vi que muita gente desconfia da Melissa, mas não acredito que o roteiro irá atribuir duas funções cruciais à ela - para quem não sabe, ela é a Cisne Negro da finale da 2ª temporada. E reparem que em nenhum momento vimos mechas do cabelo loiro, que era marca registrada do personagem.

Alison também foi um prato cheio para a gente essa semana. Ela teve seu destaque mór na temporada passada, mas desde o começo dessa estava meio apagada. E nesse episódio, vimos que um resto de menina manipuladora ainda reside naquele corpo. Não estou dizendo que ela está fingindo ser uma boa pessoa (mas bem que eu gostaria dessa virada no roteiro), mas vamos combinar que lavar roupa e fazer sopinha para o Lorenzo foi demais, né? E mesmo o roteiro mostrando que ela só pegou o cartão de acesso dele só porque o viu ali, ela deixou bem claro para ele que entraria ali de um jeito ou de outro, então será que Ali seria capaz de mais coisas para salvar Charles (já que Tanner afirmou que se precisar atirar nele irá fazer)?

Se ela realmente fizer, vai ser o cúmulo. Até entendo a posição dela, mas amiga, ELE MACHUCOU VOCÊ E SUAS AMIGAS POR ANOS, vamos devagar nesse amor fraternal repentino. Nem preciso dizer que sou Team Hanna, né? Charles tem mais que pagar pelo que fez, mas preso. Morte não o faria sentir na pele o que ele fez com as Liars. E já estou contando os dias para o próximo episódio, pois eu acho que ele vai terminar com o Charles tirando a máscara para que o 6x10 possa se focar nas respostas desde o início. Mas isso são só esperanças minhas.

E enquanto Charles não bota a cara no sol, as meninas continuaram desconfiando de todos os figurantes qualquer pessoa que aparece. Os da vez são Clarke e o introduzido Rhys, um carinha um pouco parecido com o Jason. Vejam bem o que eu disse, um pouco. Então, Emily apenas pare que nem eu que sou míope confundi os dois vendo a foto, obrigado de nada. Mas enfim, acho que eles não são ninguém na fila do pão e talvez só trabalhem para Charles sem saber quem é ele - como 95% das participações especiais da série. Isso explica porque ele conseguiu "tirar" uma foto do Charles, não é? Como Monão disse, só tirou porque -A deixou.

Tivemos também a tal mensagem "Stolen Dolls" que traduzida para o espanhol significa No Son Lindas, ou seja, "Não são suas, Linda (Linda é o nome da Tanner porque ironia é tudo)". E isso quer dizer que Charles está revoltadíssimo com a Tanner porque as meninas são dele desde o Pilot e essa mulher aparece aleatória na 4ª temporada e já quer possuí-las. Gente, até eu ficaria como ele depois de tanto dinheiro que ele gastou com essas torturas. Enfim, Tanninha está que está menos insuportável do que nas outras temporadas, né? Só a aconselharia a não usar o Google Tradutor porque ele não é tão bom assim.

Agora vamos comentar sobre os namoros das meninas. Porque se elas tinham tempo pra namorar em plena 3ª temporada, onde recebiam dentes, eram perseguidas em banheiros, etc; quem dirá agora que o circo está se fechando para Charles. Essa semana não teve Spoby, então já estou feliz. Haleb também não, então estou triste. E Emily está sendo chifrada pela Sara com a tal amiga lá, então só nos restou Ezria. Na verdade, nem eles já que Ezra está todo soltinho com Nicole por acreditar que Aria está com o Clarke. Nem preciso dizer que todo esse mimimi vai terminar no banheiro de algum bar ou no apê do Ezra, né? Saudades...

E foi legal ver a interação das mães das meninas, né? Ella e Ashley são as que mais aparecem e minhas preferidas. E foi isso, pessoal! A review ficou enorme porque esse episódio realmente quis mostrar algo. Estou ansioso para o próximo e creio que vocês também, então até lá!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. otima review! também não suporto esses fãs que acham que PLL é uma série sem nenhum erro e que tudo se conecta. pelo amor, 75% das coisas são jogadas aleatoriamente e não fazem sentido algum

    ResponderExcluir