quinta-feira, 23 de julho de 2015

[Crítica] Pretty Little Liars - 6x07: Oh Brother, Where Art Thou


Charles, assista My Super Psycho Sweet 16 e aprenda a dar uma festa. Grato!

Review:
(Spoilers Abaixo)

Olha quem chegou sem atrasos hoje! Eu sei que desde o começo da temporada as reviews saem com um pouco de atraso, mas é porque eu realmente não consigo ver o episódio antes de sábado ou domingo. Mas hoje eu consegui, então vamos ver o que essa loucura nos reservou para essa semana.

Primeiramente, Oh Brother, Where Art Thou foi um episódio filler, então não esperem grandes acontecimentos nos paragráfos abaixo. Começando pelas meninas, elas tiraram o chip após cogitarem (!) ficar com eles e depois foram atrás da Lesli. Essa deu um migué gostosa e fugiu sabe-se lá Deus pra onde. E como quem não tem cão, caça com gato; as Liars decidiram ir atrás do Charles porque pode não parecer, mas elas querem, sim, descobrir quem é ele. Mas vamos ser sinceros: quando um plano envolvendo o Toby daria certo? Desde o início, ele só caga atrapalha os planos.

E a desculpa dessa semana para ser imprestável foi que ele comeu os brownies com maconha que a Sabrina deu pra Spencer. E detalhe: comeu todos de uma vez, ficando mais noiado que os frequentadores da Cracolândia. Eu realmente não julgo a Aria por ter cogitado ficar fora dessa caça ao Charles, foi por pouco que todos eles não se deram mal. E para completar, ele ainda fica chateado com a Spencer por ter comido os biscoitos. Isso é pra você aprender a não roubar nada de ninguém, trouxa. Agora a pergunta que não quer calar: será que ele e o Lorenzo vão ser exonerados? Não vai mudar muita coisa, mas quero ver a cara de pau da Tanner fazendo isso como se a polícia de Rosewood servisse pra algo.

E outro que se deu mal foi o Jason, porque agora o Charles acha que ele armou para pegá-lo e incluiu o irmão na sua lista negra. Se ele quase o matou naquele elevador na 3ª temporada e ainda gostava dele, imagina agora que o odeia? Deus proteja o Jason porque é um dos poucos personagem homem que faz algo na série. E ok, eles são irmãos e foram separados, mas o Charles já fez tanta coisa contra ele (mesmo o Jason sendo tão inocente quanto as meninas) que acho essa raiva do encontro deles não ter dado certo um pouco forçada. Mas enfim, cada doido com suas manias, né?

Pra terminar a encheção de linguiça essa semana vamos falar dos amores que rondam Rosewood. Emily e Sara continuam mais apaixonadas, mas o destino as separou já que Claire - aquela amiga da Sara que apareceu na 3ª temporada - foi atrás da amiga e a convenceu a voltar para a cidade delas. Eu não lembrava daquela cena dela com a Emily, mas não acredito que a trouxeram na recapitulação só pra Sara dizer que realmente não era uma boa pessoa. Tem caroço nesse angu e quando a gente menos esperar, aposto que a Sara se revela tão manipuladora quanto o Charles.

E o outro casal sensação é Mike e Monão, que estavam sem se ver desde a morte fake da menina. Ignorando o fato de só no sétimo episódio temos a cena dele indo atrás dela, eu até curti esse momento. Não é um casal que me agrada ou que eu shippe mas que bom que eles se acertaram. Que sejam felizes e que o Mike volte sempre que a MTV liberar. E não vou me pronunciar agora sobre a faculdade da Hanna porque quero mais detalhes e já está claro que ela vai se dar mal com isso, não é? E foi isso, pessoal. PS: já podemos pular pro 6x10? Obrigado, de nada.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário