terça-feira, 21 de julho de 2015

[Crítica] Pretty Little Liars - 6x06: No Stone Unturned


Vá na lotérica mais perto de sua casa e aposte no bolão "Quem é -A?".

Review:
(Spoilers Abaixo)

E aí, quem acha que a ABC Family realmente poderia fazer esse bolão? Porque ficar milionário é o mínimo que merecemos depois de todos esses anos suspeitando que até nossas próprias sombras podem ser -A. Vamos combinar que se a ABC realmente fizesse esse bolão, ninguém ia ganhar porque quase todo o cast já passou por essa suspeita, não tem mais nem em quem apostar. Mas enfim, vamos logo ao que interessa.

E já começo dizendo que não teve tanta coisa em No Stone Unturned por ele se tratar de um episódio filler (no bom português, pra encher linguiça). Todos já estamos acostumados com esses episódios em Pretty Little Liars, e pela promo desse já era perceptivo que ele seria um, por isso minha demora pra vê-lo. O mais relevante e interessante dessa semana foi ver que Charles colocou um chip nas meninas, por isso ele sabe cada passo que elas dão fora da Dollhouse (como se ele já não soubesse antes). Além disso, nossas pombinhas mortas também descobriram que Lesli não era -A coisa nenhuma, como sempre ela foi só uma pegadinha do malandro que nosso sister DiLaurentis lançou e elas caíram.

Eu já havia dito na review passado que apesar de fazer sentido, ao mesmo tempo seria brochante que Lesli fosse -A, afinal essa menina surgiu na quinta temporada e ainda temos a esperança de que Charles seja um conhecido de outros carnavais. Pois bem, como sempre, essa suspeita foi jogada pro espaço e Lesli é tão inocente quanto o Andrew. As Liars, claro, só chegaram nessa conclusão com a ajuda de Mona fucking Vanderwaal que só precisou de dois minutos para fazer mais do que outros personagens no episódio inteiro. Rainha sempre rainha, né gente? E falando em rainha, saudades Alison...

Mas enquanto Aria, Spencer e Hanna colocavam a mão na massa, Emily enfim saiu da seca e deu uns pegas na Sara. Eu já sentia o cheiro de couro de longe, né gente?! Ainda acho ela meio perturbada (e não, não é por conta do que ela passou na Dollhouse) e a química com a Emily não é tão grande, mas em vista da situação dos casais da série atualmente, esse é o único que se salva. Ainda estou chateado por não terem mostrado a cena do atentado à Sara, mas por não terem mostrado, já fico desconfiado se realmente aconteceu, porque ainda desconfio que a Sara possa estar ajudando o Charles.

Infelizmente, as outras cenas do episódios são descartáveis. Aria continua no "não posso volta agora com você, Ezra" e ficando amiguinha do fotográfo, aí depois decide desabafar com o Ezra e flagra ele com a amiga da Emily e já tira conclusão precipitada. Preciso dizer que essa história é chupada de Malhação? Pois é. E Haleb fizeram as pazes, mas como a ABC Family é uma emissora de família, a scene sex foi em off. #LevemPLLPraHBO. Já Spencer ainda não se tocou que o Toby é um imprestável e continua dando fora no Dean, que se se declarou e tudo. Espero que o Nate Buzolic não suma da série novamente porque adoro ele, mas o Dean quer ficar longe da Spence, afinal já dizia o ditado: o que os olhos não veem, o coração não sente.

E por fim, vimos o que tinha no bilhete que o Charles enviou pro Kenneth: "Querido papi, estarei em casa para meu aniversário. Faça uma festa de morrer! Com amor, Charles". Sério gente, tem como NÃO amar o Charles? Estou escrevendo esse parágrafo com os pés porque com as mãos estou aplaudindo o sarcasmo dele. E o que foi esse "papi"? Sempre desconfiei que ele faz parte da comunidade LGBT. E não é preconceito tá pessoal, até porque aqui, Feliciano, Silas Malafaia e toda essa corja não representa ninguém! Até a próximo episódio que vai ter a volta do menino Mike porque a MTV liberou. Amo essa amizade das emissoras americanas, Globo e Record deviam aprender!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário