sábado, 16 de maio de 2015

[Crítica] The Vampire Diaries - 6x22: I'm Thinking Of You All The While (Season Finale)


"Bonnie Bennet, você passou sua vida inteira se sacrificando por mim. Agora é minha vez de fazer o mesmo por você." - Elena Gilbert.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Ao mesmo tempo que eu estava ansioso por esse episódio, eu estava com medo de vê-lo. Afinal, esse é o nosso adeus à Elena Gilbert. Por mais que a esperança para sua volta tenha ficado no ar, sabemos que isso dificilmente acontecerá e o máximo que ainda poderemos ter Nina é no Series Finale. Mas só de não terem matado a personagem já está valendo. Eu tenho uma verdadeira revolta quando algum protagonista de um seriado decide sair e os produtores decidem que a morte do personagem é a melhor saída.

É quase que um crime fazer isso com o personagem. Não pelo ator em si ou pelo personagem, mas com os fãs porque, convenhamos, somos nós que mantemos o produto no ar e é injusto acompanharmos três, cinco, dez temporadas para vermos nosso (ou um dos) personagem favorito morrer. Prova disso é a audiência de várias séries caírem após a morte de um dos principais. Depois de tudo que Elena viveu, mesmo com todos os mimimi e coisas do tipo, a morte não seria a melhor saída para a personagem. Que bom que Julie Plec e Caroline Dries sabem disso.


Fui muito bonito ver todas as despedidas não só da atriz como da personagem. Não diria que o episódio teve o mesmo apelo sentimental que o da saída de Liz Forbes, mas todas as despedidas foram necessárias e inesquecíveis. Stefan realmente "salvou" a vida de Elena; Matt também sempre foi fiel à ela, mesmo que isso o colocasse em perigo; e por aí vai. Mas nenhuma vai superar à despedida dela e de Bonnie. De fato, nessa categoria de não medir esforços para proteger Elena, Bonnie ganha em disparada. Bon Bon se sacrificou inúmeras vezes pela amiga e Elena dizendo que havia chegado a hora de retribuir me deixou sem palavras.

Mas além da saída da Nina, tivemos também a de Michael Trevino. Não foi dada nenhum explicação para onde ele foi nesse episódio, mas Julie e Caroline revelaram que ele foi caçar vampiros com o Jeremy - e que isso vai ser dito na 7ª temporada. Enfim, pena do Tyler por ter esse final brochante. Além disso, fui o único a não gostar da morte da Liv? E deixaram tudo mais surreal ao fazerem com que o Ty a matasse. Sério? Matasse qualquer outra pessoa ali, todos já estavam com o pé na cova mesmo. Coitada gente, podiam ter poupado ela de algum jeito e feito os dois terem um final feliz, coisa que ninguém nessa série tem há anos - aliás, nunca teve, não é?


E dentre várias pessoas que mereciam um final assim, está Alaric. Vocês sabem o quanto eu fiquei revoltado por resolverem matar a Jo (grávida de gêmeos!!!), mas quando deixaram claro que todos do clâ Gemini iriam morrer de uma forma ou de outra, não restou aceitar - iria ter que aceitar de qualquer jeito por ela já havia morrido, mas vocês entenderam. E esquecendo um pouco minha raiva pelo Kai, devo admitir que o plano dele foi muito frio e calculista. Beber o sangue da Lily e se matar depois para voltar vampiro e causar a morte todos do seu clâ foi genial. Porém, ele não teve muito tempo para aproveitar, já que o Damon lavou nossa alma decepando sua cabeça. Enfim, tchau e até nunca mais, e obrigado Chris Wood por ter feito esse trabalho magnífico como o Cobra Kai.

Agora focando no Damon, a cena dele salvando Bonnie me deixou extremamente satisfeito pois sabia que ele não a deixaria morrer mesmo que isso fosse a única chance dele ver Elena novamente. E as produtoras já anunciaram que Bamon na 7ª temporada será construído apenas na amizade. Eu não coloco minha mão no fogo e ainda acredito que os dois possam se envolver, mas achei plausível elas não divulgarem se isso vai acontecer, mas sim conquistar o público aos poucos.

Por fim, mas não menos importante tivemos Steroline. Como vem acontecendo há vários episódios, eles não saíram do "gosto de você, mas não podemos ficar juntos ainda". Melhorem! Todos sabem que vocês vão ser o novo casalzinho de Mystic Falls. E foi assim que encerramos esse ano. Como já era previsto, os vampiros-bruxos só serão desenvolvidos na temporada que vem, que terá um salto no tempo como vimos no final desse episódio. Só achei muito injusto não promoverem Annie Wersching para o elenco regular, afinal é Lily que movimenta os vampbruxos. Mas calmem que ela não vai sair da série, muito pelo contrário: vai ser tiro, porrada e bomba no embate dela com os filhos.

Enfim, obrigado por todos que me acompanharam nessa temporada e vamos ver o que a série vai nos reservar no próximo ano. Sem dúvida, o saldo final foi melhor que o da temporada anterior e isso é um avanço. Ah, e vale lembrar que na próxima Fall Season, The Vampire Diaries e The Originals serão exibidas no mesmo dia (ás quintas-feiras). E um obrigado ainda maior à Nina Rainha Dobrev por Elena, Katherine, Amara... enfim, por tudo. Acompanho TVD desde 2009 e nesses anos, virei fã não só da série como da atriz, e é triste vê-la deixar o show, mas só desejo o melhor para a carreira dela e ela só merece crescer mais e mais!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. Olha.. eu curti muito o episódio.. achei muito mórbido o clã morrer, a morte de Jo, a morte da Liv... mas realmente me impressionou e surpreendeu tudo. Apesar de ficar muito triste com a morte de Jo, pq ela realmente era uma personagem legal...Curti o "final" para Nina Dobrev... realmente ia ser muito ruim matarem, muito injusto com os fãs e com todo o desenvolvimento da personagem desde o começo da série, assim como com os outros personagens... e faze-la esquecer e ir embora seria terrivelmente pior.. o meio termo encontrado foi excelente, pra mim, pois ainda abriu um possivel final feliz pra ela e Damon (nao por serem Delena, mas por que foi consumado como casal final praticamente). Achei muito justo o q fizeram, pensaram na atriz, na personagem e também no público... odiei Kai por tudo o q fez... ele foi o verdadeiro vilão nos fazendo odiar completamente cada ação sua, ao mesmo tempo q foi um vilao com presença e que realmente apresentou uma ameaça ao mundo de TVD (coisa q Marcus nem chegou perto disso).. bom.. eu vou sim continuar vendo a série.. acho q a série pode crescer muito se enfrentar essa perda da protagonista.. esperemos até o ano q vem :)

    ResponderExcluir
  2. Não abandono a série unicamente porque já gastei 6 anos acompanhando lero-lero de Stelena e Delena... Sinceramente, apenas tramas e dos plots serem bons, a série se perdeu depois da quarta temporada. Sinceramente, só nós - fãs - é que vamos assistir até o último episódio de TVD, porque os outros públicos já desistiram faz tempo.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Vim visitar a primeira vez e adorei. Eu também senti com a saída da Nina, acompanho desde 2011 e achei inteligente o desfecho da personagem. Melhor do que matá-la. Todas as despedidas foram bonitas, mas como Vc disse Elena falando que agora era a hora de se sacrificar pela Bonnie foi demais!
    Kai estava mais "sensível" por conta da fusão com o Luke, mas como tinham que dar um desfecho tanto para o personagem, quanto para a Elena, o jeito foi voltar a ser frio e calculista. Também comentei sobre isso na minha review. Assim como o pobre do Alaric.
    Não sabia que o Tyler iria caçar vampiros, perdi essa notícia.
    Agora é aguardar a sétima e torcer para os outros também terem um final decente.
    Beijos e até mais.

    http://coisasdajuuh.blogspot.com.br/2015/05/review-vampire-diaries-season-finale.html?m=1

    ResponderExcluir