sábado, 30 de maio de 2015

[Crítica] Marvel's Agents Of S.H.I.E.L.D. - 2x18/19/20: The Frenemy Of My Enemy / The Dirty Half Dozen / Scars


"Para sempre sempre acaba".

Review:
(Spoilers Abaixo)

Sei que estou em um hiatus maior que os da ABC, com a vantagem de que eles colocaram Agent Carter - que foi renovada e eu ainda não vi nenhum ep - para não deixar vocês a ver navios, mas, felizmente estou de volta para atualizar a os episódio restantes.

Eu vi o episódio 19 antes de ir ao cinema assistir a Vingadores 2: Era de Ultron, então quando vi o episódio fiquei caralho tenho que vê isso, só assim para continuar vendo a série, porque vai ficar foda depois disso. Primeiramente, calma. Iria vê vingadores de qualquer jeito, e a série realmente ficou foda depois, mas isso não teve quase nada, ou nada, a vê com Ultron, mas sim com Inumanos, como deveria ser, só não entendo porque eles diminuíram tanto o passo da série se no fim das contas Ultron não passou de um Easter Egg.

Pois bem, The Frenemy Of My Enemy, serviu para da um propósito ao Ward que estava meio perdido na história, além de conectar mais a Skye com o pai, certo que o cara não tem a melhor cabeça do mundo, mas ele se perdeu tentando achar a filha e, sim, mesmo ele sendo um manico entendo a preocupação dela com ele, mas não entendo o Colsoun sentado na mesma mesa que o Ward, conversando como velhos amigos. Quem também mostrou um lado mais escuro, foi a Jemma, que na ânsia de se vingar do Ward acabou matando a pessoa errada. Já desisti de vê ela o Fitz como eram na primeira temporada, claro que prefiro eles assim, mas...

Já a partir de The Dirty Half Dozen, Ultron recolhido para o lugar de onde nunca pareceu ter saído, S.H.I.E.L.D.  se concentrou no que realmente interessa, o Inumanos, só um adendo para dizer que a essa altura a divisão do órgão já não existia mais e que o Colsoun estava comandando tudo. Quem ganhou especial relevância foi a Raina com suas visões do futuro, acabou por ofuscar a liderança da Jiaying além de descobrir o que a mãe da Skye estava planejando. O episódio brinca o tempo todo com a nossa confiança na Raina, até que ponto ela está falando a verdade ou agindo em seu próprio interesse.

Essa dicotomia da personalidade da Raina fica completamente exposta quando ela resolve ajudar a Skey a salvar o Lincon, traindo assim Jiaying, que havia dado ordens expressas em sentido contrário, até que tudo tenha se resolvido tu não consegues saber se o que ela disse é ou não verdade, isso é um ganho e tanto para a série. Além do que ela serviu para colocar mais uns easter eggs de Vingadores, na série e sem que pareça que tenham surgido do nada.

E, finalmente, Scars joga a lama no ventilador. Quando a Raina tem uma visão sobre uma pedra Kree que representa uma ameaça para os Inumanos e com  a S.H.I.E.L.D. cada vez mais perto a Jiaying decide por a cara no sol. Vendo de fora, fica claro que deveríamos ter confiado na Raina e que ela é que deveria ter ido ao encontro com o Gonzalez e não a Jiaying, isso porque a mãe da Skye, já tinha uma guerra preparada, onde a humanidade pereceria e os Inumanos seriam revelados, gosto desses planos, tipo o do Magneto em transformar todo mundo em mutante, às vezes queria que acontecessem.

Enfim, Jiaying não sou enviou o marido para a S.H.I.E.L.D. como matou um dos seus líderes e fez com que todos acreditassem que o ataque havia partido do lado oposto, só assim ela convenceria a filha e os outros Inumanos a embarcarem em uma guerra com ela. Confesso que me surpreendi com o Gordon, já que ele descumpriu um ordem dela para ajudar a salvar o Lincon, mas no fim das contas acabou traindo a Raina e ficando ao lado da sua mentora do mal.


Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário