quinta-feira, 21 de maio de 2015

[Crítica] Grey's Anatomy - 11x24: You're My Home (Season Finale)


Depois de tantas desgraças, dancinhas no final viraram moda. Amo. 

Review: 
(Spoilers Abaixo)

Sem tragédia, sem nenhuma grande reviravolta, sem (mais) nenhuma grande despedida. Assim foi a season finale de Grey's Anatomy, e até dancinha no final teve. Depois daquela quantidade considerável de tragédias e perdas que aconteceu na vida destes médicos, Shonda, por algum milagre divino, decidiu não trazer nenhuma extraordinária expectativa para próxima temporada. Não me entendam mal, já estou morrendo de saudades para o retorno da décima segunda temporada (é isso mesmo) mas não porque nenhum médico ficou entre a vida e a morte ou algo assim, estou ansioso porque é minha série preferida mesmo.

No geral, como de costume, a todo instante os espectadores (eu) estavam aguardando por algo que fosse explodir bem diante das nossas caras, como um meteoro ou semelhante (não duvide jamais), mas isso não aconteceu, mas não é por isso que o episódio foi ruim, bem pelo contrário. Finalmente parece que os personagens terão um momento para respirar sem algum grande acontecimento, mas como era season finale, todos esperávamos por algo monumental, porque é alguma coisa que já virou costume dentro do show, e é até meio estranho não ter algum infortúnio durantes os quarenta e dois minutos, mas posso dizer que foi muito bom assistir a algo mais brando e tranquilo.

Tivemos pequenos casos de dramas que são pontas deixadas soltas para o retorno em setembro, como por exemplo a disputa pela chefia do hospital, onde Miranda é a primeira concorrente, e devo dizer que espero que desta vez ela ganhe alguma coisa, porque "oh" personagem pra perder sempre. Apesar dela ter entrado pro conselho no início desta temporada, ela passou todas as outras dez chegando em segundo, e desta vez é merecido que ela ganhe, até porque ela esteve bem apagada durante quase todo este ano. Ela meio que já tinha ganhado a vaga pelo Richard, mas Catherine discordou (que foi motivo para o casamento quase não acontecer, quase), e então decidiu-se que teriam uma disputa justa entre dois (ou mais, não posso dizer com certeza) indicados para o cargo.

Alex e Jo tiveram também seus momentos. Alex que é outro que esteve bem em baixa, mas alguma trama já está sendo modelada para ele e sua companheira, envolvendo até um novo cenário para a série, já que os dois estão comprando um loft juntos, para poderem ter sua vida privada como casal. Mer está para voltar a sua antiga casa (e eu amei essa decisão, me lembra os velhos tempos) e Jo não se sentiu a vontade de ter que ver sua atual residencia se tornando uma república ou algo parecido, como já foi um dia. Stephanie também cresceu bastante, e até meio que assumiu a liderança de "personagem novato mais importante" que antes era de sua colega. Espero que trabalhem bem mais com ela no próximo ano, e que ela não seja eleita para o falecimento tão rápido, pois adoro ela.

Acho que o mais pertinente foi o drama deixado para April (que cresceu absurdamente nestes dois últimos eps.) e Jackson. Ela sente que necessita voltar para sua missão com Owen e Jackson sente que não pode mais suportar a situação que está vivendo. Entendo todos os motivos dele sobre como os dois não viveram o luto, e se separaram de alma (pelo menos) deixando uma fenda na relação, mas apesar disso não quero que ver um dos meus ships favoritos se separando, mas pelo que foi dito, isso é algo inevitável, mas torço para que não aconteça. Ver April chorando pelo o que estava se passando foi de cortar o coração, mostrando que a atriz já está bem habituada com sua personagem, evidenciado não só o crescimento da figura como também de sua intérprete.

Por fim, tivemos alguns momentos Amelia e Mer, e elas estão se encaminhando para se acertar. Espero que dê certo, porque não quero que haja alguma trama de briga boba e sem fundamento na próxima temporada. Pierce teve seus momentos também, quando descobriu que sua família perfeita era uma farsa nos últimos onze anos. Não entendi muito bem o motivo desta trama, mas vamos ver o que acontece.

E os personagens daquela tragédia da semana passada conseguiram todos se salvar, mostrando que Shonda nem sempre será a vilã da história, e que nem todos merecem morrer. Ou foi isso, ou a ABC pressionou para que não houvessem mais cortes no elenco, que vem diminuindo consideravelmente nos últimos anos. No final, na festa de casamento de Richard e Catherine que também foi uma despedida da casa de Mer, tivemos o momento risonho e choroso, já que todos estavam felizes e dançantes. Mal sabem eles que mais desventuras os esperam na próxima temporada, simplesmente porque estamos em Grey's Anatomy, e GA é da Shonda, e a Shonda é a rainha do drama.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário