quarta-feira, 25 de março de 2015

[Crítica] Pretty Little Liars - 5x25: Welcome to the Dollhouse (Season Finale)


-A de trouxas.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Chegamos a tão esperada e comentada Season Finale que acabaria com nosso tormento sobre quem é -A. Se tivemos a resposta? Vocês já sabem que não, né?! Vocês podem dizer que sim, que descobrimos que -A é o Charles, MAS QUEM É ESSE, GENTE? Nunca vimos esse ser até que se prove o contrário. Mas eu fui direto ao ponto, sendo que as explosões de cabeça começaram bem antes dessa revelação. Então, peguem suas xícaras e sentem-se porque o papo vai ser grande e cheio de teorias hoje.


Primeiramente, Mona is Alive, bitchies! Sim, essa safada enganou todos nós e está mais viva do que a Maya. Juro que quase tive um treco assistindo o episódio ao vivo ontem à noite, mas estou gritando desde então porque essa mulher era boa demais para ter sido morta. Bom, não teve explicações de como ela estava viva, se alguém sabia, onde estava esse tempo todo, etc; mas acho que isso foi meio que explicado em Pretty Isn't The Point. Mas é claro que ela precisava de ajuda para forjar tudo, então alguém sabe e fingiu ser Alison atacando-a. Não sei se eles vão usar o Mike para isso, afinal todos já sabem que o Cody vai para Teen Wolf e não sabemos se o contrato dele com a MTV vai permiti-lo ficar transitando entre as duas séries.

Também sabíamos que ela usaria isso para descobrir quem é Big -A, mas como ela foi parar naquela casa de bonecas? -A a sequestrou? Ela se rendeu? Não entendi nada disso mas segundo a Marlene, vamos descobrir tudo sobre aquela casa no 6x01 e acho que vão explicar como a Mona encontrou -A ou vice-versa. Acho que dessa vez, a Marlene não está mentindo e que vamos saber mais sobre aquele covil, sim, pois não é grande coisa. Inclusive, uma menina perguntou a Marlene no Twitter como -A consegue dinheiro para fazer o que faz com as Liars e ela respondeu que ele é uma pessoa experta, conseguindo assim dinheiro rápido e fácil. Ainda resta dúvidas? -A é garoto de programa, gente! Sempre desconfiei.


E falando no dito cujo, vamos logo colocar a cara no sol porque não somos Edward Cullen: Big -A é Charles DiLaurentis, irmão gêmeo de Jason que foi preterido pela Jessica. Mas aí vocês me perguntam: Quem diabos é Charles? Exatamente (!!), ninguém nunca viu, ninguém sabe quem é. Se duvidar nem o próprio Jason sabe da sua existência. Mas lembram que a Marlene disse numa entrevista que Big -A estava no Pilot? Não ficaria surpreso se o roteiro revelasse que ele usurpou - ou está usurpando - o lugar do irmão algumas vezes. Faria bastante sentido e se casaria perfeitamente com essa teoria abaixo:


Mas se esse Charles for mesmo Big -A, porque ele vem ameaçando as meninas há anos se elas não tem culpa dele ter sido abandonado pela Jessica (na verdade, elas eram bebês ainda)? Qual a lógica disso? Como sempre, não tem; mas como vivemos de teorias e mais teorias, leiam essa abaixo, ela faz bastante sentido. Vamos combinar que depois de um porco, qualquer coisa não vai ser estranha em PLL, né?


Essa teoria só tem uma coisa que a quebra: se a Jessica não aceitava o filho ser gay, porque compraria um vestido feminino pra ele (aquele do episódio de natal, lembram?) igual o da Ali? E para nos confundir mais ainda, a quenga da Marlene disse que os gêmeos podem não ser univitelinos e esses meninos que viveram o Jason e o Charles realmente não se parecem. Inclusive, foquem no primeiro - de cabelo curtinho -, ele tem cara de diabólico, né gente? O menino não tem nem meio metro e já atua melhor que metade desse pessoal que aparece nesse slashers de baixo orçamento. Já o segundo é a cara do Macaulay Culkin na época de Esqueceram de Mim, achei fofinho. Mas enfim, muitos acreditam que se os gêmeos não forem idênticos, o Charles pode ser o Andrew.

Eu não acredito muito nisso pois além dele estar espionando os pais da Spencer enquanto as meninas estavam lidando com -A, ele teria que ter repetido algumas séries - pois não teria a idade padrão de um aluno do ano das Liars - mas lembram que ele é esperto e chegou até a competir com a Spencer e Mona em alguns episódios? Vocês acham mesmo que a Spencer não se gabaria disso - dele ser esperto, mas ter repetindo algumas séries e ela, não? Conhecemos a Spencer e ela é mesquinha à esse ponto, sim.

Foi isso que rolou nessa finale, pessoal. Perguntas e mais perguntas, mas o 6x01 se chamará Game on, Charlie e segundo a Marlene (sempre desconfiem dela, sempre!), saberemos mais sobre ele e a Bethany - o que só me leva a crer na teoria deles serem a mesma pessoa. Então, até a 6ª temporada que vai começar em Junho - isso se vocês não desistirem até lá. Eu como sou trouxa, vou continuar aqui esperando mais um ano de enrolação. Até lá! E se vocês tiverem teorias diferentes das apresentadas aqui, joguem aí nos comentários.

Eu após esse episódio.
Marlene mandou um recadinho pra gente.
- Teria sido melhor ir ver o filme do Pelé a teoria da Alison/Courteney mesmo.
- Cadê os pais das outras meninas enquanto elas estão desaparecidas? Ninguém se importa com as filhas? E cadê a CeCe? Holbrook? Lucas?
- Caleb rainha, Tanner nadinha.
- Sério gente, não tem como não amar a Hanna. Reinou o episódio todo com suas frases de efeito.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Essa season finale, na minha humilde opinião, foi uma das piores. A única coisa que realmente valeu a pena foi a história dos gêmeos.
    A teoria da Bethany ser um garoto foi novidade pra mim, mas eu gostei bastante. Vai ser bem interessante se a Marlene aplicar esse plot na série, porque vai cortar todas as pontas soltas e ainda dar um destino diferente (no bom sentido) para a série. Só achei meio estranho o motivo da Bethany/Charles querer infernizar a vida de Alison e as amigas. Quer dizer, Alison eu até entendo, pois era sua irmã e ele poderia ter inveja, mas as liars?
    Mas enfim, todo o resto do episódio foi uma babaquice pra mim. Como a Tanner, uma detetive profissional, deixa um adolescente (que acabou de ser preso) mexer no sistema de computadores da polícia, sem a menor objeção? E o Caleb deve ser O Hacker, né, pra conseguir fazer o que nem a polícia de Rosewood consegue. Mas isso não é surpresa. Já foi provado que a polícia dessa cidade é mais incompetente que a Dilma.
    Só agora os Hastings foram desconfiar que algo de errado estava acontecendo com a filha. Risos, aqui.
    E por fim:
    MONA IS ALIVE, apenas.

    P.S: Deve ser mesmo muito fácil construir um aparelho ultratecnológico que consiga desligar a energia de um lugar por vários minutos. Eu vivo fazendo isso em minha casa quando estou com tédio.

    P.S²: E aquele sonho da Spencer sobre as letras formando a palavra "Charles"? Bizarro define. Deu até vergonha alheia.

    P.S³: O Andrew pode até não ser -A, mas deve estar metido com o sujeito. Aquela cara de sonso dele nunca me enganou.

    P.S.4: Esperava uma morte nessa season finale, mas ela foi bem light. Só nos resta esperar a 6ª Temporada, para enfim termos respostas.

    ResponderExcluir