domingo, 1 de março de 2015

[Crítica] Eye Candy - 1x07: SOS


Ele pode te machucar à qualquer hora.

Review:
(Spoilers Abaixo)

E as coisas só estão esquentando para Lindy. Sim, eu precisava jogar esse trocadilho, sorry not sorry. Mas enfim, vamos ao que interessa. Já ficou claro que Eye Candy usará e abusará dos casos semanais, tendo ou não eles ligação com o serial killer principal. Por mais que eles sejam interessantes (ou não), o clima de ''eu sou o serial killer fodão'' presente nos três primeiros episódios desaparece rapidamente, e isso se torna um ponto negativo na trama em si.

Lembro que quando o trailer completo da temporada saiu, eu fiquei bastante animado para as cenas do cara levando aquelas espadas nas costas e a que a Lindy ficava amarrada e prestes a ser marcada, então ver que ambas estariam nesse episódio foi muito bom. E SOS também nos presenteou com o primeiro beijo Tindy (Tommy + Lindy). Shippo muito esses dois, pena que não tivemos um shirtless da Victoria também, né? Mas foi por um bem maior, afinal o episódio pegou fogo depois disso.

Analisando o caso apresentado no episódio, achei bem bolada a ideia de toda a tecnologia do apartamento não passar de um disfarce para um site voyeur, além da história ter superado as dos dois episódios anteriores - mas, ainda assim, não barrando a de YOLO. E como sempre, tivemos as reviravoltas cretinas, quando a Lindy descobriu que a droga estava no travesseiro e não no vinho. A partir daí foi uma correria e confusão digna de filmes adolescentes, com a menina indefesa correndo e o assassino no seu pé.

Achei a sequência muito bem feita e realmente me surpreendi com essa cena da Lindy quase sendo queimada indo ao ar logo nesse episódio - pelo trailer, pensei que seria apenas na Season Finale. E para fechar o sofrimento da coitada, o cara que fazia o serviço sujo ainda passou um recado do serial killer para ela: que ele pode machucá-la a qualquer momento, mas só não faz isso porque gosta mesmo dela. E depois do que esse mesmo cara falou, fiquei mais intrigado. O serial killer trata Lindy como se ela já tivesse magoado-o antes de tudo, mas não sabemos se isso realmente aconteceu.

E se aconteceu, ele seria alguém que nunca apareceu na série? Se for esse o caso, seria muito nonsense, pois tecnicamente, o serial killer deveria ser alguém que a gente conhece - e Eye Candy não tem um elenco tão grande, ou seja, se algum deles for o assassino vai ser previsível. Também achei muito mais ou menos os plots da ''vida festeira da Tessa pra esquecer os problemas'' (nem preciso dizer o quanto é clichê, né?) e da Sophia com o investigador (que eu não gravei o nome). Tá na cara que eles vão se pegar mais cedo ou mais tarde, então pra que dificultar as coisas? E gostei bastante da Tessa, espero que ela apareça mais vezes, mas sem envolver a separação dos pais porque não somos obrigados.

E foi isso que rolou essa semana, pessoal. A audiência do episódio ainda não tinha sido divulgado até o fim dessa crítica, mas só faltam três episódios para o fim da temporada e a MTV ainda não falou nada sobre a renovação, então continuem torcendo.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário