quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

[Crítica] The Originals - 2x12: Sanctuary


Finn está mais sedento por fofocas do que a Gossip Girl.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Pra que um ritual da verdade quando se tem o nojento do Finn, não é?! Depois de um episódio mais calmo, The Originals voltou com sua agilidade de sempre para nos render mais reviravoltas, quebras de pescoço e quase decepamento de dedos. Agora, o fato de Hope estar viva não é mais tão secreto assim, em vista de que Jackson e Finn já estão por dentro do assunto. E Marcel, já que Finn deixou claro que ele e seu bando terão que trazer a menina para ele.

Não era novidade para ninguém que o Finn estava perto de descobrir a verdade sobre Hope, era questão de dois episódios no máximo, na verdade. Então isso não foi tanta surpresa e não é motivo para discutirmos, mas sim o que ele fez com o Kol. Por mais que o Daniel esteja ótimo no papel, não acredito que os roteiristas o deixarão para sempre como o Kol, afinal o Nate Buzolic ainda está na emissora; e também não acho que eles irão matá-lo, pois não iria ter mais chances de volta. É óbvio que algo irá ser feito para reverter isso, mas ele ainda deverá sofrer alguns episódios e quero ver o desenrolar disso.

E não será tão fácil assim para Finn pôr as mãos em Hope, pois como a Hayley bem lembrou ao Klaus, os lobos irão protegê-la a menina após o casamento dela com Jackson - que ia passando de uma dessa para melhor nesse episódio. E falando nele, não sei vocês, mas não consigo confiar 100% nele, quem conhece The Originals e The Vampire Diaries sabe que os secundários nem sempre são tão confiáveis. Eu realmente acredito que o Jackson quer algo com o casamento e não vou me surpreender se a Julie Plec jogar isso em nossas faces em breve.

Outro personagem que também não deixou claro de que lado está foi Freya. Sim, a primogênita dos Mikaelson enfim apareceu - soltem os fogos! - e já ajudou a Rebekah a sair daquele hospício de bruxas, além de matar a Cassie, que havia traído a primeira (não falei que esses secundários não são confiáveis?!). Já tinha dito que gostava da Cassie e sofri ao vê-la morrer, mesmo ela merecendo. Ah, e não lembro se já fiz isso, mas palmas para a atriz que está interpretando a Rebekah. Sem dúvidas, todos os atores que incorporaram os "novos" eu dos membros da família Mikaelson conseguiram pegar a essência dos personagens.

Mas voltando a focar na Freya, vários mistérios a cercam, por exemplo, como ela foi parar naquela casa? Alguém a colocou? Ela foi por conta própria para ajudar a irmã. E é importante ressaltar que ela vem seguindo os irmãos a muito tempo, como foi mostrado. E sem contar que ela não foi com Rebakah ao encontro de Klaus, seguindo para outro lugar desconhecido. Será que ela foi encontrar a titia Dahlia? Só sei que nada sei e que quero respostas o mais rápido possível!

E foi isso, pessoal. É bom ver que mesmo com a saída de Esther do posto de grande vilão da temporada, The Originals não perdeu ritmo. Sem dúvidas, Julie Plec e sua equipe estão fazendo um bom trabalho, tanto em The Originals quanto em The Vampire Diaries. E eu já vi o trailer de The Devil is Damned, o décimo terceiro desta temporada (ultimamente não vinha vendo as promos das séries que eu assisto por pura preguiça), e o que nos espera nele vai ser muito bom. Ficaram curiosos? Corram para ver a promo e até semana que vem!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário