terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

[Crítica] Grey's Anatomy - 11x10: The Bed's Too Big Without You


Reinventar é viver.

Review: 
(Spoilers Abaixo)

É com grande felicidade e lágrimas nos olhos que tenho o orgulho de dizer: Grey's Anatomy está voltando à boa forma. Depois da décima temporada relativamente fraca, a décima primeira começou bem, mas foi perdendo um pouco o folego, recuperando em alguns ótimos episódios, mas mostrando que precisava de uma boa trama que nos fizesse mais uma vez ficarmos angustiados e preocupados com seus personagens, como nos velhos tempos.

Após um ótimo retorno de um longo hiatus, a série se manteve firme e nos brindou com um ótimo episódio que dá sequência a todos os problemas que nossos amados médicos estão passando. Resumidamente o episódio foi do casal Japril, mas todo o cast mostrou histórias e momentos brilhantes, dignos de Grey's.

Vamos começar falando do casal que tem tudo para desmoronar ou se unir ao máximo nas próximas semanas: Japril. Após a revelação para os dois de que seu filho ainda nem nascido é portador de uma doença que torna impossível que a criança tenha uma vida, os dois se mostraram contrários em algumas opiniões de como eles devem agir perante a situação. Tivemos a volta de mãe de April e assim o grande drama se instalou. Que April tem suas dúvidas isso não é mistério, mas sua mãe e Jackson são a personificação dos dois lados em que ela acredita. Em outras palavras, os dois representam o caminho físico que ela pode seguir. Jackson está voltado mais para o lado da razão, colocando a medicina e o "palpável" em evidência, apresentando os pontos concretos que sua profissão proporciona. Já a mãe de April representa o lado da fé e da esperança, e no contexto da série, como isso já ajudou e como acreditar naquilo pode sim proporcionar ao menos um milagre para o casal.

Realmente esta trama está sendo o grande trunfo da temporada, já que além das próprias convicções de April, ter seu marido e sua mãe lá para apontar os dois lados está sendo uma das ideias mais inteligentes. Neste episódio também tivemos um ótimo "caso da semana", mostrando que Grey's ainda pode e consegue se reinventar do melhor modo possível. Foi muito bom ver Meredith e Miranda tendo seus momentos, já que já fazia algum tempo que as duas não contracenavam juntas. Drª. Pierce também entrou no time para ajudar em um dos casos mais (possivelmente "o" mais) interessantes da temporada. Todas as cenas delas juntas criando caminhos para a solução do problema até o momento da ação em si, foram muito bem feitas, mostrando que esse é possivelmente um dos melhores elencos, sempre entrosados e que assim, o brilho aparece por si só. Jo e Stephanie também fizeram parte da equipe, mas não tiveram grandes momentos para brilhar.

De resto, tivemos momentos legais entre Callie e Owen não envolvendo medicina em si. O momento foi oportuno para deixar claro que Owen está precisando de alguém e Callie também, mas que ela pode ainda não estar pronta. Amelia, Drª. Herman e Arizona também tiveram seus momentos, e agora que estou conseguindo me apegar a Drª Herman espero que ela não seja aquele personagem que entra na série só para sair falecido. [A cena flashback com Cristina foi perfeita, só digo isso.]

Outro fato importante: após a saída de Cristina e a recente partida de Derek, fica mais visível o quanto Mer está necessitada de uma "pessoa". Aproximar ela de Alex não foi, para mim, a ideia mais acertada e convincente, preferia que fosse Callie, mas agora ela está envolvida nas tramas de Owen. Estou torcendo para logo Mer encontrar aquela pessoa que possa, pelo menos, tentar substituir em alguns momentos o insubstituível (a Cristina) pois nestes últimos episódios está ficando claro que ela é uma personagem forte por si só, mas parece que sempre precisará de alguém para ser sua base, assim como um ser humano da vida real. E depois daqueles segundo finais do episódio, necessito que chegue logo a quinta-feira para minha angustia acabar e eu descobrir o que vai acontecer, porque foi crueldade nos deixar com aquela cena final.



Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário