sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

[Crítica] The Originals - 2x11: Brotherhood of the Damned


Segredos e mais segredos voando em nossas faces.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Depois do plot twist jogado no episódio anterior, The Originals trouxe um episódio mais calmo e que não abordou a situação que Rebekah se encontra com Freya. Sem dúvidas, isso foi o único ponto negativo pois creio que todos esperavam mais cenas naquele hospício de bruxas, né? Mas não tira o brilho de Brotherhood Of The Damned, afinal houve muita coisa essa semana, então sem mais delongas, vamos ao que interessa.

Começando pelo Finn que está se achando o bruxão do pedaço. Com um feitiço, ele conseguiu levantar os irmãos para uma realidade alternativa com um único propósito: arrancar segredos deles e usá-los para derrotar Klaus, Elijah e Kol. E vamos combinar que segredos obscuros é o que não falta para a família Mikaelson. Pior, quase sempre que eles vêm a tona, um dos irmãos acaba empalado. E quem não achou que Elijah ia acabar assim quando ele revelou ao Klaus que matou a Tatia? Sofri antecipadamente pois pensava que os dois iriam brigar no mesmo segundo.

Mas eis que Klaus surpreendeu ao perdoar o irmão. E, sem dúvidas, isso foi um grande crescimento para o personagem, que sempre foi conhecido por deixar o sentimento de vingança falar mais alto - e assim, não demonstrar ''fraqueza'' aos seus inimigos. Sem dúvidas, Klaus arrasou ao dizer que eles precisam estar unidos nesse momento ao invés de brigados, pois vamos combinar que já fazem anos que isso aconteceu, e não faria sentido para a trama essa briga. Finn deve está chorando até agora pois seu planinho só serviu pra unir ainda mais Klaus e Elijah. Late mais alto que daqui eu não te escuto, trouxa!

Mas se por um lado Klaus conseguiu sair dali sem revelar nada sobre Hope, Hayley não pode ter a mesma sorte, afinal ela foi levada para fazer os rituais de pré-casamento com o Jackson e um desses é com uma planta que é conhecida por revelar verdades. Agora é torcer pra que o Klaus chegue a tempo, pois se não, Hayley acaba contando tudo e o Finn irá atrás da sobrinha com toda a certeza. E será que o Jackson não tem outros interesses com esse casamento, como descobrir esses segredos? Só observo...

Por fim e menos importante, Marcel esteve em risco essa semana, já que foi mordido por um dos lobos no episódio passado. E se não bastasse isso, ele ainda teve alucinações com o tempo que esteve na guerra e teve que controlar seus vampiros que estavam à um passo de atacar Kol. O que nos foi mostrado nos tempos que Marcel ficou na guerra foi um divisor de águas para o personagem, afinal ele não é muito querido entre os fãs, principalmente por seus momentos na 1ª temporada. Digo mais, muitos de nós, inclusive eu, quiseram a morte do personagem.

Não que eu morra de amores por ele agora, longe disso, mas as decisões que ele tomou ao longo do episódio - e nessa situação da guerra - mostraram que ele pode ajudar e muito ainda em toda essa guerra. E a frase dita por ele - "Família são aqueles que lutam por nós. São aqueles por quem lutamos" - já entrou pra lista de melhores quotes da série. Enfim, isso foi o que rolou essa semana. Espero vocês aqui no próximo episódio. Vlw flw!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário