domingo, 30 de novembro de 2014

[Crítica] Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. - 2X06/07: A Fractured House / The Writing On The Wall


O que está morto não pode morrer.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Olá pessoas. Depois de um longo hiato, estou de volta. Pelo menos sobrevivi a um dos semestre mais tensos da minha vida acadêmica, mas deu tudo mais do que certo - férias - então pude voltar a fazer o coisas que eu gosto e isso inclui ver S.H.I.E.L.D. e dividir minhas impressões com vocês. Pois bem, sem mais delongas, vamos ao que interessa.

Ah! Não posso esquecer de falar que MAoS está se mantendo estável na audiência - até que enfim - o que certamente é bastante tranquilizador, principalmente pra quem é apaixonado pelo universo Marvel como um todo e que vê na série a possibilidade de se desenvolverem coisas que não podem - por falta de tempo - serem desenvolvidas em um filme. Por exemplo, tenho sérias dificuldades de imaginar uma Guerra Civil contada em apenas duas horas. Certo é que os plots desenvolvidos nessa temporada parecem querer interligar a série - pelo menos indiretamente - ao que foi apresentado no filme Guardiões da Galaxia. Vamos aguardar.

Sobre o sexto episódio, indiretamente, ele foi dedicado ao Ward, que andava meio apagado da série, porque essa de ficar no porão não é nada empolgante, pois bem quando a H.Y.D.R.A. começou a executar os ataques terroristas que tinham como objetivo tornar os agentes mais vulneráveis - já que ao se esconderem acabaram tendo que se separar - logo, se tornaram presas mais fácies. Então, voltando para o Ward, definitivamente o episódio visou reinseri-lo na história e pra quem estava esperando uma redenção do personagem parece que isso não irá acontecer tão cedo. Já que após todo o desenrolar da trama, inclusive com a inserção do irmão dele na história - parece que o sangue ruim passa -  ele acabou escapando tanto do Coulson quanto do irmão.


Vale destacar ainda as participações do Hunter e da Bobby no episódio, foi uma ótima ideia ligar os dois personagens, deu folego pra ambos, ele tem o humor ideal e ela a personalidade certa, isso contribuiu para que ficássemos ansiosos por mais momentos deles. Outro que parece ter mudado de parceria é o Fitz, há quem diga que ele é bissexual, mas não consigo imaginar isso - devo torcer mesmo pela Simmons - mas confesso que já li tanto sobre isso, que quando o vejo junto com o outro cara (que não lembro o nome) a ideia de que é só amizade parece não fazer muito sentido.

The Writing On The Wall, foi um dos episódios com menos ação, até agora, claramente ele é uma preparação pra algo bem maior que está a caminho, mas nele alguns segredos começaram a ser revelados. Principalmente os que se relacionam ao Coulson e a sua compulsão por pinturas rupestres - sempre me questiono de por que facas e parede? Um quadro negro poderia ser tão eficaz quanto - Enfim, os outros pacientes submetidos ao programa que envolve o DNA do alienígena azul começaram a ser caçados e esse foi o plot central do episódio.

Paralelo a isso - e dividindo os núcleos centrais da série - a Bobby, May e o Hunter ficaram responsáveis por caçar o fugitivo Ward, que se mostrou mais esperto que os três, o que não deixa de ser meio decepcionante. Mas o Ward sempre foi foda, então. Em suma, ele não só conseguiu escapar como de quebra conseguiu uma linha exclusiva com a Skye, essa parte sempre me lembra The Blacklist o que não, de maneira alguma, é algo ruim, gosto muito dessa série também.

Já no referente as pinturas ao que parece elas eram uma compulsão inseridas pelo aliem dono do DNA que foi injetado no corpo dos "participantes" do programa e fazia com que todos tivessem o desejo de voltar as origens. Resumo da ópera, cada um dos participantes do programa desenhavam partes de um mapa e no final do episódio descobrimos que na verdade nem mapa era, mas sim a planta de uma cidade e é em torno dela que o próximo episódio vai girar, dizem que ele alterará completamente os rumos da série, tomara que seja tão bom quanto a chegada de soldado invernal que a melhorou muito.

enfim é isso até a próxima.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário