quarta-feira, 8 de outubro de 2014

[Crítica] Reign - 2x01: The Plague (Season Premiere)


Finalmente a fall com tudo e trouxe junto a segunda temporada de Reign!

Review:
(spoilers abaixo)

Tenho algumas críticas quanto ao rumo que a série está tomando, mas vamos do começo.

O episódio começou exatamente de onde a season finale parou. A praga chegou no reino e pegou todo mundo. Até ai, tudo bem. O problema começa depois. Achei que a história correu demais! poderiam ter trabalhado melhor. Em 1 episódio a praga tomou conta de tudo, e chegou no castelo. Foi tudo muito rápido, e no meio dessa doideira toda, claro que tivemos espaço para os romances e pegações de sempre.

Só que nesse episódio, a série caiu numas armadilhas terríveis. Tipo, senti que houve buracos no roteiro. Até onde me lembro, apenas a Mary, Lola e Francis sabiam que o pai do filho da Lola era o Francis. Neste episódio, Catherine e as damas de Mary já sabiam de todo o babado, e todos agiam muito naturalmente quanto a isto, como se fosse apenas algo corriqueiro. Não houve surpresa, espanto, desespero, nem nada do tipo.

Francis na sua onda de herói resolveu sair do castelo para resgatar Lola, como vimos no final de temporada. Essa parte do episódio foi aquele blablabla de sempre. Francis não quer assumir o filho, arruma uma fuga para Lola, e depois volta atrás. Também aparece um primo bonitinho dele, mas parece que estava só de passagem. Enfim.

No castelo, enquanto a praga se alastrava, Keena teve de se esconder a mando de Bash, e levar consigo o jovem pascal. Acontece que o garoto acaba se infectando, mas ele não morre ainda. Mas nem tocaram no assunto do “darkness”. Essa parte do episódio trouxe um pouco de ação, mas foi tudo muito dramático. O bom foi ver Bash bonitão salvando o dia.

Por fim, Mary e suas travessuras. Como o rei morreu, e Francis saiu, Mary assumiu o trono ao lado de Catherine. E logo em sua primeira experiência de verdade como rainha, ela descobre como funciona o jogo da troca de favores. Eis que um nobre cuja família fornece grãos veio e exigiu que em troca da safra atual, Mary mandasse um inimigo pessoal ser preso na masmorra dos doentes, para ele morrer e ser dado como se fosse ao acaso.

Mary peita e diz que não, e Catherine tenta lhe mostrar que mais vale tirar uma vida em troca de salvar muitas, e que eles precisam dessas “trocas de favores” pra manter o poder. Mesmo assim Mary é irredutível como consequência, o cara manda envenenar um monte de gente. Mary então fica l0k4 e resolve jogar o próprio nobre na masmorra. Achei ótimo, era o que eu esperava desde que o nobre chegou cheio de marra. Achei até que demorou hehehe

Enfim. A season premiere foi isso e nada mais. A série continua boa, só notei que houve uma pequena queda na qualidade do roteiro. Nada que vá me afastar da série (pra quem sobreviveu a 90210, Reign merece o Emmy). Assustador foi a audiência do episódio. Recebeu com 1.73 mi / 0.9 do seu lead in, e conseguiu marcar apenas 1 mi / 0.4 (repetiu a demo da season finale e desabou nos viewers). Vamos ver no que vai dar. A série está no amarelo já...

Não sei que mania é essa que eu tenho de gostar de séries que vivem na bolha, mas acontece. Enfim, até o próximo episódio!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário