domingo, 3 de agosto de 2014

[Crítica] Young & Hungry - 1x06: Young & Punchy


Quer ganhar uma menina? Anota aí, o segredo é pagar um domínio.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Se a vida econômica está ruim, Gabi não pode dizer o mesmo da amorosa. Em menos de uma temporada completa, a garota já pegou Jonathan Sadowski, Ashley Tisdale, Nick Roux e Jesse McCartney. Sinceramente, Aria deve começar a se mexer se não quiser perder o título de ''Piriguete'' na chamada do Boomerang. Ou da ABC Family, já que a Turner ceifou o Boom, que voltou a ser um canal flopado infantil.

Mas enfim, o que importa aqui é o episódio  que, seguindo a linha montanha-russa, se perdeu nos trilhos e não conseguiu superar os seus antecessores. Perceberam que toda vez que eu fiz uma crítica dupla - 1x01 e 1x02; e 1x04 e 1x05 -, considerei os episódios ótimos, mas os de crítica solo - 1x03 e esse -, não foram tão perfeitos assim para mim? Tô pensando em aderir o modo de crítica dupla para ver se todos os próximos viram episódios inesquecíveis. Falando sério, Young e Punchy foi o episódio que eu menos gostei até agora.

Como todos os episódios já exibidos, a vida amorosa de Gabi foi o foco, seja indiretamente, afinal, ela sempre se mete no plot do episódio - que sempre é pra ser em Josh. Me desculpem se eu bancar o burro, mas só agora me liguei nisso e acabei de rir de mim mesmo. É assim gente, às vezes eu me supero na minha própria burrice. Mas é a vida, né? E quem nunca viu que uma relação amorosa não ia dar certo, mas o desejo era maior? Foi isso que nossa cozinheira passou essa semana.

A grande participação do episódio foi de Jesse McCartney. Não tenho nada contra ele, posso listar várias músicas que curto do cantor, mas como ator, o Jesse não me desce (olhem, rimou). Ele até se esforça, mas sempre me passa a impressão de mais do mesmo. Mas também tem o fato de que eu só o vi em dois seriados fora este - Hannah Montana e Zack e Cody: Gêmeos em Ação - e no filme Chernobyl, então vai que pelos outros seriados e filmes, ele é diferente, né? Como ficou a implícita a possibilidade de um retorno do personagem dele em breve, tentarei dar uma conferida em outros trabalhos dele para tomar uma opinião concreta.

As cenas deles foram até legais, mas eu não gostei do casal, não vi química. Se for pra Gabi se envolver temporariamente com alguém que não seja o Josh, tragam de volta o adolescente do episódio passado ou a personagem da Ashley. Mas como eu já disse, ficou no ar a possibilidade de um retorno do Jesse, então deve ser ele mesmo que vai ter um rolinho de nada com ela. De nada, porque o clima de ciúmes entre a Gabi e o Josh está altíssimo, com direito de até socos do segundo no rival. Shippo forte, always.


E a Yolanda e o Elliot? Sofri horrores com a interação deles, mas confesso que fui pego de surpresa. Vi as fotos promocionais antes do episódio e essa acima me passou a ideia daquele velho clichê: bebida pra cá, bebida pra lá... e quando a gente vai ver, acorda na cama (ou na banheira, no caso) do inimigo ou da última pessoa que imaginaríamos para fazer uma safadeza oculta. Pena que não aconteceu, mas sou brasileiro e espero que um dia essa cena se concretize pra mim morrer de rir até o século seguinte. Até a semana que vem, bjs!

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário