segunda-feira, 7 de julho de 2014

[Crítica] Under The Dome - 2x01: Heads Will Roll (Season Premiere)


Cabeças, de fato, rolaram.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Esse série foi, para mim, uma das maiores decepções do ano passado. Tinha uma excelente proposta, mas acabou caindo no lugar comum, e sendo esticada sem propósito. Inicialmente seria uma minissérie, mas com o sucesso absoluto, foi renovada para um novo ano. Quase não tive coragem de acompanhar essa segunda temporada, mas depois de alguns fatos, decidi dar uma nova chance. Apesar de ter muitos pontos negativos, há alguns positivos que me fazem ter força para continuar com a série. Ironicamente, um desses principais pontos foi cortada violentamente a machadadas nesta Season Premiere.

Oficialmente, as críticas desta série pertencem ao André França, então só estou cobrindo sua ausência nessas primeiras semanas até que ele retorne de viagem. Para começar com o pé direito, este primeiro episódio foi escrito pelo mestre do suspense, Stephen King. Ele obviamente entregou um trabalho muito superior do que a temporada anterior, abalando nossas estruturas e mostrando, logo nos primeiros minutos, que ninguém está realmente seguro dentro da redoma. King ainda fez uma participação especial do episódio, pedindo café para a Angie. Acredito que ele só estava lá como uma premonição, anunciando sua próxima vítima. Enfim, brincadeiras a parte, o episódio teve um tom bem mais sinistro do que a série está acostumada, e isso foi um ponto positivo.

Antes do retorno de Under the Dome, foi dito que dois dos personagens principais iriam morrer. O primeiro deles foi a Linda, que nunca conseguiu despertar empatia nos espectadores. Acredito que o roteiro nunca tenha realmente se empenhado em desenvolvê-la. Ela era sem graça e sem sal? Claro. Mas nunca conhecemos a fundo sua história. Nunca acompanhamos nenhuma trama relevante envolvendo a personagem. O fato do seu grande amor ter ficado fora da redoma só foi explorado no primeiro episódio, de uma forma muito porca. Esperava que eles resgatassem isso em algum momento, mas parece que nunca mais terão a oportunidade.

Linda foi brutalmente esmagada por um carro enquanto a redoma puxada tudo que fosse de metal. Sua morte foi chocante, principalmente por ter sido nos primeiros minutos. Por mais que não fosse a preferida dos fãs, acredito que a personagem merecia brilhar em seus momentos finais. Ter pelo menos um episódio focado nela, tendo seu trágico desfecho como uma mártir. Seria um jeito interessante de honrar e se despedir da personagem. Mas, ao invés disso, o roteiro a elimina de uma forma mais simples do que a própria Maxine, da temporada anterior. Pelo menos a Linda aparece depois, em uma espécie de aparição além-da-redoma. E eu devo dizer, a morte foi maravilhas pelo cabelo dela.

É claro que o destino final e heroico da personagem foi totalmente eclipsado pela verdadeira morte chocante do episódio, Angie. Estou até agora revoltado com aquela cena final. Angie era uma das melhores personagens desde o começo da série. E, considerando que esta série carece de personagens carismáticos, eu diria que se desfazer dela pode ter sido um verdadeiro tiro no pé. Tantos personagens apáticos e chatos para eliminar e o Stephen King mata logo a Angie? Sério isso? E logo a machadadas? Cadê a política "sem-mortes-só-a-da-Linda" da redoma? E quem é a redoma na batcaverna para ficar chateada com o número de corpos se ela mesma já matou diversos?

Enfim, são muitas perguntas que certamente deixarão todos muitos chateados. Para quem não sabe, nos livros, Angie já está morta antes mesmo da redoma baixar sobre a cidade, então pelo menos ela durou bem mais na série. E, apesar da própria atriz confirmar a morte de sua personagem, ainda há esperança que ela retorne em um futuro breve. Acredito que ela é importante para a trama, ainda mais tendo sido uma das quatro mãos. Por falar nessas mãos, vocês viram o desenho das quatro mãos de sangue que a mãe do Junior desenhou? Isso quer dizer que os outros também estão em perigo? E o que a Angie viu dentro do armário? Teorias apontam que é a saída da redoma. Acho improvável.

O último ponto que devemos considerar é: Quem é aquela garota estranha que apareceu no lago. Não há nada de misterioso nisso. Parece óbvio que ela é o próprio ovo que a Julia jogou lá dentro. É por isso que ela apareceu do nada, e colocou o corpo da Linda no colo e pediu desculpas. Acredito que ela seja a "materialização" da redoma. É no mínimo curioso, então vamos ver como essa trama será desenvolvida. Esse ano tem tudo para ser melhor do que anterior, pelo menos o enredo está bem mais ousado. Tomara também que tenhamos mais perguntas respondidas do que feitas. E viva mais uma ano presos!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Eu não tava acreditando na morte dela até agora. Eu pensei "Ah! Ela deve ter menstruado de vez e o sangue no armário é da vagina dela!". Kkkkkk Mas vi a promo do 2º episódio em que passa o funeral dela. Aí fiquei puto da vida! Stephen King pisou nesse episódio. (Nefferson, eu respondi seu e-mail e enviei o livro.)

    ResponderExcluir