domingo, 20 de julho de 2014

[Crítica] Teen Wolf - 4x04: The Benefactor


Bem-vindo ao seu pior pesadelo.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Gente, que episódio foi esse? Eu não sei mais quem é o vilão dessa temporada, não sei nem mais quem sou eu. O que esperar do resto dessa temporada? Estou completamente perdido. O cara sem boca chegou todo metido a assassino profissional, e já foi feito em pedaços pelo furioso e vingativo Peter. Fortes emoções nos foram reservadas para este episódio, que superaram minhas expectativas, afinal de contas, pensei que só focaria na trama do garoto recém transformado em lobisomem. Porém, acabou se revelando um episódio muito importante - que teve um desfecho um tanto quanto surpreendente.

Primeiro vamos falar sobre essas visões da Lydia, que estão ficando cada vez mais recorrentes. Adoro quando o Tio Jeff desenvolve toda a sua criatividade nessas alucinações bizarras. É como assistir a uma ótima adaptação de A Hora do Pesadelo. Nós vimos bastante dessas cenas no começo da temporada 3B, e agora temos mais uma rodada de bizarrice com o Lydia. O que foi aquela cena dos rostos da parede? Icônico, e ainda muito parecido com uma das cenas mais famosas do primeiro filme da franquia do Freddy Krueger. Espero que nossas alucinações passem a acontecer, e sejam tão bem feitas como esta. O papel da Lydia em si, na temporada, deveria ser maior.

Ainda falando sobre a ruiva, há algumas teorias correndo pela internet de que a avó da Lydia também seria uma banshee, justamente por causa do cômodo à prova de som - o que foi muito suspeito. Gostei bastante dessa teoria, e acredito que ela se sustente. Não sabemos muito sobre a mitologia das banshees na série, mas parece provável que seja hereditário, certo? Falando de outro assunto completamente - mas que jogarei agora para não ter que invocar um novo parágrafo por outra teoria -, o que vocês acham sobre a senha ser Allison? Alguns fãs já estão apostando tudo que isso é apenas para chocar, uma coincidência, na verdade. E que, na verdade, a senha seria "All is On". Acho improvável, e levo mais fé na teoria de que tudo está conectado com a família Argent, mais especificamente com o vovô, Gerard.


Como já virou costume nesta temporada, novos personagens foram introduzidos. No começo olhei torto, até porque, já chega de gente nova nessa série. Os personagens que eu que sejam mais desenvolvidos só fazem participação especial (Parrish, alguém?), e o Jeff insiste em colocar mais? Bem, mas apesar da resistência, fiquei bastante intrigado, especialmente por dois deles são muito mais do que adolescentes comuns cheios de hormônios. Eles são caçadores de seres sobrenaturais, e tem até uma lista de extermínio - e todos os nossos heróis estão nela. Sinceramente, alguns deles têm um preço bem baixo por suas cabeças. Eu ficaria ofendido!

O episódio ainda contou com diversas cenas hilárias, especialmente no campo da sedução oriental. Kira é uma guerreira, ninguém duvida do seu potencial em uma luta. Mas em termos de explorar os dons naturais de todo adolescente normal, ela não consegue ter o mesmo êxito. Vai dizer que vocês não riram na cena que ela está toda se querendo em câmera lenta na escada? Que pecado! Ela estava mesmo arrasando. Mas confesso que foi o melhor uso de slow motion até agora. Deu para ver com detalhes sua expressão de monga conforme ia caindo, o que me fez gargalhar alto. Enfim, atirem uma pedra quem nunca pagou um mico desses.


Não posso esquecer de comentar sobre apenas cenas fofas e safadas. Primeiro, o que foi a Kira tentando testar as habilidades de controle do Scott? Se ele acha que aquilo é trapacear, então nem imagina o que eu pensei que ela faria. E, tipo, WTF... Eles estão lá com um garoto desconhecido lidando com o extraordinário, e esquecem completamente dele para dançar? Alguém tem que avisar para aquele casal cheio de hormônio que aquilo era uma vigília, e não um encontro. Mas tudo bem, eu até perdoo, porque convenhamos, o lugar estava lindo! Névoa, luta gigante e todo aquele clima de safadeza oculta na balada. Tem mais que beijar na boca mesmo. E, claro, também entendo porque o Liam saindo puto da vida. Já não basta ter sido transformado, agora ter que segurar vela é outra coisa.

E o cara sem boca, minha gente? Sua participação se resumiu somente àquilo mesmo? Chegou todo fodão com o seu machado militar, matou, divou e mandou beijos para os inimigos, só para ser destruído brutalmente pelo Peter? Quem é o verdadeiro vilão dessa temporada? Aqueles dois adolescentes? Não pode ser. Enfim, só quero destacar - por último - que eu senti o shippe entre a Lydia e o Parrish ganhar força neste episódio, porque ela disse que estava cansada de jovenzinhos. Se isso não foi uma indireta, eu não sei mais o que é. Ouvi um amém? Amém. Até semana que vem, lobos adolescentes!

PS. Já quero uma versão de 50 Tons de Cinza com o Stiles e a Malia.

PS². Kira disse que só gosta de dançar músicas lentas, porque as agitadinhas ela guarda para a Malia. Sinto o cheiro do couro de longe! #AcordaBrasil #Kalia

 
Todos nós sabemos o que ela passou. #StayStrong
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Essa temporada tá ficando muito interessante. #StayStrongKira. Kkkkkk. Sr. AGENTE IS BEQUI.

    ResponderExcluir
  2. Sei lá...me julguem, mas acho as cenas de humor da Kira bem forçadas (exceto a da escada claro...kkkk) E as dela com o Scott também, na verdade não curto muito ela. Fico pensando na Alisson, e sabe né, não rola!!! Parece que foi depois que ela chegou que a personagem da Crystal desmoronou!
    Achei o vilão sem boca bem tosco (Pera aí, já te mato só deixa eu digitar uma frase de impacto aqui...What?)
    E o Scott...pra um alfa na 4ª temporada da série acho que ele anda fazendo muita cagada pro meu gosto!!!

    ResponderExcluir