sábado, 26 de julho de 2014

[Crítica] 2 Broke Girls - 3ª Temporada


Duração: 22 minutos
Nº de episódios: 24 episódios
Exibição: 2013-14
Emissora: CBS
Título no Brasil: Duas Garotas em Apuros

Crítica:

Depois de duas temporadas divertidas, que conseguiram equilibrar as piadas de baixo nível e o desenvolvimento da trama, chega o terceiro ano - que, na minha opinião, não consegue chegar aos pés dos anteriores.  O nível da comédia continua bom como sempre, mas o enredo entregue nesta terceira temporada foi simplesmente desleixado. E essa não é a única série da CBS a passar por algo parecido. Quem assiste ao recente Elementary - da mesma emissora - sabe que a série do Sherlock estagnou na metade final de seu segundo ano (o que é ainda mais preocupante, já que estamos falando de um drama). O que está acontecendo com esses roteiristas? Tragam a qualidade das séries de volta.

Como se já não bastasse todos os problemas dentro da série, sua situação aqui no blog também não foi diferente. 2 Broke Girls ficou largada, e eu tive que assumir para compensar. Resultado? Muitas críticas duplas e atrasadas. Não foi um bom ano para a série, e esse é um dos principais motivos pelo qual não retornaremos com as críticas semanais. Porém, como já adiantei no texto sobre a primeira temporada, continuarei assistindo esta série, e as críticas das temporadas completas serão lançadas conforme as mesmas forem terminando. Neste caso, não esperei o retorno de 2 Broke Girls ao nosso mundo antes do ano que vem.

Enfim, agora vamos falar sobre os verdadeiros problemas que tornarem esta temporada a mais fraca da série. Primeiro, obviamente, devo citar que não houve desenvolvimento na trama. Foi um ano perdido na vida dos personagens. Se pararmos para pensar, se uma pessoa pular esta temporada e voltar a assistir direto da Season Premiere da próxima, ela não ficará perdida. A "janela de oportunidade" que abriu no vigésimo quarto episódio do ano anterior não foi tão bem explorado quanto eu pensei que seria. O negócio de cupcakes das garotas deixou de ser o centro da trama, e passou a atuar como plano de fundo. Nada grande aconteceu nesta área, o que é surpreendente, considerando que foi uma das mais movimentadas dos anos anteriores.

É claro que eu não busco sempre pela mesma coisa, e apoio que os roteiristas queiram investir em temas novos, mas os desta terceira temporada foram bastante vazios. E o pior de tudo é que seus desfechos foram negligentes e insatisfatórios. Além da lanchonete, a trama abriu espaço para a escola de confeitaria que a Max entrou, o que rendeu novos cenários e personagens para a história. Poderia ter sido um ótimo acréscimo, mas, de uma semana para outra, esse núcleo foi cortado. Onde está o sentido? É como se os roteiristas pegassem todos os episódios que vimos anteriormente e os jogassem no lixo. Nada envolvendo a escola somou na vida das protagonistas, o que acabou deixando uma amarga sensação de enrolação - um arco aleatório só para preencher o número de episódios encomendados.

O mesmo posso dizer sobre o relacionamento desenvolvimento entre a Max e o Deke no decorrer deste terceiro ano. Desde o começo não havia gostado dele, então não posso dizer que lamentei tanto sua saída. Mas foi um desrespeito para os fãs que estavam gostando do casal. Até mesmo eu esperava pelo retorno dele até a Season Finale, uma vez que não houve uma "conclusão" na relação entre os dois personagens. Caroline também recebeu um caso amoroso, com um Francês safado e casado (!!). Nem preciso dizer que não houve futuro aqui, não é verdade? Saudade dos bons tempos envolvendo o Andy.

Enfim, provando mesmo que os roteiristas sequer se esforçaram nesta temporada, a Season Finale - apesar de trabalhar em torno da amizade - não deixou nenhuma ponta instigante para o próximo ano. De fato, o último episódio poderia ter sido exibido em qualquer momento da temporada que não faria a menor diferença. E, eu não sei vocês, mas considero isso um ponto muito negativo. Agora só nos resta esperar que a quarta temporada volte a investir em mais do que tiradas sarcásticas da Max. Elas são divertidas, mas nem mesmo elas conseguem segurar vinte e quatro episódios.

Confiram, também, as críticas semanais desta temporada:

1. And the Soft Opening (Season Premiere) | 2. And the Kickstarter | 3. And the Kitty Kitty Spank Spank | 4. And the Group Head | 5. And the Cronuts | 6. And the Piece of Sheet | 7. And the Girlfriend Experience | 8-9. And the 'It' Hole/And the Pastry Porn | 10. And the First Day of School | 11. And the Life After Death | 12. And the French Kiss | 13. And the Big But | 14. And the Dumpster Sex | 15. And the Icing on the Cake | 16-18. And the ATM/And the Married Man Sleepover/And the Near Death Experience | 19-20. And the Kilt Trip/And the Not Broke Parents | 21-22. And the Wedding Cake Cake Cake/And the New Lease on Life | 23-24. And the Free Money/And the First Degree (Season Finale)
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário