terça-feira, 15 de abril de 2014

[Crítica] Game Of Thrones - 4x02: The Lion And The Rose


O começo do fim...

Review:
(SPOILERS Abaixo)

Nesse episódio ocorreu um dos momentos mais aguardados por nove em cada dez pessoas que assistem Game Of Thrones e, definitivamente, não há do que reclamar. Na verdade, há sim, de mim. Algumas pessoas detestaram o que eu escrevi e o fato deu ter juntado as duas mídias (livro e série) na minha review. Devo dizer que a proposta inicial foi justamente essa, que eu juntasse as duas mídias, tanto que a review que eu mandei durante a "seleção" para assumir o comando da série era uma review comparativa. Enfim, como a realidade exigiu, vou tentar manter isso separado, mas eu realmente vou tentar, porque quando eu assisto o episódio já o faço comparando com o livro e nunca achei nenhum problema nisso. Nem acharei...

O episódio começa com a volta dos Bolton a história, na verdade um quase Bolton, (já que o Ramsay ainda é um Snow). O esporte favorito do dele também não ficou de fora. Não havia imaginada as "meninas" dele tão enormes e ferozes, devo confessar que essas me assustaram mais. Quem se chocou com a cena, não se preocupem isso, é só o começo. A mente dele é uma das mais doentes da história e a crueldade dele não tem limites (Fedor que rima com pavor) ele simplesmente destrói o Theon, em todos os sentidos, ele praticamente se torna um cão (Fedor que rima com traidor) perdendo a humanidade. As lembranças dele enquanto Theon são reprimidas, ele se refere a elas como se fosse em outra vida (pra mim isso redimiu o personagem). Ah! Antes que eu esqueça, o Ramsay não foi a caça sozinho. Além do Fedor, a Myranda o estava ajudando, sendo ela mais uma das personagens exclusivas da série.

E, como não poderia deixar de ser, a maior parte do episódio foi dedicado ao casamento do Joffrey (definitivamente, em Game of Thrones, casar nunca será uma boa ideia) pela entrega dos presentes já deu pra sacar que o Anão seria alvo das brincadeiras do Rei. Ele definitivamente odiou o presente do tio, se bem que o Tyrion poderia dar qualquer coisa de presente pra ele e ainda assim ele odiaria. O livro era uma relíquia, salvo engano, só existiam três no mundo, agora existem dois.


Ainda, em meio a casamentos e caçadas, tivemos a volta do Stannis em mais um dos seus sacrifícios ao Senhor da Luz, essa parte da história do personagem está ficando meio monótona, sempre aparece no mesmo cenário, as coisas parecem nunca mudar de figura, porém ele ainda é um pretendente ao Trono de Ferro e a Guerra ainda não acabou, embora em Porto Real eles teimem em falar isso (sem contar que as sanguessugas parecem estar cumprindo o seu papel). Além disso, vale ressaltar a volta da Shireen (com suas escamagris) que na série faz o papel de dois personagens o dela e o do bobo da corte, o Cara Malhada. É ele quem costuma fazer profecias por meio de canções, mas ninguém leva muito a sério o que ele fala. Outra que deu as caras foi a Melissandre, a noite continua escura e cheia de terrores, quando será que os dela aparecerão?

Bran também está de volta. Sem dúvidas é um dos personagens mais legais do livro, mas que na série não é tanto assim. O fato deles "ocultarem" os wargs de certa forma estraga a magia do personagem, na série os selvagens sabem mais disso do que os nortenhos, o que é um pouco verdade, mas todos os Starks podem possuir/wargar o seu lobo e isso não é explorado na série (ainda). Porém, dentre os Starks que wargam, o Bran é o que mais domina isso. Tanto que entrar em árvores é algo "comum" pra ele. Enfim, além de ver para onde está indo (o que no livro é diferente, já que ele tem um guia no Mundo-Para-Lá-Da-Muralha) ele viu spoilers do futuro. Um dragão sobrevoando o que parece ser Porto Real (o que corrobora com a teoria de que ele será uma das cabeças dos dragões, já que a Daenerys não pode controlar os três, e que ao se tornar uma das cabeças do dragão ele volte para vingar os pais, o corvo de três olhos prometeu que não o faria andar, mas que ele voaria). Vamos esperar pra ver o que acontece...


Voltando ao casamento do Joffrey. A cerimônia em si foi extremamente rápida, com direito a um beijo de amor e uma troca de palavras entre a Sansa e o Tyrion. Sansa que começou a se redimir por seus pecados nesse episódio. Depois tivemos a conversa entre Tywin e a Rainha dos Espinhos, dessa conversa vale ressaltar a divida que o Trono de Ferro tem com o Banco de Ferro de Bravos e que devê-los e não pagá-los nunca será uma boa escolha. Como a Coroa está falida eles precisam do Jardim de Cima pra honrar o compromisso, em suma, são reféns da velha. E por falar nela, ao cumprimentar a Sansa e convidá-la a visitar o Jardim de Cima (um plano para tirá-la do domínio dos Lannister) ela retirou uma das pedras do colar da donzela, essa pedra é a responsável pela morte do Joffrey.

Finalmente, o fim. E aqui tudo foi perfeitamente bem construído. Como eu já havia dito, a intenção do Joffrey sempre fora a de humilhar o tio. Acho que ele nunca perdoou os tapas levados na primeira temporada. No livro o circo dos horrores é mais demorado e a crueldade do Joffrey chega a requintes extremos. Enfim, sobre a morte em si: Os personagens que participaram ativamente do plano nunca tiveram um pov nos livros, então a gente sabe fragmentos. Lembram que o Mindinho foi pro Jardim de Cima organizar o noivado entre a Margaery e o Joffrey? Então todo o plano surgiu lá, esse casamento nunca aconteceria, na verdade, a Margaery se casaria com o Tomem. Notaram como ele apareceu diversas vezes no episódio embora não falasse nada? Pois é, ele será o alvo da viúva negra, lembram da dívida com o Banco de Ferro e de que a Cersei precisa do Jardim de Cima para pagá-la? Então aquela conversa não foi em vão. O que o Jardim de Cima (leia-se Rainha dos Espinhos) propor a Cersei terá que aceitar, mas não fará isso docilmente.

Além disso, o vinho matou o Joffrey, sim eu sou adepto dessa teoria, embora há quem defenda que o bolo é que estava envenenado. Mas não acredito nisso. Lembram que quando o Joffrey foi cortar o bolo ele entregou a taça a Margaery e que ela a colocou perto da velha? Pra mim foi naquela hora que ela colocou o veneno, tanto que ele só começa a passar mal após beber (esse mesmo veneno já foi utilizado pelo meistre do Stannis pra matar a Melisandre, o que não deu certo, mas lá ficou claro que ele tem eficácia imediata).


Pontos importantes:
  • O Tyrion definitivamente está em maus lençóis, inclusive como nunca esteve antes, mesmo quando ele foi capturado pela Catelyn, ainda corria menos risco do que agora. Além de acreditar que ele é o responsável pela morte do seu filho a Cersei ver nele sua própria morte. Assim como na Margaery uma usurpadora. 
  • Lembram do Sor Dontos, o bobo da corte? Então, ele levará a Sansa e de longe isso será uma das maiores mudanças que a personagem terá que passar. Como mulher do Tyrion, ela será acusada de ajudá-lo (ela passou a taça pra ele em algum momento da cerimonia). O bom disso é que ela conviverá com alguém muito sagaz e disposto a ensiná-la a sobreviver a Guerra dos Tronos. 
  • Devo dizer que me sinto vingado, a cara do Joffrey morto foi de arrepiar e a Cersei sentiu um pouco da dor que a sua família causou aos Starks, esse ato representará o começo do fim, não só dos Lannisters, mas de vários personagens (e não no sentido de morte).
  • Loras paquerando o Oberyn foi uma das cenas mais descontraídas do episódio, assim como a que Oberyn confronta o Tywin foi uma das mais tensas. Enfim, não acredito em uma aproximação entre Loras e Oberyn, pois o último terá assuntos mais sérios a tratar nos próximos episódios, digamos que sua chance de vingança está a caminho e uma das cenas mais épicas de todos os tempos também. 
  • Outra que parece ter se despedido da história foi a Shae, mas em Game Of Thrones nem tudo é o que parece. Cersei é traiçoeira demais e como o próprio Varys disse o Tywin sempre cumpre o que promete, eu não sei o que acontecerá com a personagem na série, mas se seguir a linha do livro vem chumbo grosso por ai, o fato dela chamar o Tyrion de meu leão algumas vezes durante os dois últimos episódios pode ser um indicativo de que a história dela ainda não se encerou. 
SINTAM-SE VINGADOS:


Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
6 Comentários

Comentário(s)

6 comentários:

  1. Olha, se eu passei a mensagem que detestei sua review anterior, desculpe-me. Não foi a intenção. Mas até para quem já leu os livros é chato essas comparações, e para quem não leu tem os spoilers. A única coisa que eu detestei foi a ofensa a Sansa, que é minha personagem preferida. Eu meio que sou muito protetor, mas estou parando aos poucos, antes era muito mais. É chato as pessoas odiarem a personagem sem nem tentar entender sua situação. Achei essa review bem melhor, mesmo ainda tendo coisas desnecessárias, e a última foto foi muito gratificante, minha noite ficou melhor, obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, eu meio que ainda estou aprendendo e tals. Sou relativamente novo no ramo.
      Acho que ambos passamos ideias erradas, já que eu definitivamente não odeio a Sansa, (acho que tirando o Euron e todos os freys) eu gosto de todos os outros personagens, uns mais outros menos.
      Mas ela melhora muito ao longo dos livros e há quem acredite que ela será uma personagem fundamental na conclusão da história.
      A unica coisa que eu ainda não engoli foi ela não ter ficado do lado da Arya quando teve a oportunidade, mas acho que ela já pagou por isso.

      Excluir
    2. Lendo os livros, dá para perceber como Sansa se arrepende de suas escolhas e que ela sente falta dos irmãos, inclusive de Arya.
      P.S. Espero que tenha a cena de Cersei e Jaime no Septo de Baelor.

      Excluir
    3. Terá sim, os atores que fazem a Cersei e o Jaime falaram sobre isso em uma entrevista.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Essa review foi a que fez eu realmente abandonar o site, pra vc que leu o livro já sabe de certo quem matou o Joffrey, mas pras pessoas da série tinham vários suspeitos, obrigada por estragar todo o mistério, agora já sei o culpado, review péssima, escritor não sabe respeitar os leitores, em fim, preferia o escritos anterior...

    ResponderExcluir