quarta-feira, 16 de abril de 2014

[Crítica] The Following - 2x12/13: Betrayal / The Reaping


Preparem os coletes, porque haverá um banho de sangue.

Review:
(Spoilers Abaixo)


The Following claramente segue se preparando para uma Season Finale de tirar o folego, porém foram nesses dois episódios onde eu mais me perguntei o porquê. Não foram ruins, muito pelo contrário. Só que deixou evidenciado a falta propósito, principalmente em Betrayal. Tudo bem que o propósito do Ryan é pegar o Joe, mas e o do Joe? Toda essa luta, todo esse sangue que ele quer ver derramado parece não ter nenhum motivo relevante. Esse negócio de querer se vingar de um pastor qualquer não faz o menor sentido, o Joe parece cada vez mais perdido, até a Emma parece ser mais inteligente do que ele em alguns momentos, sendo que ele simplesmente era o cara mais foda de todos os tempos. Enfim, espero que as coisas mudem e que, do nada, ele diga isso tudo era só um plano pra dominar o mundo....

Passado o momento desabafo. Vamos ao que interessa, Carrie, (acho ela super parecida com a Bianca Bin, atriz brasileira) sinceramente fiquei com um pouco de "dó" da personagem, bastou a Claire voltar pro Ryan a "dispensar" educadamente. Os olhares dela, depois que ele se recusou a deixá-la ir ao seu apartamento, foram bastante suspeitos. Ela não é do tipo que encara bem ser deixada. Mas parece que o embate entre ela e a Claire não vai acontecer, já que elas resolveram trabalhar juntas, provavelmente o Ryan não perdoará a Carrie por relevar ao Joe que a Claire continua viva, mas ela fez o que devia, como jornalista ela não poderia perder a oportunidade.

Acho que a Claire sabe que com isso está separando os dois, ela não é ingênua. Por falar nela, definitivamente eu esperava mais da sua volta, tudo bem que foi super emocionante o encontro do Ryan com ela. Mas, não passou disso, embora ela tenha voltado cheia de vontade e querendo acabar com Joe, acabou sendo passada para trás pelo Ryan. Além disso, o seu grande plano é ser usada como isca para o Joe e acabou fazendo isso no último episódio.

Tudo bem que a série tem um milhão de personagens (eventuais) e pode fabricar mais um milhão a qualquer momento, mas há personagens que são interessantes e que mereciam aparecer mais e morrer menos, o Lucas e Tilda formavam uma equipe tão legal, ele não merecia ter tido uma morte tão estúpida, mas mortes estúpidas é especialidade da série, afinal um cara armado e você com uma faca a reação mais lógica é você atacá-lo, nem a Michone de The Walking Dead faria isso, enfim. Outra que me decepcionou bastante ao longo da série, mas que mereceu um final digno foi a Mandy.

O que me pegou totalmente de surpresa, não imagina que ela teria que lidar com monstros tão depressa. Porém vale a lição, nunca confie em um rosto sereno, confiar no Mark não foi uma boa ideia, e aqui eu me surpreendi de novo, ele sempre pareceu ser o que possuía mais "humanidade", porém não exitou em nenhum momento e torturou a Mandy como se fosse a coisa mais natural do mundo. A cena dela morta na mesa, enquanto a família comia e brincava foi extremamente chocante, a Mandy merecia esse fim.


Já os seguidores vacilaram quando voltavam do sequestro do filho do pastor, não vejo muito sentido nisso tudo, e o Ryan acabou os seguindo até o esconderijo do Joe. Que além de levar bronca da Emma não anda fazendo muita coisa, na verdade, ele anda sim, e tem um mega plano envolvendo o pastor (quem liga pra porra do pastor, o plano dele tinha que envolver o Ryan). Porém, uma coisa foi válida nisso tudo, o reencontro entre o Ryan e o Joe. Estava sentindo falta disso, nos últimos episódios o Joe parecia sequer lembrar da existência do seu "amigo", vê-lo reafirmando que um precisava do outro para existir me fez reacender as esperanças com relação a série.

Outra que, além de mandar a Mandy pro andar de cima, não se contenta sem ter uma vingança completa é a Lily, pelo menos isso faz dela, em alguma medida, uma personagem justa. Se ela se vingou do Ryan por ter matado alguns dos filhos dela nada mais justo do que ela se vingar do Joe. Justo, mas não inteligente. Em suma, ela descobriu a localização da Korban, e, com um grupo de suicidas, foi buscar sua vingança. Sem querer acabou levando o FBI com ela. Enfim, como cada moeda tem duas faces ao buscar a sua vingança a Lily foi objeto da vingança de outro personagem: Mick finalmente pode matar seus fantasmas. Ainda acho que isso não tem nada a ver com o personagem.

Obs: 
  • Quem sabe a criatura não se volte contra o criador? A Emma não anda nada satisfeita com a falta de proposito do Joe, isso deve piorar quando ele for atrás da Claire.
  • O filho do pastor continua vivo e agora pertence ao team dos pecadores.
  • Outros que aparentemente escaparam com vida foram os gêmeos, não vejo neles a capacidade de se tornarem autônomos, pertencer ao grupo do Joe também não parece ser uma opção viável, vejo mais mortes por ai.
  • Max e Mick já deveriam ter se pegado, faltam só dois episódios para essa temporada acabar, agilizem ai meu povo.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário