domingo, 30 de março de 2014

[Crítica] The Tomorrow People - 1x17: Endgame


Uma vida por nenhuma, o que acha?

Review:
(Spoilers abaixo)

Sinceramente, não sei o que falar desse episódio. Já estava pensando nas maravilhas que ia falar sobre ele, mas os momentos finais me deram uma rasteira e a sensação que eu fiquei quando Endgame chegou ao fim foi que tudo não passou de enrolação. A trama, claro, avançou e muito, afinal, o foco principal da série foi desenvolvido esta semana. Mas a sensação de que foi enrolação apareceu e ficou, sabe?

Eu sempre deixei claro que não confio no Jed, tudo que ele fale, por mais que pareça ou seja verdadeiro, sempre me sai falso e/ou forçado. Então, nesse episódio, isso veio com tudo, já que de acordo com ele, para trazerem Roger de volta, um Tomorrow People precisaria matar o Fundador. E sabemos que o único capaz disso é o John, que, sem escolhas, aceitou ajudar. Mas para entrar na casa do Fundador sem serem mortos, eles precisavam de alguém que realmente importasse para o cara. Quem disse Cassie ganhou um chocolate!

A melhor parte do episódio se desenrolou durante essa sequência na casa e desde o início, eu sentia que a Cassie iria morrer. Óbvio que eu não queria isso, afinal, gostei dela desde sua primeira - e unica - aparição, mas eu sentia que o fim dela seria nesse episódio. E como minha intuição estava forte essa semana, isso aconteceu. Sofri rios, mas isso tinha que acontecer para a trama do Fundador x Jed deslanchar. E eu não culpo o Steph de ter ficado dividido entre os dois, pois ambos já demonstraram que não valem nada e qualquer escolha errada por parte dele, pode acabar de vez com a vida do pai. Steph começou acreditando no tio, mudou pro team do Fundador, voltou pro tio de novo... Essa semana foi barra!

Além de Steph, outra que teve uma reviravolta familiar foi Cara. Fiquei com a cara na poeira quando descobrimos que aquela menina era sua irmã e soltei fireworks com isso. Mas alegria de pobre dura pouco e eu passei a odiar a Sophie no minuto seguinte. Que menina chata, meu Deus! Ok que ela estava assustada com todos seus poderes, mas eu detesto quando alguém culpa outra pessoa por seus próprios problemas. Alguém avisa pra ela que não foi a Cara que criou os Tomorrow Peoples? Obrigado, de nada. Espero de coração que ela não apareça nunca mais na série.

Russell essa semana também foi uma montanha-russa. Eu gostei dele em dois momentos - ambos com Jed no covil -, mas foi só ele deixar com que o Jed fugisse que eu voltei a odiá-lo novamente. Gente, como um SER HUMANO ameaça um TOMORROW PEOPLE? Seria muito mais fácil esse babaca ter deixado o Jed inconsciente até o John ter chegado. Não me surpreenderia se na Season Finale tivéssemos uma reviravolta e ele fosse revelado como comparsa do Jed, porque só isso explicaria tamanha burrice - no caso, isso mostraria esperteza, mas enfim.

Resumindo, o que eu achei do episódio disse no primeiro parágrafo. Continuarei insistindo que o que me incomoda é o fato do roteiro não dá importância a transformação de Luca ou a revelação de Marla, além de não termos visto a ''reunião'' de Steph e Hillary da Hillary não ter aparecido essa semana, porque ela já é minha personagem favorita depois do Steph, desculpa mundo. Até o próximo episódio:


Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário