sábado, 8 de março de 2014

[Crítica] Glee - 5x10: Trio

Três, dois, um. 

Review:
(Spoilers Abaixo)

Eita, minha gente, alguém me diz o que deram pros roteiristas nesse hiatus? Estou chocado com o samba que Glee vêm apresentando, esse episódio foi uma delícia de se assistir, um delícia mesmo. Tão bom quanto o anterior. Mas antes de começar, deixa eu só dar um puxão de orelha na sociedade hipócrita. Ninguém gostava das tramas dos novatos, agora que eles estão servindo de figuração e têm menos falas que Tina e Artie juntos, estou lendo um monte de mimimi por aí. Pelo amor de Deus, né? Melhor eles quietos do que eu tendo que aguentar Marley e seu drama pra escolher macho ou pra dar a ppk. Sinceramente, prefiro eles fazendo comentários aleatórios e dançando no fundo ou olhando com aquelas caras de "perdemos nosso emprego" pros veteranos.

Vamos começar falando de Wemma, então? Acho esses dois tão fofos, aliás, coloquei eles na imagem principal, porque essa é provavelmente a última vez que eles terão tanto destaque (posso sofrer por isso?). Adorei o plot de "vamos transar num ambiente escolar pra poder engravidar" só podia ter saído da mente desses roteiristas, em qualquer outra série eu pensaria "mas que ***** é essa?", mas em Glee soou tão natural e normal, que não teve como não dar risada e se divertir, ainda mais quando foram flagrados por Becky e Sue. 

Aliás, palmas pra Becky, estou amando o destaque que estão dando pra ela, ela merece, né Brasil? Uma das melhores personagens, que esteve sempre aí, sem brigar com ninguém, sem morrer por overdose, sem sair da série por ter outros projetos. Acho digno ela continuar sempre aí, sambando e lacrando na cara do New Directions, espero que consigam manter ela como personagem recorrente na série ou qualquer coisa assim, ia amar. 

Mas voltando pra Wemma, achei digno esse final que já encaminharam pra eles. Ter um filho, achei coerente (o que é raro em Glee), afinal, é tudo que Will sempre quis, né? A performance entre eles foi meio chatinha - mas raramente as performances deles são legais, certo? O importante é que o casal já encontrou seu "feliz para sempre" e estão prontos para nos deixar.



Agora, precisamos falar sobre Kevin Tina, Blaine e Sam. Gente, alguém me diz que esses três não vão sair da série? Eles MERECEM ficar, eles seguraram sozinhos (junto com o Finn e a Brittany) o núcleo do McKinley durante a quarta temporada inteira, e agora, simplesmente não posso aceitar que eles vão sair. Sam e Blaine cresceram incrivelmente na série, se tornaram muito mais parte de Glee do que Kurt por exemplo. Tina então, nem se fala. Eu diria que junto com Sue e Rachel, Tina faz parte do que Glee é. Não existe Glee sem Tina, assim como não vejo a série existindo sem Rachel e Sue, não vejo a série sem Tina. 

A asiática é a mistura de todos os personagens que já passaram pela série, a instabilidade psicológica da Quinn, os vocais tão bons quanto os da Rachel, ácida como Santana, subaproveitada como Mercedes, pegadora como Puck, egocêntrica como Blaine e meio doida como Sam. Engraçado como Tina foi acumulando as personalidades e características dos outros personagens para ela. Talvez seja proposital, talvez não tenha nada a ver. Com esses roteiristas nunca se sabe. Ah, e ela é uma das originais, né? Eu super visualizo Tina, Artie, Sam e Blaine dividindo um apê. Seria tipo uma New Girl só que com uma asiática. 

Mas enfim, como ia dizendo, adorei a trama desse trio de veteranos do McKinley - fiquei com pena do Artie ter sido jogado de escanteio, mas como foi dito, ele já teve a vez dele, né? - estou no último ano do ensino médio e sei bem como é esse sentimento de: meu Deus, e agora? Como viver sem os migos? Mas é a vida, pessoas vêm e vão. E foi bacana ver eles aceitando e lidando com isso. 

O que dizer do beijo entre Sam e Tina? Fiquei com a mesma cara de nojo que o Blaine. Mas é o que a Brittany (SAUDADES!!!) disse uma vez: as pessoas se pegam loucamente no ND. Mas nunca mais shippo Samtina na minha vida e ainda bem que era só um experimento de ensino médio. Ah, e perguntinha: Blaine lembra que ele é noivo do Kurt? Porquê nunca vejo esses dois se falando, nunca vejo esses dois falando sobre o casamento ou pelo menos falando sobre o outro. 



Agora, vamos para o núcleo gostosíssimo de NY - aliás, adoro não ter que dizer que esse núcleo salvou o episódio e coisas assim. O que dizer de Kurt tendo pseudo-destaque e ficando ofuscado por Dani e Elliot? Adoro. Convenhamos que, dos Originais, Kurt é o personagem que menos gosto. O personagem não faz NADA de relevante pra série desde a segunda temporada e acho a voz dele irritantemente irritante. Mas adorei as caras e bocas dele durante a performance de Gloria, eu mesmo estava com a mesma expressão. 

Adorei Elliot tendo mais destaque, e sendo o mais novo motivo de briga entre Santana e Rachel. Gente, e quão gostoso está Adam Lambert nesse papel? Mas enfim. Ele canta e atua muito bem também. As performances dele no episódio foram excelentes. E gostei dele se impondo e mostrando que ele não é de aguentar drama e mimimi. 

Gostei da atitude dele, de Kurt e da Dani de expulsarem Rachel e Santana (ótimo para as duas amigas, péssimo para os negócios, convenhamos que essa banda não é nada sem Rachel e Santana), mas enfim. Só espero que não estendam essa briga das duas por tempo demais e acabem tornando a briga uma trama boring.

No mais, só posso dizer que Glee está puro samba. Seja nas trama, nas atuações e nas performances, está tudo mais do que bom. Não tem do que reclamar, podem ver. Parece que semana que vem o episódio será focado na Nationals (algo me diz que o New Directions vai perder, não sei de onde o Will tirou que o grupo está preparado) e teremos a volta de Mercedes - provavelmente porque o salário da Amber é mais barato que o dos figurantes e ela ocupa o lugar de três, pelo menos. Fiquemos então com a Performance de Semana, mais uma vez fiquei em dúvida entre duas: Gloria e Jumpin' Jumpin', mas por fim escolhi...

Performance da Semana - Gloria (Elliot, Santana e Rachel)
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
6 Comentários

Comentário(s)

6 comentários:

  1. Eu estou satisfeito com os episódios depois desse hiatus. Sem duvida nenhuma, está melhor que os episódios iniciais dessa temporada. Espero que continuem assim, só desta forma, com bons episódios, eles reconquistam a audiência. Vai ser difícil, mas não é impossível. É so trabalhar duro em cima de bons roteiros.

    ResponderExcluir
  2. Ricardo, depois do 5x13, a trama focará em Rachel, Kurt, Artie, Mercedes, Blaine e Sam em NY... Então, acho que teremos que nos despedir de Tina. E, o New Directions vão perder, por isso o Glee Club vai fechar e Will vai ficar em dúvida sobre uma proposta do Vocal Adrenaline. E esse encerramento do Glee Club trará antigos membros que acabaram com a briga de Rachel e Santana. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já sofro com essa despedida. Tina merecia ficar mais que muitos. Até porquê acho que Artie ficaria meio avulso no núcleo de NY sem ela.

      Excluir
  3. O que será que dará mais audiência em 18 de Março? Glee com o centésimo episódio ou PLL com o final de temporada?

    ResponderExcluir
  4. Sei que não tem nada a ver, mas to aqui pra falar que adorava tuas reviews de PLL kkkkkkk
    pena que eu ando sem tempo de ver a série, mas nas férias me atualizo

    ResponderExcluir