sexta-feira, 21 de março de 2014

[Crítica] Bates Motel - 2x03: Caleb


Faça escolhas ruins comigo...

Review:
(Spoilers Abaixo)

Sabe aquele episódio que até os trinta segundos finais tu não tens ideia formada sobre o que foi apresentado? Se foi realmente bom ou só mais um episódio qualquer? Eu estava com essa sensação tipo, o episódio recebe o nome do cara, o cara é maior polêmico e nada? Mas, os 15 segundos finais, sambou na minha cara e, realmente, esse foi um ótimo episódio.

Vou começar pela Emma, andei reclamando que ela estava sumida, devido inclusive ao destaque que a Bradley recebeu, enfim, os produtores resolveram lembrar da personagem e ela ganhou um plot, no início me perguntei se era realmente isso, se ela passaria o episódio inteiro se lamentando pela morte da Bradley (que simulou suicídio, lembram?) cheguei a pensar que a dor dela era devido ao fato de que alguém que poderia viver uma vida perfeita havia desistido enquanto ela tinha que lutar com as suas limitações. Mas, felizmente, o plot dela não era sobre lamentações e sim sobre perder o foco, se libertar e, com a ajuda do garoto da maconha, (tenho uma amiga que morreria de amores por ele, ou pelos cupcakes). A Emma resolveu viver a vida e fazer escolhas ruins já que independentemente de se viver com ou sem saúde, um dia a vida irá acabar. Por que lamentar se podemos curtir o tempo que nos resta?

E por falar em maconha o Dylan continua no meio do caos, ocorre que o novo chefe (o cara que substitui o Gil) anda buscando vingança a todo custo e como o Dylan trabalha pra ele consequentemente optou por um lado, e optar por um lado, no meio de uma guerra entre traficantes, sendo que o teu chefe é meio maluco, definitivamente não é uma boa escolha então, só nos resta esperar pelas consequências disso, não duvidem, elas virão.


Outro plot que já foi resolvido foi o da Norma, além de fazer a Vera Farmiga brilhar, a montagem da peça teatral serviu pra colocar ela no meio da "alta-sociedade" local, a produtora de elenco meio que se encantou por ela e se não tivessem revelado posteriormente que a mesma é casada e que está na verdade querendo juntar a Norma com o irmão recém separado eu poderia jurar que pintou um clima entre as duas, moral da história, Norma conheceu o pai da Miss Watson e virá coisas boas por ai...

O Norman meio que consegui a sua independência nesse episódio, acho que a tendencia é que ele se afaste da Emma, não sei o porquê, mas a relação entre eles não tem sido uma das mais calorosas, talvez porque o Norman venha guardando alguns segredos, mas, sem Emma e sem Bradlay, sobrou pra ele a garota nova, meio louca e com um "peguete" gay que foi responsável por uma das cenas mais hilárias do episódio.

E por último, mas não menos importante,  tivemos a chegada do Caleb, anunciado como uma das maiores novidades desse segundo ano, e ela já foi espetacular, a Norma simplesmente se descontrolou quando entrou em casa e encontrou o irmão de volta. Acabou que o Dylan ficou totalmente desconcertado por ter permitido que o tio entrasse, porém isso não foi suficiente pra impedi-lo de cair em tentação e acabar dando ouvidos ao outro lado da história. E não é que ele e o tio tem química? Tipo, foi legal ver os dois juntos, mesmo sabendo que o Caleb pode ser o monstro que a Norma diz que ele é.

Fato é que ele não parece mesmo ser um bom moço, eu definitivamente não acreditei naquele papo do hotel e de incluir a família no novo empreendimento, como assim? Do nada? Passa sei lá quantos anos sumido e de uma hora pra outra decide que a família é importante, só queria grana e o Dylan caiu direitinho, mas que isso, o Caleb acabou convencendo o Dylan de que ele é um bom moço e quando a Norma contou a ele a "verdade" sobre o tio ele a confrontou e não acreditou, devido o histórico dela de manipulação, só que na hora das agressões mutuas o Norman chegou e, eu pensei: "agora a porra ficou séria", mas achava que a porra tinha ficado séria pro lado do Norman não do Dylan.  Mas o Norman simplesmente virou ninja e deu a maior surra no irmão.

Porém, a Norma salvou o dia, (e o Dylan) a coisa já estava ficando tensa. Sim, ela salvou o dia revelando que o Dylan não conseguiria ficar longe do Caleb, porque o Caleb é o pai dele, o legal é que agora o Dylan vai acreditar nela, o ruim, que nada, tudo foi legal nessa hora. Abraços, até a próxima.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário