sábado, 25 de janeiro de 2014

[Crítica] Ravenswood - 1x08: I'll Sleep When I'm Dead


Um, dois, o Freddy vem te pegar...

Review:
(Spoilers Abaixo)

Não sei vocês, mas eu estou gostando muito dos últimos episódios de Ravenswood. Desde que a série voltou de seu hiatus, a continuação dos mistérios está mais legal e é por isso que se a série for cancelada sem um fim digno, eu vou ficar puto. Só faltam mais dois episódios para o fim da temporada e até agora, a ABC Family não soltou nenhum spoiler sobre o futuro de suas produções. E isso é o que preocupa.

Como vimos na semana passada, Remy decidiu se internar numa clínica de sono, depois de quase matar Luke e o pai. Ela descobriu que havia desenhado aos sete anos, a mesma faca que desenhou no episódio anterior. Disposta a descobrir o que aquilo significava, ela topou monitorar seu cérebro enquanto dormia e voltou a ser perseguida por um cara de capa preta, com quem tem pesadelos desde criança. Quem lembrou de Freddy Krudger com esse plot? Eu sou tão viciado em A Hora do Pesadelo, que automaticamente comecei a cantar mentalmente a música do vilão. Duvido que quem já tenha visto o filme, não tenha lembrado também.

Enquanto Remy sofria em seus pesadelos, Livy estava disposta a descobrir porque Springer a perseguiu no episódio anterior (ou desde o começo da série, porque né!). Depois de muitos problemas - como outra tentativa de assassinato -, Springer enfim conseguiu dizer que Dillon está por trás de tudo isso e eu já quero ver se a Livy vai surtar ou não. Espero que Livy não caía no papo furado dele - pois é isso que a promo do 1x09 mostra, já que Luke vai tirar satisfações com o cunhado.

Já Caleb não quer deixar seu love ghost ir embora e foi confrontar Ray, que acabou caindo em seu próprio jogo e confirmou que sabe o que significa se o pote de Miranda for quebrado. Miranda optou por seguir o ''conselho'' de Bea e abriu o pote. Só que seria muito fácil se ela ficasse livre sem nenhum problema, né? Pois é meus queridos, desta vez não tem família diabólica, mas sim um caso de decomposição. Isso mesmo, o corpo da nossa heroína está se decompondo. #TodosChora! Ah, e a Max resolveu passear pela cidade e Miranda a viu no café. Será que a mini Alison-barra-fantasma vai fazer algo contra a ''irmã''? Não sei vocês, mas acho que o alvo de Max é Livy.

O momento ''estou me decompondo, help'' foi interrompido quando Caleb e Miranda foram até o hospital, já que Remy não acordava de jeito nenhum. Miranda, como sempre, foi a heroína do dia e entrou no sonho da amiga para trazê-la de volta. Aliás, foi aí que descobrimos que Freddy Krudger o cara da capa preta era o Reverendo que incentivou a formação do pacto (para quem não lembra, foi o cara que se transformou em corvo no 1x06. Lembraram agora?). Ele iria dar as ''respostas'' para os mistérios da série, mas Mirandinha o golpeou antes disso. Na fuga, ela acabou sendo mantida refém por ele, mas como é a diva dessa budesca, não só voltou pro plano real, como levou o cara com ela. Sério, não tem como não lembrar de A Hora do Pesadelo.

Com todos sã e salvos, Remy decidiu ir embora da clínica e Miranda contou o que houve à Caleb. Ela acha que o Reverendo se perdeu no tempo imaginário, mas não baby! Ele está na cidade e Remy que se cuide, porque se depender dele, ela já tem seu lugar garantido no inferno. Que comece a caça! Ah, e como Rochelle é suspeita de ter assassinado o marido, Livy e Luke terão que ficar sob a tutela de alguém. Preciso dizer que eu aposto que o escolhido será o Ray? Beijo, vejam a promo do 1x09 e até semana que vem:



Outros pontos:

Algumas tramas das semana passada foram ''esquecidas'' nesse episódio, como o plot do Caleb com o pai e o de Carla com Bea. Espero que eles retornem com os mesmos para dar um final crível. Basta matar o pai do Caleb, que tá de bom tamanho pra mim.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário