terça-feira, 3 de dezembro de 2013

[Crítica] Once Upon a Time - 3x09: Save Henry


Adeus Neverland!

Review:
(Spoilers Abaixo)

MELHOR EPISÓDIO DISPARADO DESSA TERCEIRA TEMPORADA! E é assim no caps lock que já começo essa review! To substituindo o Nefferson na crítica dessa semana, mas na próxima ele volta! Vou aproveitar pra colocar alguns dos meus pontos de vista e comentar a fundo essa, que é a minha série favorita.

Desde a primeira temporada sabemos do ódio da Regina sobre a Snow, dos motivos da maldição, das intrigas entre diversos personagens, mas nunca foi explicado o aparecimento de Henry nessa história toda. O episódio destacou esse tema, e nos contou perfeitamente os detalhes de uma mãe rejeitada que no fundo só queria aprender a amar.

TODOS amam Regina. E esse amor começou na segunda temporada. No final da primeira temporada eu ainda tinha um remorso sobre ela, mas desde seus destaques durante o segundo ano, suas ironias e seu jeito de ser, chamaram a atenção de todo o público e fãs da série, que hoje torcem muito pelo o seu final feliz.

Foi uma bomba sabermos que Pan é o pai de Rumple, e seus destinos foram meramente parecidos. Pan trocou o filho pela juventude, e Rumple trocou Neal pelo poder da adaga. No início eu tinha dúvidas sobre quem era o pior pai, mas depois de alguns episódios deduzi que Peter é literalmente mau! Não expressa emoção positiva, e só busca o poder pensando sempre nele.

Acompanhamos a trajetória de Regina em busca do preenchimento do vazio que lhe cobre o coração. Já conquistado sua vingança ao roubar a memória dos personagens e fazê-los “sofrer” com isso, ela particularmente se sente sozinha, e quer alcançar alguma felicidade que a complete. Com a ajuda de Gold, ela consegue adotar um bebê, que é Henry.

Foi uma adoção velada, ou seja, sem informação alguma da criança, em relação ao seu passado, ou sobre os pais. Sempre fiquei curioso sobre como seria explicada essa parte da trama, e me sinto realizado quanto a isso, pois foram muito bem elaboradas as cenas.

Inicialmente, Regina se sentia desconfortável com Henry, não sabia como o fazer parar de chorar, e somente no colo de Snow ele parava e ficava tranqüilo. Eis mais um motivo da nossa rainha querer a cabeça de Branca numa bandeja.

Enquanto isso em Neverland, Emma conquistava a confiança dos meninos perdidos, que a ajudou a achar o esconderijo de Pan. Devo ser sincero, e sempre quis compartilhar isso, mas eu não acho a atriz Jennifer Morrison muito carismática. Já não basta sua personagem ser um pouco carrancuda, Emma realmente nunca foi uma pessoa sorridente, é difícil em cenas com Henry ela nos passar emoção, tudo parece muito forçado, diferente das cenas com Regina.

Regina então descobre via seu assistente, que a mãe biológica de Henry foi encontrada aos arredores da floresta de StoryBrooke há 18 anos atrás. Ela consegue deduzir que a mãe dele então é Emma, e fica pê da vida. Ela num primeiro momento resolve devolvê-lo para a adoção, mas logo depois repensa e fica com ele. E o mais impressionante da cena foi sua carência, seu espírito materno aflorando. Descobrimos também que na fila para adotá-lo estavam os irmãos de Wendy, que já trabalhavam para Pan e desde aquela época já rondavam o coração de Henry.

Para esquecer todas as suas preocupações e que Emma era a mãe de Henry, Regina decide tomar uma poção do esquecimento, e se dedica totalmente ao seu novo filho. Ela aprende a lidar com ele, deixá-lo mais familiarizado com as situações á sua volta.

Em Neverland, Regina, Emma e Snow conseguem achar Peter, mas elas ficam presas na Árvore do Arrependimento. Porém, a nossa rainha admite nunca ter sofrido as conseqüências por ter lançado a maldição, pois foi por esse jeito que ela conheceu Henry. Libertando-se das raízes, ela arranca o coração de Pan e recupera a caixa que Rumple estava preso. Foi uma cena um tanto quanto rápida, mas achei divertida.

Finalmente Henry tem seu coração devolvido. Rumple é libertado, e todos entram no barco para voltar à cidade. Dentro do barco, inclusive, se encontra os meninos perdidos, Wendy, Sininho e outros personagens que deram destaque a essa temporada. E para fechar com chave de ouro o episódio, Pan consegue entrar no corpo de Henry, e começa a se fingir passar por ele. Só nos resta saber por quanto tempo essa farsa durará!

Até a próxima!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário