quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

[Crítica] Nikita - 4x02/03: Dead Or Alive / Set-Up


Quem está na frente de quem?

Review:
(Spoilers Abaixo)

É, meus queridos, o jogo de gato e rato continua frenético dessa quarta e última temporada de Nikita. Ainda vejo muito gente indignada pela curta temporada, mas vamos abaixar o recalque e desarmar a língua. O fato é que Nikita tem a pior audiência da TV americana e, por mais que eu seja fã da série, temos que admitir que nenhuma outra emissora daria uma temporada final para ela. Eu não queria que ela acabasse, mas estou muito contente com esses seis últimos episódios, o que mantém um ano tenso e interativo. Estou triste pelo fim iminente? Sim, mas também estou feliz pelo desfecho digno da série. É por essas e por outras que me curvo a CW, que se preocupa com os seus espectadores.

Me aprofundando um pouco mais na audiência da série esse ano, posso dizer que a situação não é nada boa. Se na terceira temporada, a série mantinha uma média de 0,3 na demo, esse quarto ano mantém apenas 0,2. Eu sei que é uma vergonha se compararmos com a qualidade da série. Mas a CW também conta com uma plataforma online. E a série só tem a ganhar eventualmente, considerando que muitas pessoas começam a assistir as séries depois que elas são finalizadas, principalmente com um desfecho digno. É por isso que valeu a pena dar um último ano à série, que certamente trará algum retorno a longo período. Mas, enfim, não estamos mais mendigando audiência. Vamos ser felizes, vamos aos episódios em questão!

Nikita ainda mantém o seu status de mulher mais procurada do mundo. Aliás, ela é a pessoa mais procurada. É por isso que não teremos mais aquelas missões maravilhosas disfarçadas em grandes festas de galã. Nikita não pode mostrar o seu rosto, o que não tem impedido a interatividade da série. De fato, eu mal pude começar esse quarto ano e percebo que ele já está em sua metade. Só restam mais três episódios para o aguardado Series Finale, e todos só estão esperando por uma coisa: ver a Amanda ser mandada direto para o inferno. Ela certamente é a maior vilã da série e resistiu a todas as temporadas, assim como nossa heroína. Mas sabemos que o bem sempre vencerá no final, então os dias da nossa vilã estão literalmente contados. Só espero que ela escandalize bastante até lá, tocando o terror naqueles pseudo-vilões que entraram agora na história e já se acham os maiorais.

O segundo episódio veio com uma temática forte a respeito de mudanças. Depois de ter sido caçada por meses, Nikita ainda é a mesma pessoa? Basicamente sim. Ela se recusou a matar o clone de um cara sabendo que isso levaria a sua morte. Amanda está realmente pensando que as virtudes de nossa heroína estão distorcidas, mas não contava que as mudanças, na verdade, se refletiram no Michael. O fato dele ser abandonado pelo amor de sua vida o fez mudar. A conversa que ele teve com a Nikita foi dolorosa e aguardo esperançosamente o momento em que eles ficarão de bem novamente.

Alex é outra que ganhou destaque nesses dois episódios. Gosto muito de sua interação com o Sam/Owen. Eu lembro que shippava esses dois antes mesmo da morte do Sean, então estou satisfeito com a direção da trama deles. Também estou ansioso para ver a personalidade do Owen invadindo os sentimentos do Sam. Ele voltou para Udinov, mas certamente com outras intenções - envolvendo dinheiro. Mas vocês viram como ele quebrou quando ela o agradeceu e o beijou? Ouvi de longe o som do coração de pedra dele rachando. Aliás, também foi muito divertido ver a Alex fazendo a menina rica ao ser "torturada". Sério, gente, que tortura era aquela? Alex não pode ser metaleira?

Por fim, deixou a parte mais importante, Birkhoff. Todos nós amamos esse nerd, então tenho certeza que todos adoraram o terceiro episódio focado na relação dele com o seu pai. Já estava mais do que na hora de sabermos um pouco mais sobre o seu passado, e o roteiro veio com um background de respeito, ligando-o diretamente com os planos da Amanda. Minha única queixa é o meio extremamente fraco pelo qual a Amanda descobre que está sendo manipulada. Depois de mandar diversas mensagens em código, o pai do Birkhoff simplesmente sussurra o que está acontecendo para o inimigo? Foi a coisa mais sem noção que a série já apresentou desde a introdução da lunática e falecida Karla. Enfim, eu vou perdoar esse ponto negativo porque a qualidade dos episódios são sempre frenéticos, mas ficarei de olho nas próximas semanas. Até mais, Nikiteiros!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário