quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

[Crítica] Glee - 5x07/08: Puppet Master / Previously Unaired Christimas (Fall Finale)


Mais perdido que cego em tiroteio. 

Review:
(Spoilers Abaixo)

Alguém me sacode e explica o que os roteiristas dessa série tem na cabeça? Gente, acho que essa temporada está sendo a coisa mais aleatória que já se viu na história de Glee. E isso que estou falando, é claramente bem embasado pelos últimos dos episódios, Puppet Master e Previously Unaired Christimas. Aliás, ambos episódios mostram como a série atualmente está bem controversa. Os dois foram feitos sobre o mesmo efeito de drogas, a mesma trama brisada que não tem o menor sentido, mas um dos episódios conseguiu ser bom, já o outro não. 

Puppet Master foi um dos episódios mais fracos já exibidos pela série. Uma cópia barata do recurso utilizado no 2x02. Só que quando o destaque é pra Blaine - e não pra Brittany - óbvio que o episódio não ia se sustentar. Blaine não tem o apelo de Rachel, ou seja, ele não pode ficar querendo ser a Diva Queen do Glee Club, porque ele não é. A prova de que até os roteiristas perceberam isso, foi quando ele começou a cantar no Previously Unaired Christimas e o pessoal do coral manda ele calar a boca, cena essa que eu aplaudi de pé. 

Confesso que nem a trama de New York no sétimo episódio da temporada conseguiu me agradar, falta mais destaque pra Dani e Elliot, gente. Não dá pros dois ficarem ali fazendo figuração de luxo. Minha sugestão é que corte tempo de trama inútil do McKinley - e sim, por trama inútil quero me referir ao mimimi de Marley e Jake - e dê esse tempo de tela pra Nova York. Ninguém ia reclamar e a audiência ia parar de cair loucamente. 

Aliás sobre essa trama de Marley e Jake, palmas pra Bree. Achei super digno o discurso dela sobre menino Jacó, que está tirando todos nós do sério com aquele jeito de "Bitches, sou gostoso, sou superior". Aliás, adorei a ousadia de repetir mais uma trama, né? A líder de torcida grávida? Já vimos isso, por favor. Infelizmente, Bree não estava grávida. Eu digo infelizmente porquê o núcleo do McKinley está precisando de uma trama assim, pra dar uma sacudida nas coisas. 

No mais, sobre o Puppet Master só posso dizer que vê eles cantando "The Fox" foi muito amor. 



Seguindo com a loucura, vamos direto para a Fall Finale, episódio que foi gostoso de assistir, mas que evidencia como a série está sem um plot interessante e sem nenhuma trama central. Aliás, forçaram a barra dizendo que esse episódio tinha sido feito ano passado, fica óbvio que esse episódio foi filmado recente uma vez que a Brittany não deu as caras, e o mais irritante é que preferem ignorar o sumiço da personagem e não falam nada sobre, mais uma vez Glee jogando erros de continuidade tão absurdos como se fôssemos burros. Mas deixando isso de lado, como já disse, o episódio foi gostosinho de se assistir. 

Gente, toda a trama de Nova York foi hilária. Naya Rivera foi a maior descoberta dessa série, pelo amor de Deus. Sério, Santana é a melhor personagem, ela conseguiu se tornar um ícone pra série tão forte quanto é Rachel. Eu morri de rir dela falando com as crianças, era uma frase melhor que a outra. E o que foi Kurt pegando Bryce Johnson? Gente, eu pedi um Papai Noel daqueles de Natal, quem precisa de brinquedo quando se tem o Bryce? Pois é. Nem me importava de ser roubado, falo mesmo.

Já a trama do McKinley só foi digna por motivos de Kitty divando. Como não amar a personagem, né? Querendo ser Virgem Maria, quando estava mais pra Maria Madalena? Eu simplesmente amei e dos novatos, Kitty é a mais carismática, sem dúvida. É a única personagem nova por quem você consegue torcer. Achei digno o pessoal do ND dando o papel de Virgem Maria pra ela. 

No mais, encerro essa review com uma notícia triste (pelo menos pra mim), é bem provável que ano que vem eu não volte com as reviews de Glee. Terceiro ano, sabem como é. Então, se tiver alguém aí que gosta de escrever e gosta da série, fique a vontade pra mandar um e-mail pro Nefferson (nefferson_2@hotmail.com) e se candidatar para a vaga. É isso, e até qualquer dia - se alguém sentir saudades é só me procurar no Escrituras.

Performances das Semanas 

 The Fox (What Does The Fox Says?) - ND e The Apocalipstiskis


Here Comes Santa Claus - Santana, Kurt e Rachel

P.S.
Esse 100° episódio vai ser do caralho. Vlw, flws o/
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
10 Comentários

Comentário(s)

10 comentários:

  1. Uhu! Finalmente.
    Ah! Amo Glee, sem dúvidas... \o/

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente, eu não entendo. Tudo bem que Glee é realmente uma série especial, mesmo tendo episódios ridículos, ainda trata de assuntos melhores e atuais que muitas séries no ar não fazem. Mas economicamente falando, como uma emissora de TV como a FOX perde tempo com algo que não está dando resultado, eles ficam se importando, ainda gastam dinheiro com algo que "ninguém" gosta, só criticam, não importa o que seja. Eu não entendo! Será que a venda das músicas no iTunes é boa, por que não é possível, eles ganham dinheiro com Glee de algum lugar, e não acho que é patrocínio..

    ResponderExcluir
  3. Quando mandaram o Blaine calar a boca no momento em que ele começou cantar... KKK




    .

    Eu gosto quando os escritores colocam piadas nos episódios dos elementos que, de certa forma, nós, os fãs, massificamos na internet...

    ResponderExcluir

  4. A Rachel está sumida, mas a Sue está tendo muito destaque. Eu acho que é para equilibrar...
    A música (The Fox) é o trabalho mais ridícula do planeta, mas até nisso a Lea Michele (Rachel Berry) consegue mostrar a voz dela linda que tem, como sempre! Quero, pelo menos, um final bem digno para a Rachel Berry...
    Engraçado... GLEE na FOX Brasil é exibido mil anos depois da exibição original na FOX USA, mas TWD e American Horror Story são exibidos praticamente na mesma semana...
    TWD, antes, era exibido nos Estados Unidos domingo e quando era terça-feira, aqui no Brasil, já passava DUBLADO na FOX.

    https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=GAswyB79RnY

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho uma proposta para Glee:

    Os escritores poderiam desenvolver uma história focada nos ensaios da Broadway com a Rachel, tipo Smash, mas com a Rachel ia ficar com mais faíscas. Se colocassem a Santana Lopez para, quem sabe, de repente, competir sem querer contra ela ia pegar fogo! No final a Rachel poderia ganhar, mas com muito esforço e só depois da 2ª tentativa, como são as coisas para a personagem sempre. E a Santana poderia terminar com um cliffhanger em relação a carreira musical. o Kurt poderia começar querer conhecer novos movimentos artísticos alternativos em Nova Iorque. ia fazer um bem danado para a série e combina com o personagem. Quando o Artie formar na escola e ir para aquela faculdade de direção e cinema, ele e o Kurt poderiam interagir em uma história por esse rumo, bem interessante na série. E inédita.
    Infelizmente temos o McKinley. Amo Sue, Will, Diretor Figgins, mas já deu! Não podem afundar a série por eles. O que seria bom:
    Fizessem um "boot camp" de verdade. Ensaios, ensaios e mais ensaios com o Glee Club. Claro que com uma dose de drama. Um só, envolvendo todos. Como a gravidez da Quinn. Depois das Nacionais, quando vários estiverem NYC. O elenco de lá poderia formar uma espécie de "coral" nas ruas, na internet, sei lá. Tipo o Pentatonix. Sem esquecer dos sonhos pessoais. Só para não ficarem de mimimi com "não é glee", blá blá blá...
    O que acham?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei digno. Já pode ser contratado pela FOX pra roteirizar a série.

      Excluir
    2. Voltei aqui para comentar que pelo menos uma parte (até agora) do que eu quero que aconteça com o texto da série, vai acontecer.

      Glee Promo Frenemies - 5X09: http://www.youtube.com/watch?v=rU0aiTvM_78

      Ansioso.

      Excluir
  6. Poxa! Você vai deixar saudades sim. Sei como é o 3º ano, imagina a faculdade. Só acho que você não deveria largar o blog, pois isso pode lhe servir mais arde como um projeto, atividade extra. Sério!

    ResponderExcluir
  7. A Fall Finale, foi sim escrita e inicializou sua gravação em 2012, mas foi censurado pela Fox, que já sofria com as críticas em relação aos temas polêmicos de outros episódios. A falta de Britanny e Finn, se deram pelas alterações que foram realizadas no trabalho original, pois as histórias contendo ambos não seria do tipo aleatória, teria uma continuidade na trama. Como todos sabem, a audiência de Glee vem caindo, e a ideia de utilizar esse episódio foi para tentar elevar o ibope novamente.

    ResponderExcluir
  8. Porque você abandonou Grimm? Podia pelo menos explicar poxa

    ResponderExcluir