quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

[Crítica] The Carrie Diaries - 2x07: I Heard a Rumor


No fim do dia, rumores são apenas palavras.

Review: 
(Spoilers Abaixo)

O sétimo episódio de The Carrie Diaries nos apresentou momentos que definirão os próximos episódios da série. E eu tenho que dizer, dessa vez eles acertaram com Sebastian! Parece que os roteiristas finalmente se deram conta de que nos fazer sentir pena do rapaz é o caminho errado a seguir, e eles nos mostraram um Sebastian maduro, pronto para lidar com suas escolhas. Também tivemos o fim/início dos possíveis novos problemas que Maggie irá enfrentar com sua gravidez e a questão da homossexualidade de Walt que com certeza será o foco dos próximos episódios. Vamos a análise/crítica de I Heard a Rumor.

Numa cidade onde existem mais jornais do que pizzas, o que você faria se por acaso fosse noticia em algum deles? Carrie Bradshaw simplesmente surtou, e foi atrás de desfazer toda a mentira que Weaver inventou ao chamá-la de pequena suburbana e dizer que era ele quem havia terminado com ela. É então que ela, Samantha, Bennet e Walt vão parar na Paris Party. Carrie com o objetivo de corrigir toda a história comentada sobre ela e provar que ela não é a pequena suburbana a qual Weaver havia se referido e Bennet a procura de ser notado por alguma revista que valorize seu talento e lhe dê o que ele sempre quis na Interview Magazine: uma promoção.

Enquanto procura por Tristan Cassidy (o jornalista para o qual Weaver fez tal declaração sobre Carrie) para dar a sua versão da história de Weaver, ela acaba cruzando com o mesmo e quando pergunta o motivo pelo qual ele inventou tal história, ele diz a ela que em Nova York tudo é uma questão de percepção, quem foi o vencedor e quem foi o perdedor. E foi pensando nisso que ele viu que precisava sair por cima no término do namoro, e para isso Carrie teria que sair por baixo. Movida pela raiva ao ouvi-lo dizer aquilo ela resolve tomar uma atitude e encontra num falso rumor sobre o ex namorado uma forma de se sobressair. Mal sabia ela que se arrependeria da decisão mais tarde.

Em Castlebury temos finalmente a decisão de Maggie, ela irá abortar o bebê. E Sebastian a acompanha na sua consulta, dando total apoio a ela caso ela tenha certeza de que é realmente a decisão certa a ser tomada. Mas ela não tem e é isso que faz com que ela desista da consulta, pelo menos por um tempo até pensar melhor. Quando vi Maggie falando sobre querer ter um filho e sobre ser diferente de Mouse e Carrie, eu me dei conta de que algumas vezes julgamos as pessoas por quererem “tão pouco”. Quero dizer, costumamos sonhar tão alto e desejar tanto está no topo que achamos um absurdo algumas pessoas quererem apenas constituir uma família e viver uma vida simples. Me fez perceber mais uma vez algo que eu já vinha notando há algum tempo: não devemos esperar que as pessoas desejem para si mesmas o que queremos para nós.

Depois da declaração feita a Tristan Cassidy, Carrie recebe um chamado em seu BIP e quando retorna a ligação fica surpresa ao saber que é Sebastian que a estava ligando e mais surpresa ainda quando ele diz que Maggie está no hospital após ter sofrido um colapso. Pouco tempo depois, Carrie está lá ao lado de Sebastian e é nesse primeiro momento juntos que ela descobre que ele e Maggie não são nada além de amigos e que a garota estava grávida. Os dois acabam por reatar e ao invés de um beijo, eles se abraçam, o que para mim deixou a cena mais natural e até mesmo um pouco poética. Estaria eu ficando louco? Não, pelo menos acredito que não. Afinal, um beijo seria apenas um beijo e muito clichê para o momento, mas um abraço soou tão mais natural e mostrou que eles realmente sentiam a falta um do outro e que se sentiam seguros ao estarem juntos. Após esse momento Kyddshaw (apelido carinhoso dado ao casal), eles finalmente ficam sabendo o que houve com Maggie. A garota teve uma gravidez ectópica, que ocorre fora do útero e consequentemente o bebê não consegue sobreviver. Depois de uma cirurgia, Maggie está fora de perigo, mas tem sua capacidade de engravidar afetada e possivelmente não poderá mais ter filhos. É aí que vemos o “simples” sonho da garota de ser mãe sendo destruído e Sebastian sendo acusado de causar todo aquele transtorno. Já que como ele estava fingindo ser o namorado de Maggie consequentemente todos acreditam que ele era também o pai do bebê. Resta saber se futuramente Maggie irá revelar a verdade e tirar o peso dos julgamentos de Sebastian ou se decidirá manter segredo sobre seu caso com Simon.

Quando Carrie pergunta a Sebastian se ele não irá falar a verdade, ele diz que essa decisão não pertence a ele e se ele tiver que lidar com as mentiras das pessoas sobre ele, ele irá. Vendo o exemplo de Sebastian, ela repensa no que fez com Weaver e desmente seu comentário sobre o tamanho da “masculinidade” do escritor, e acaba por dar uma nova informação para Tristan Cassidy: era ela a pequena suburbana a qual ele havia se referido.


De volta a Paris Party, temos Samantha levando a viagem a Paris no lugar de Carrie e Bennet tendo finalmente sua promoção a Editor Principal da Interview Magazine graças a ajuda de Walt. Tudo parece perfeito para o casal até que nos momentos finais do episódio, a mãe de Walt está a ler um jornal e ver o filho em uma foto num momento bem íntimo com Bennet, as consequências disso veremos nos próximos episódios já que ela não manifestou qualquer reação ao ver tal imagem.

No episódio também tivemos a presença de Mouse e West tentando apimentar a relação e rendendo alguns momentos cômicos, como nos minutos finais quando ela aparece na lanchonete e mostra os seios para os amigos do time do namorado provando que ela pode ser sim a dona dos bonitos seios vistos na foto.

I Heard a Rumor, no geral, foi um ótimo episódio, mas ainda sinto falta de algo para Samantha. Até agora a personagem não recebeu o tratamento que merece, que para mim é um aprofundamento em quem realmente era Samantha e o que a levou a ser a grande mulher independente que ela é em Sex and The City. Só nos resta agora esperar pelo próximo episódio que sai ainda nessa semana e então teremos um pequeno hiatus até o dia 3 de Janeiro quando a série retorna.

Nos vemos em The Second Time Around (título do próximo episódio)!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário