domingo, 15 de dezembro de 2013

[Crítica] Sleepy Hollow - 1x10: The Golem (Mid-Season Finale)


Deus tem o plano dEle. Nós temos o nosso.

Review:
(Spoiler abaixo)

Bem não ia fazer a review agora, tive uma semana agitada e meio que to sofrendo as consequências por ter dito um foda-se pra tudo, mas eu não sou o objeto disso tudo, então fico com minhas consequências e vou narrar as do Crane já que o meu sono anda por algum lugar que eu desconheço. E como dormir é a última coisa que eu conseguiria fazer resolvi ir ver o epi que marcou mais uma pausa na série.

Depois de decidir abandoná-la de vez eu percebi que eu gosto do Crane e companhia e que talvez, mesmo que não fique com as reviews, eu continue acompanhando a série, não sei bem o motivo, talvez só apego mesmo, ou por querer saber onde isso tudo vai dar.

Como  o episódio passado foi avulso, nesse foi retomado o plot do 1x08, ou seja, purgatório - Katrina -Crane - Filho. Tentando descobrir o paradeiro do seu filho Crane promove o retorno do expiador de pecados a Sleepy Hollow. O personagem e o ator são legais, então a participação foi bem vinda, eu apenas fico triste quando penso que Sleepy simplemente gosta de abrir mão de bons personagens. Mas isso é algo que eu quero expor nos últimos parágrafos.


Pois bem, basicamente o epi girou em torno dessa trama, apenas com a participação periódica do professor do Chris (vou aprender o nome dele) convivendo com a sua filha e os problemas que decorrem da relação conturbada dos dois, é bom ver que mesmo na eminencia do fim do mundo Sleepy ainda investe no bom e velho drama familiar e por que não?

Crane e Abbie começaram a investigar o paradeiro do filho dele e acabaram descobrindo que o protetor do garoto tinha virado um Golem (só clicar aqui para saber mais sobre esse ser mítico) e absorvido toda a fúria do pequeno que era maltratado no orfanato onde foi morar depois que causou a morte, acidentalmente, de alguns dos descendentes da Abbie. No fim tudo deu certo, como sempre, Crane matou o Golem e foi como se tivesse matado o próprio filho, sentimentalmente claro, já que o boneco era um reflexo das emoções do garoto. 

- Pra uma mid-season finale eu achei o epi fraco, esperava mais emoção, algumas mortes, sangue, dor, enfim, mas não vou de todo ruim.
- Posso da apostando errado, como sempre faço nesse série, mas acho que o filho do Crane ta vivo, não faz sentindo introduzir um plot pra ele se resolver tão simples como esse. As bruxas falaram que era impossível matá-lo, que tinham lançado um feitiço pra parar o coração dele, sei lá acho que ele ta dando uma de bela adormecida.
- A série assim como eu volta de férias de 13 de janeiro com os três últimos epis.
- No mais, bom fim de ano, desculpem pelo atraso, estava em semana de provas e provas e provas, na verdade meses, mas acabou, me comprometo a ser mais rápido nas próximas.  

                                          Tem como não amá-la?
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário