quarta-feira, 6 de novembro de 2013

[Crítica] Sleepy Hollow - 1x06: The Sin Eater


Destino não é questão de chances, mas de escolhas.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Sleepy Hollow is back, como vocês devem ter percebido antes de mim, a série estava em hiatus. Eu achei estranho por ser uma série estreante com um número pequeno de episódios, mas tem toda aquela questão dos efeitos especiais, etc.

Tenho que parar de criar expectativas com essa série, eu poderia dizer que estava mega ansioso pra que ela retornasse do hiatus, porque a parte final do último episódio foi bem empolgante. É, eu até estava, mas minha ansiedade maior está por conta da estreia de "Em Chamas", hahaha. Sorry, Crane. Esse episódio começou colorido. Foi interessante notar essa mudança de cenário, a série é dominada por um tom sombrio, eu realmente não esperava por ver um pouco de cor em Sleepy Holllow tão cedo.

Depois de um jogo de beisebol, as coisas começam a ficar escuras novamente para Crane e Abbie, ocorre que as testemunhas do apocalipse tinham um novo desafio a encarar. Ichabod foi sequestrado e, Abbie e Katrina, para salvá-lo, acabam trabalhando juntas pela primeira vez. Cara, por que as informações dadas por mortos sempre vêm incompletas? Acho que do lado de lá está faltando um pouco de incentivo à clareza e à concisão, porque se a pessoa tem pouco tempo pra dar uma informação, nada justifica o fato de ela se prolongar. Custava a Katrina dizer tudo de uma vez sem rodeios?

Enfim, foi bacana vê-la entrando em contato com a Abbie, talvez em um futuro não muito distante as duas se tornem rivais, afinal de contas, o clima entre as testemunhas do apocalipse só esquenta e Katrina, no purgatório, não pode fazer muita coisa para evitar essa aproximação. Outra parceria, nesse caso retomada, foi a da Abbie com a irmã Jennifer, acho a atriz muito durona, não sei, não consigo gostar dela. Mas foi uma parceria que rendeu frutos e Jennifer pode ter coisas interessantes a revelar.


A parte mais interessante da série, particularmente a minha favorita no episódio, é a que envolve o Crane pós-sequestro, acontece que os sequestradores não pertenciam ao bad team, que controlam o Cavaleiro sem Cabeças e querem disseminar o caos na terra. Ao contrário a sociedade secreta de maçons era composta por velhos amigos de Crane, inclusive ele fazia parte dela. Pois bem a parte que eu realmente gostei foram os flashbacks que contam o passado do Crane. Nesse, somos levados a conhecer como ele e Katrina tiverem o primeiro contato e como surgiu a relação de ambos, continuo achando o passado dele mais interessante que o presente.

Por fim, Abbie encontra Crane, que acaba se convencendo que sacrificar a vida pelo bem de todos era o melhor a se fazer, porém antes que ele partisse dessa para o purgatório, o Devorador de Pecados (o nome é mais interessante que a figura) que a Abbie havia procurado antes e ele se recusara a ajudá-la, volta atrás e salva o dia. Separando definitivamente Crane do Cavaleiro sem cabeças. Não! Por que isso gente? Se ele controlasse o cavaleiro seria mais interessante.

PS:

- A atriz que fez a Rue em Jogos Vorazes vai entrar na história como a filha do professor do Chris.
- Não sei o que sinto pela série, to ficando desanimado, mas é bom lembrar que os caras que estão por trás dela são feras ~ leia-se, os produtores de Star Trek, Anjos da Noite e Transformers ~ . Então não dá pra não criar expectativas.
- Parece que após 5 episódios sem uma participação efetiva, o Cavaleiro vai começar a Caçar o Crane.
- Curiosidades, tem um filme com o nome de "O Devorador de Pecados", com o Heath Ledger, tem um vilão em o homem aranha que também atende por esse nome e tem algumas histórias sombrias aqui.

Promo - 1x07: The Midnight Ride

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário