sábado, 9 de novembro de 2013

[Crítica] Reign - 1x04: Hearts and Minds


Ganhando o seu coração em 3...2...1.

Review:
(Spoilers abaixo)

Não largo de jeito nenhum! Todos estão só amor com a série, para a nossa alegria. A audiência aumentou após uma queda na semana passada. E os fãs estão votando loucamente em Reign no People's Choice Awards para garantir uma renovação. Porque simplesmente não dá pra essa maravilha ser cancelada. Não aceito. E que foi esse episódio, hein?! Aconteceu de tudo e mais um pouco. A sequência desde a estréia está muito bem desenvolvida. Então, meus súditos, me acompanhem na história.

Mary tinha aceitado o compromisso de noivado de Tomas mas precisava da legitimação e aprovação do Rei Henry para poder oficializar e assim quebrar a aliança com Francis. Tomas me enganou direitinho, e vocês também, aposto! Ele até me fez gostar dele, mas aí nesse episódio ele mostrou realmente o quanto é cruel e dissimulado. Como ele tinha Mary totalmente dependente, mostrou as caras e fez com que ela aprendesse que as aparências enganam. Ele tinha até um servo que servia só para descontar sua raiva quando Mary o desobedecia. Tadinha, ela engoliu toda a humilhação assim como uma rainha deve fazer pelo seu povo. E Francis sendo mais amável impossível só a deixou mais infeliz com o seu destino.

Simon, o arrogante inglês que vem ameaçando Mary, foi culpado por traição ao dar informações sobre as tropas francesas que caíram na emboscada e deixou Bash (SUSPIROS) ferido. E para condená-lo à morte Henry precisava que Mary assumisse o testemunho da prostituta que deu a informação, para assim não ter problemas com a Inglaterra. Seria uma troca, pois assim, ela estaria livre para formalizar com Tomas. Mas a garota misteriosa apareceu de novo e direcionou Mary para a verdade. Simon não era o culpado pela traição e seria injustamente morto. Foi questão de tempo para que Francis, que já andava desconfiado do português, juntar os pontos e concluir que era ele o responsável pela emboscada.

Tomas tratou de apagar as provas de sua culpa, mas foi impedido. Mary convenceu a prostituta a mudar seu depoimento ao lhe dar proteção. E Francis e Bash impediram o português de matar o servo que tinha as informações necessárias para acusá-lo. Bash lutou com Tomas, mas como estava ferido não aguentou muito tempo, assim Francis o enfrentou e acabou o matando. Yes! Achei digno. Esse futuro rei só parece fraco, mas mostrou que por amor tem disposição de sobra. Resta saber se o sangue em suas mão vai afetá-lo. Assim, Simon foi considerado inocente e ficou responsável pela diplomacia com a corte portuguesa, já que o herdeiro foi morto "acidentalmente". 

Outros comentários:
- Kenna, finalmente cedeu ao Rei. Agora quero só ver se ele vai a assumir como amante. Eu gosto do casal, e do Rei. Continuo o achando mais que charmoso.
- Greer e o padeiro também se acertaram. Embora não possam ter um relacionamento sério.
- Só eu senti um clima e entre a Lola e o Bash?! Já vou falando que não quero. Comigo até que vai...
- Queen Catherine não perde a oportunidade de infernizar Mary, só que se ferrou porque vai ter que engolir a volta do compromisso do filho.
- E o que foi Mary sambando na cara do Rei?! Palmas! Rainha potente é rainha não se curva como uma serva! Mostrou força e decisão, estou orgulhosa.
- E estou somente muito curiosa para saber quem é a garota misteriosa.


E depois disso, meu coração de shipper fica dançando e pulando de alegria.

Fica aí a promo do próximo episódio. Que vai ter Mary e Bash interagindo!
Beijos até a próxima.




Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário