domingo, 10 de novembro de 2013

[Crítica] Ravenswood - 1x03: Believe


Acredite.

Review:
(Spoilers abaixo)

Depois de um episódio mais ou menos, Ravenswood nos apresentou um ótimo episódio, que foi totalmente focado na maldição, sem parar para mencionar o plot chato de Liv com Tess; o romance de Remy e Luke etc. Believe começou com o enterro de Miranda, onde tivemos um discurso de Ray falando das qualidades da sobrinha. Caleb também fez o mesmo, ganhando a cara de tédio de Luke. Ainda no enterro, Livy viu o espírito de uma moça loira, a qual descobriu mais tarde ser Abby, ex namorada de seu pai, que é suspeita de tê-lo matado. Mas Rochelle disse aos filhos que Abby morreu há mais de vinte anos, o que se torna impossível ela ser a assassina.

E já que tocamos no nomes dos dois, Livy essa semana foi essencial na série. Ela foi a perseguida do episódio, com direito a ver um espírito queimado (por conta do acidente no laboratório que matou Abby e mais quatro amigos). Mas se Livy foi essencial, Luke foi muito mais. Brett Dier está se mostrando ótimo no papel e Luke nos apresentou várias caras e bocas, dentre elas, de medo, tédio, surpresa... uma melhor que a outra. As reações do ator nas cenas de suspense, terror e drama foram dignas de aplausos, por quebrarem intencionalmente o clima.

Ainda acompanhamos Miranda aprendendo a controlar seus ''poderes'' e vimos que ela sempre volta para aquele corredor onde tem a foto de sua mãe. Porque isso acontece? Eu acho que a resposta para isso está entre aquelas paredes. Achei bem feitas essas cenas da Miranda, onde ela sempre é o centro de um fundo escuro. Ela também disse à Caleb que sente uma energia ruim quando esses espíritos se aproximam. Será que eles, querem na verdade, usá-los para algo maléfico? E o que foi aquela cena da mãe da Remy, galera? Quase que a faca partiu o pé da mulher, mostrando que a morte não a esqueceu (#FinalDestinationFeelingsAgain. Cadê os produtores chamando Mary Elizabeth, cadê?). Te cuida tia.


Mesmo com as tiradas de Luke, tivemos ótimas doses de suspense no episódio (cena do banheiro e do laboratório, por exemplo). Porém, os roteiristas ainda continuam com uma coisa que me chateia: TODO episódio, Remy tem que repetir a mesma coisa (cinco jovens morreram). Todos já entenderam gata, pode parar. E também mostraram novamente que Miranda está presa na mansão, o que ela já havia explicado no 1x02. Mas vamos focar agora no que foi o mais importante nesse episódio: Abby.

Antes do pai de Livy e Luke morreram, Abby estava tentando contatá-lo para avisar que ele estava em perigo por suspeitar dos mistérios da cidade. Abby foi a saída para os roteiristas nos darem novas informações da maldição. Livy continua com a sensação de que a loira quer lhe dizer algo e juntos com os amigos, usou um tabuleiro para evocá-la. Miranda alertou Caleb dizendo que achava aquilo arriscado, porém ele não a ouviu e Abby confirmou que existe sim, uma maldição na cidade; que o pai de Livy e Luke morreu por causa dela, e que agora ela está perseguido eles.

Ao ouvir um barulho, Caleb desce para averiguar e como nenhum dos outros houve ou a vêem, Miranda não consegue avisar que o candelabro acima deles está prestes a cair. O fantasma de Abby enfim dará a informação do porquê da maldição e, desesperada com o candelabro, Miranda grita por Caleb, que ao voltar, não impediu a evocação por querer respostas também. Sem escolhas, ela tenta e consegue empurrar o tabuleiro, afastando os amigos, segundos antes do candelabro despencar. Mas o melhor esteve por vir: com essa ação, uma luz se formou em volta dela, fazendo-o com que Remy, Liv e Luke também conseguissem vê-la. E fim. Sim, um cliffhanger para o 1x04. Será que Miranda voltou dos mortos, ou eles só poderão vê-la que nem Caleb? Teremos essa resposta semana que vem. Até lá!

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário