quarta-feira, 13 de novembro de 2013

[Crítica] Hart of Dixie - 3x06: Family Tradition


Família é para sempre!

Review:
(Spoilers abaixo)

É... está bom, mas tem algo faltando. Não sei se falta um aprofundamento maior na histórias ou plots que sejam mais complexos e que amarrem mais a trama, eu não sei, mas definitivamente tem algo em falta em Hart of Dixie. Um shipper que não pede a oportunidade, eu, diria que falta o casal que dá liga pra essa série desde a primeira temporada: Zade, mas não é só isso. Eu digo que estávamos acostumados com outra fórmula de episódios, e que nessa temporada não acontece. Por exemplo, não há pelo que esperar do próximo episódio. Sabe aquela urgência de uma continuação, de desenvolvimento? Pois é... anda faltando isso também. Cansei de plot aleatório, e vocês? Bom, depois das reclamações, vamos ao episódio que mesmo assim não deixou de agradar. 

Zoe e Joel decidiram procurar um lar em Bluebell. E a casa pela qual se interessaram era propriedade de um parente de Zoe. Mas já sabem como a doutora é atrapalhada. Relutou por um bom tempo até decidir que estava na hora de estender os laços familiares. Laços e relações que ela ignorou desde sua chegada em Bluebell. Afinal, nunca é tarde! Ou não! Todos os seus preconceitos quanto à família foram eliminados, ela realmente se deu bem entre eles. Porém, sem revelar quem era de verdade. E quando se apresentou, tadinha, e pensou que esqueceriam o quanto foi cretina com eles acabou  levando um balde de água fria, porque claramente não era bem vinda na família que ela fez questão de ignorar. É querida, a vida não é fácil assim não. Tem que esforçar e parar de ser egoísta. E hoje, aproveitem fãs do Joel, eu digo que ele está de parabéns. Continuo não gostando, mas o que ele faz pela Zoe é digno de palmas. Ele até poderia ser um bom personagem se não fosse interromper Zade. O que não acontece, é claro.

AB, que está paranoica com casamento desde a falsa proposta, tentou afastar Lavon da cidade por causa da visita da sua família. O motivo era aversão e a disputa com o time de Lavon. Porém, aos seus pais era totalmente irrelevante que o prefeito torcesse contra. Eles queriam garantir o casamento da filha com o bom partido. Eu também quero. Mas eles forçaram tanto a barra que AB explodiu. Revelou ao Lavon que, apesar de não demonstrar, ela partilhava o desejo do casamento. E o quanto ficou decepcionada quando ele não fez o pedido na noite especial. Não sei como vai ficar o relacionamento depois disso. Lavon, praticamente, vai se sentir na obrigação. Resta esperar e torcer para que isso não se torne um obstáculo entre os dois. Porque é, sem dúvidas, o melhor casal da temporada.

Lembram-se quando Lynly disse que George não iria resistir à sua investida?! Então, a "querida" estava certa! Não sei o que diabos ele viu nela, mas é certo que ele gostou. Ela armou tudo pra ele admitir que está a fim. E ele caiu na armadilha. Para surpresa geral, eu digo que gostei do casal. Sério! Eu julguei tanto a Lynly desde que ela apareceu, com razão, mas pode ser que esse plot dê um significado melhor para a personagem. E quem sabe, talvez, ela consiga agradar. Todos sabemos o quanto George está avulso. Logo, melhor do que nada esse romance. E eu nem revirei os olhos, ou xinguei mentalmente quando os dois se pegaram. Esbocei um leve sorriso de shipper. Nada mais, não sou tão fraca assim. Mas o amor está no ar. E George... que saúde, hein?! E pra quem não gosta, alegrem-se porque Lavon pode fazer tudo isso acabar.

E para a tristeza de todos: Lemonade acabou! Não esperava de jeito nenhum que a sociedade entre os dois iria durar tão pouco. Até porque os dois fazem uma boa dupla e foram para frente juntos quando a situação era difícil e ninguém acreditava neles. Mas acabou mesmo. Lemon percebeu que por mais que amasse o Rammer Jammer, não era o lugar ao qual ela pertencia. E embora ela não tenha conseguido comprar o restaurante dos seus sonhos, ela vai lutar e não desistir. Só palmas para essa mulher guerreira! Seu rumo é incerto, mas eu vejo como uma abertura para novas oportunidades. E lemonade pode até ter acabado profissionalmente, mas continua existindo na amizade. Não teve momentos mais lindos e melhores do que os deles.

Beijinhos, até a próxima semana. 
Obs: Não vi a audiência porque já basta de coisas tristes na minha vida.




Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário