sábado, 16 de novembro de 2013

[Crítica] Grey's Anatomy - 10x08: Two Against One


Glioma, fibroma, blastoma!

Review:
(Spoilers Abaixo)

O episódio da semana passada (desculpem o atraso) tratou sobre tumores. Tumores do corpo, tumores da alma. Meredith Grey e sua trupe nos levaram a estar a um profundo exame de consciência, que mesmo com um episódio não tão forte da temporada, acabamos por refletir sobre nossas mesmas intenções. Cheferson não aguentou a residência e pediu a conta, transferiu o curso, e eu como fui o responsável por trazer Grey's pro blog (lembram?) volto a tomar o trono que é só meu.

Doctor Webber contando histórias e mais histórias, entendiando e ao mesmo tempo ensinando nossos escrotos residentes (porque não consegui gostar totalmente deles ainda!). Bailey indignada porque seu maridão voltou e ao mesmo tempo enchendo o saco, voltando a neurose da sujeira das mãos e ultrapassando os limites da loucura urbana. Temos no mesmo bote, April e o bombeirão gostoso que esta doido pra transar. Mandar pra dentro. Ou na fala mais escrota e hétera possível: fazer a jiripoca piar. Mas claro, April a santa do ano quer e ao mesmo tempo não quer. Ela acha que vai desvirtuá-lo. OIN. Resolvendo todos os problemas chegamos ao final do episódio e tudo ficou na mesma. O bombeirão continuou like a virgin e April trabalhada no like a prayer. Sincero.

Grey fez um milagre nesse episódio. Xerocou um garfo. Mas sua ideia e sua máquina é pra melhorar. Não pra piorar, claro. Ela criou a máquina de xerox (assim que eu me refiro no mais português brasileiro) ou melhor, a máquina de impressão 3D. Quer aprender mais sobre a impressão 3D? CLIQUE AQUI. Pro negócio fluir melhor. Mas não é tão rápido. Mas já agiliza no tratamento de alguns casos. Enquanto Grey estava lá explicando, Sherpad queria fazer milagre no olho do menino que fez a máquina. Claro, todos estão cagando dinheiro. Ele resolve o problema do menino de pisca pisca nozóio e ainda dá uma dura em Jackson para ajudar a formar direito seus residentes. E Murphy ganhou mais uma promoção. Pois a primeira foi pegar de jeito a Arizona. E falando nela, continua gata. E tentando esquecer Callie que recebe uma responsabilidade de entrevistar pra emprego a nova namorada do Owen. E ela como quer saber se o amigo tá em boas mãos faz uma entrevista daquelas. Saia justa total. E não é na GNT. Resumindo: A médica (não decorei o nome por causa da Cristina) não aceitou o job. Ela tem medo que machuque o coração de Owen e todos queiram a cabeça dela. Obviamente. Um ponto pra Cris, não vai precisar encontrar a atual do ex todo dia. E convenhamos, isso é um saco.

Nessa mesma onda de tumr, Grey foi pra Sala de Cirurgia com o Alex. E os dois colocaram Edwards na saia justa do GNT com o tema: Regra dos desafios. Obra e história de Doctor Webber. No que resultou? Grey ficou puta porque Alex também soltou a real pra ela. Ou dá conta de ser mãe e médica ou para de querer o mundo nas mãos. Tá serto. SUPER SERTO né.

Webber salvou uma vida. Sua coleguinha de parede fina teve um piripaque e ele se levantou da cama (ENFIM) e foi ajudar a coitada. Amém.

Cristina e o tuba resolveram também tentar salvar uma vida. Tuba fez mil loucuras e conseguiu as aprovações necessárias. Mas a ideia conceitual dele era usar a máquina de Grey. E claro, Cristina e ela estão meio brigadinhas, pela situação que Cristina impôs. Resultado: Cristina foi avante e além e pegou a máquina dela. E o B.O esta no próximo episódio. Outra situação que vem a calhar e vai ser barra pesada, acho eu é Bailey. Ela não tá nada bem e sim, vai dar bosta. Ou algo que chegue perto.  E claro, comentarei sobre.

Bom final de sábado pra nós,

bêj.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário