domingo, 10 de novembro de 2013

[Crítica] Glee - 5x04: A Katy, Or A Gaga

A série que precisa urgente de um roar, se quiser voltar a ganhar um applause.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Depois do ~polêmico~ episódio passado e de um ~pequeno~ hiatus, aqui estamos e com um bom episódio, mas sem propósito nenhum. Parece que Titia adotou o esquema de "Vamos falar sobre Finn o mínimo que pudermos", e preferiu adiantar no tempo, mostrando que os personagens já estão superando a morte do personagem. Tudo muito bem, tudo muito bom (sinceramente não ia aguentar mimimi por causa da morte do personagem), entretanto esse episódio teve uma das piores audiências da série nesse quatro anos? Há quem diga que é porquê a série já deu o que tinha que dar, eu digo que é porque a qualidade atual está duvidosa.

Os dois primeiros episódios foram bons, o terceiro - não me agradou, me crucifiquem - mas esse foi aquele tipo de episódio que não acrescentou nada na trama de Ohio. Convenhamos que a cada ano, Glee foi perdendo a capacidade de fazer bons episódios com frequência, e adquirindo a mania de entregar episódios que mal conseguem divertir. Convenhamos que se não fosse o núcleo de Nova York, esse episódio teria sido um completo filler, que não teve propósito nenhum, além de evidenciar o quão Marley e Jake são detestáveis juntos. A verdade é que o episódio não conseguiu agradar nem no que se propôs, que foi evidenciar a disputa entre Katy e Gaga.

Eu fiquei esperando algo mais bem elaborado, uma disputa mais legal - algo que eu tenho certeza que os personagens originais fariam. As duas apresentações que fizeram foram sem graças, sabe? Faltou alguma coisa. Ao contrário das performances que envolveram o núcleo de NY, que sambou demais. Já estou esperando ver o quanto essa banda que eles formaram vai ser foda.

Quer dizer, Naya Rivera, Demi Lovato, Lea Michele, Chris Colfer e Adam Lambert na mesma banda? Já pode querer que a banda vire real? Enfim, Adam entrou na série muito bem. A ideia banda foi legal e creio que vai acrescentar muito pra série, que se ficasse dependendo do elenco novato ia estar na merda. Eu digo isso porquê ninguém aguentaria o mimimi a la Malhação daquele povo. 

Sério, aquela trama de "tocando nos meus peitos" foi demais até pra mim. E pior que isso, foi Jake ficar bolado e ir trair ela com a Bree - que só de ter esse nome de marca de palha de aço não tem moral nenhuma. Sério, foi a trama mais novelinha teen que Glee já trouxe. Desnecessário, convenhamos. E outra, sério que ela foi pra cama dele - vendo que ele já estava agindo como um cachorro no cio - e depois reclamou que ele tentou enfiar a mão em todo lugar que ele via um espaço?

Enquanto isso, Unique, Ryder e Tina seguem sem uma trama decente. Engraçado que Unique e Ryder - juntamente com Kitty - são os novatos mais interessantes e que mais agradaram (ou menos desagradaram). Eu particularmente, fico chateado de ver esse povo sem trama. Porquê a série está precisando urgentemente sair desse marasmo que se instalou, essa mesmice. Essa repetição de trama. O McKinley precisa de um frescor novo, qualquer coisa que mude um pouco a dinâmica que se instalou. Como bem disse Kitty, "parece que o Mr.Schue escolhe as lições um minuto antes de escrever no quadro" e é verdade e serve para os roteiristas, que parecem que escolhem a trama do episódio um minuto antes dele ir ao ar.

No balanço geral, tivemos um episódio que pode muito bem ser dividido pelo núcleos em questão de qualidade. A trama de Nova York claramente foi o melhor do episódio, enquanto no McKinley tínhamos tramas chatas e sem sal e pior, completamente aleatórias e infantis. Dignas daqueles filmes da Disney. Está na hora da série...crescer. Sair dessa zona de conforto, e fazer o que está claro desde que a terceira temporada acabou, mudar a série toda pra Nova York, convenhamos que todo o McKinley (alguém ainda aguenta os pitis da Sue?) já deu o que tinha que dar e acho errado deixar a série afundar por causa disso.  

Performance da Semana - Roar (New Directions e "The Apocalipsticks")


P.S.
Não esqueci da trama do Sam, achei tão ruim, mais tão ruim, que preferi não comentar mesmo. 

P.S.2
Agora que Blaine está sem fazer solos a cada 2 minutos de episódio, ele podia aproveitar o tempo pra malhar, né? 
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. Pode parecer incrível, mas eu gostei bastante desse episódio! Mas eu concordo com você em algumas partes. Me surpreendi em não passar cenas com os atores novos.
    Gostei do episódio da semana passada, o de número 5, The End Of Twerk. Foi bem legal! Deu uma aliviada na série e mostrou ângulos novos, me impressionei com as atitudes da Marley em relação a Bree.

    ResponderExcluir
  2. Morreu? Cadê as outras reviews?

    ResponderExcluir
  3. Estou sentido falta de novas reviews...

    ResponderExcluir