quarta-feira, 20 de novembro de 2013

[Crítica] Maldita Aranha Gigante!


Direção: Mike Mendez
Ano: 2013
País: EUA
Duração: 80 minutos
Título original: Big Ass Spider

» Este filme ainda não foi lançado oficialmente em DVD no território nacional, mas já está sendo exibido pela TV a cabo, com o título Maldita Aranha Gigante!. Obviamente que não traduziriam de forma literal o título em inglês, mas acredito que tenha sido uma tradução justa - e a mais aproximada -, apesar de tentar pegar carona no clássico terrir aracnídeo, Malditas Aranhas!

Crítica:

Seu apetite é maior que o seu tamanho.

Estou eu aqui novamente tentando investir naquele gênero manjado e conhecido, ainda em busca de um "Bom Filme Ruim". Esses filmes são sempre trash - elemento esse que eu adoro -, e geralmente trata de temas mirabolantes (uma aranha gigante, talvez?). E se vocês não perceberam que essa história é material suficiente, talvez vocês devessem focar sua atenção ao título, Big Ass Spider (o que no bom português significa algo como Aranha Fodona). É assim que um bom filme ruim chama nossa atenção. Até mesmo no título faz questão de ser escandaloso, tirando sarro de si mesmo, provando que não deve ser levado a sério.

A história gira em torno Alex, um exterminador de insetos que vai parar em um hospital depois que é mordido por uma pequena aranha. Seu ganha pão atinge um novo patamar depois que ele fica responsável por uma aranha alienígena que escapa de um laboratório militar, tocando terror e causando mortes por onde passa. Logo, todos irão perceber que ela cresce em uma velocidade assustadoramente rápida. Depois de várias tentativas falhas, a força militar terá que trabalhar com o exterminador para que possam conseguir salvar as vidas dos civis que estão pelas ruas de Los Angeles. Não demora muito para ficar claro que eles devem destruir a aranha antes que ela atinja o nível cinco, ou seja, reprodução...

Exército fazendo experiências secretas em animais, misturando seu DNA com o de alienígenas. Isso soa trash para vocês? Definitivamente. Só faltou mesmo eles falarem que o objetivo era de usar esses animais gigantes como armas em guerras, mas o objetivo verdadeiro se tornou igualmente prepotente. Toda essa história soa como aqueles filmes clichês dos anos 80, só faltou mesmo aquelas luzes neon chamativas no escuro toda vez que o terror está próximo. Aliás, é justamente nesse quesito que Big Ass Spider falha miseravelmente.

Não há "terror" nessa produção. E eu até entendo, porque se trata de um filme pastelão. Mas o enredo passa esse vazio, o que causa desconforto. Todas as cenas são claras demais. O enredo sequer se esforça para fazer algo mais inteligente ou com suspense. É como um filme de família bobo - com algumas mortes interessantes. Aliás, são poucas as mortes que realmente valem a pena. Destaco o mendigo que foi tão inocente ao tentar pegar uma moeda de vinte e cinco centavos, o que o levou a ter a melhor morte de todo o filme. O resto foi tudo mecânico e impessoal demais.

Talvez tenha sido por causa do tamanho exagerado da aranha, o que não deu tempo para o roteiro desenvolver situações mais "corpo a corpo". Eles fizeram a aranha crescer rápido demais. Imaginem os personagens em um lugar escuro, com uma predadora venenosa grande, mas que ainda pode se esconder facilmente. Seria muito mais interessante do que assistir uma aracnídea debilmente gigante andando pelas ruas da cidade. E o que dizer do exército que, mesmo com a ajuda de helicópteros, conseguem perdê-la de vista? Sem contar que eles tiveram toda oportunidade do mundo de abatê-la enquanto ainda estava na floresta.

E sabem o que é pior? Ver os soldados - COM ARMAS - tendo que praticamente encostar na aranha para começarem a atirar. Será que eles desconhecem a definição "longa distância"? Enfim, esse filme apresenta diversos desses momentos tensos (negativamente falando). E sem contar os longos e cansativos monólogos dos protagonistas. Sei que é uma ironia aos filmes que seguem esse estilo e se levam a sério, mas aqui soou igualmente tedioso. Pelo menos os efeitos são consideravelmente bons. Esperava por momentos risíveis proporcionados por CGI ruim, mas me surpreendi com a qualidade. Não achei nem bom, nem ruim. Está na média, mas não recomendo. De fato, se vocês querem ver um bom filme trash envolvendo aranhas gigantes, assistam o clássico Malditas Aranhas!, que é o melhor desse subgênero.

PS. O massacre do parque foi legal, mas tinha muito mais potencial.


Trailer:

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. me adiciona no face meu nome Allef martins de sousa só procurar

    ResponderExcluir
  2. Tem um filme que fala sobre Aranhas que vinham do espaço junto com alguns astronautas,não lembro o nome,só lembro que a ultima vez que vi passou no sbt,ele e bem trash, mais e muito bom,talvez eu esteja falando desse jeito sobre o filme,pq só lembro de ter visto quando era pequeno,mais ainda lembro de algumas cenas e ainda me parece bom :), se vcs se lembrarem ou já viram o nome me digam por favor. ^^

    ResponderExcluir