segunda-feira, 28 de outubro de 2013

[Crítica] The Vampire Diaries - 5x04: For Whom the Bell


Agora sim, ''The Rippah is Back''. Só que mais ou menos.

Review:
(Spoilers abaixo)

Se tem uma coisa que não podemos reclamar é desse começo de temporada de The Vampire Diaries. Estamos sendo presenteados com uma safra de bons episódios, em vista do sofrido começo do 4º ano. E quem diria que um episódio sem Katherine Pierce e Silas poderia são tão bom ao ponto de nem sentirmos falta deles? Sim, eu amo os dois, porém só senti falta deles quando vi que estávamos nos minutos finais e realmente nessa semana eles não dariam as caras.

Bem que a promo tentou nos enganar, jogando um Damon motivado a causar um acidente de carro e uma recaída de Stelena, né? Não sei vocês, porém eu não cai em nenhum dos dois golpes. Eu acredito que agora, o Damon nunca machucaria o Stefan e vice-versa, então estranhei aquela cena da promo. Mas tudo não passou de uma brincadeira do Damon pra mostrar que ele é o irmão divertido dos dois. Também não acreditei no possível retorno de Stelena - pelo menos agora -, afinal só temos quatro episódios exibidos e Delena deverá durar mais um pouco ainda. Damon mais velho ficou responsável por contar a Stefan tudo o que ele fez nesses quase duzentos anos de vida e contou tim-tim por tim-tim. Mas claro que Damon não é seguro de si e não contou nada sobre Stelena.


Enquanto isso, Matt continua com Gregor ocupando parte de sua mente e pediu ajuda a Little Jer para encontrar Bonnie. Damon também chegou a conclusão de que precisa da bruxa para ajudar Stefan e foi procurá-la. Jeremy se tocou que não adiantaria mais esconder a morte da garota e contou a Damon o que houve. Amei o bromance de Daremy, estava na hora deles se entenderem. Enquanto isso, Elena ficou responsável por tentar ajudar Stefan a lembrar da sua vida e tentar distraí-lo para ele não sair bancando a loka nos pescoços de Mystic Falls. E para isso, ela decide reviver momentos da época que eles namoravam, como o 1º encontro no colégio e o dia que Stefan a salvou na ponte. Meu Deus, foi como um revival dos melhores momentos da série <3. #StelenaPower, fazer o que né? Claro que toda essa situação faria com que Eleninha ficasse mais uma vez dividida e quase rolasse um beijo, mas na hora H, ela lembrou do Damon e isso fez com que Tefinho jogasse na cara dela que ela está pegando o seu irmão (eu amo os roteiristas) e que seu modo Rippah fosse ativado.


Já Carol passou mais uma semana sofrendo pelo Tyler e pediu ajuda do Jesse para tentar entrar na aula do dr. Maxfield. Eles foram estudar, Jesse a beijou, porém Carol ainda sente falta do lobinho depilado e não passou do beijo. Não aguento mais os produtores jogando alguém pra nossa VampLoira. Meu Deus, já não basta Klaus e Tyler? Mas eles tão fazendo isso pois querem treta pro fandom casal e sem Klaus, isso seria impossível. Tefinho Rippah chegou na festa da facul e Carol tentou impedi-lo de sair mordendo a galera, porém ele foi rápido e atacou Jesse, que pediu para ser poupado. Para não fazer um estrago pior, Stefan acatou o pedido e fugiu, voltando para casa. Com isso, vemos que ele está aos poucos, conseguindo se auto-controlar e já tava na hora né? De volta à Mystic Falls, ele decide seguir sua vida e transforma seus diários em cinzas. #todoschora. Mas antes de partir, Tef continua sua fase ''tô sambando em geral'' e diz que Damon e Elena não precisam se preocupar, pois Carol concordou em ajudá-lo a se controlar e nela, ele confia. Poderia ser uma sambada mais digna do que essa? Amo os personagens dessa série nessa fase de humanidade desligada, pois eles falam tudo o que a gente quer ouvir. Sem dó, nem piedade.

(Não resisti a esse gif. Shippem Stelena comigo.)

O momento Steroline foi ótimo. Shippo a amizade dos dois, porém não gostei do lance de ''minha melhor amiga''. A BFF do Stefan é a Lexi, seus putos. Já Damon teve que dar a notícia da morte da Bonnie a Elena, que veio com o bordão ''I can't...''. Tava demorando né? Nada essa vadia pode, a não ser pegar os dois irmãos ao mesmo tempo (#parei). Jer, Elena e cia. fizeram uma homenagem a amiga e Jeremy transmitiu à todos o que Bonnie está sentindo naquele momento. Nunca fui muito fã da Bonnie, porém assumo que ela é importante para a série e foi uma ótima cena. Além de todos terem que aceitar sua morte, o mais importante ali era ela aceitar que morreu. Esse tributo também trouxe de volta Tyler, que não teve nenhuma fala. Nem um ''oi galerix, voltei mas vou vazar de novo em breve, pois essa é minha função''.

Enquanto isso, na faculdade, Jesse conta ao professor Maxfield sobre o que lembra da noite anterior (leia, quase nada). Maxfield então confirma o que meio-mundo já sabe: ele sabe da existência dos vampiros e que pretende usar Jesse como experiência, pois ao descobrir o sangue de vampiro no garoto, não pensa duas vezes e o mata. Mas será que ao acordar, Jesse será esse rapaz bonzinho e compreensível? Acho que ele será um cretino e atormentará e muito Carol e Elena. E vocês, apostam em #JesseVampGood ou #JesseVampBad? Comentem e vejam abaixo a promo do 5x05:



OBS: O termo ''fandom'' usado no 4º parágrafo significa ''reino de fãs''. Ex: One Direction tem os fãs que se denominam Directioners, assim como TVD tem os VampireManiacs. Ou seja: Os fãs nas redes sociais tretarão legal com esse possível novo romance de Carol. Tudo explicadinho, ok? Ok! Até semana que vem, galero.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário