segunda-feira, 14 de outubro de 2013

[Crítica] The Tomorrow People - 1x01: Pilot (Series Premiere)


''Não acredite em tudo que vê.''

Review:
(Spoilers Abaixo)

A nova série teen sobrenatural do CW enfim estreou nesta quarta (09) na TV americana. Protagonizada por Robbie Amell, The Tomorrow People segue Stephen Jameson, um garoto que vive cercado de atenção na escola. Mas ele não é popular. Essa atenção é justamente por ele ser perturbado. Stephen acredita ser sonâmbulo e para lutar contra a doença, vive cercado de medicamentos. Logo, ele descobrirá que de sonâmbulo não tem nada e é na verdade, um ser com poderes especiais. Essa é a premissa da série? Curtiram? Então venham comigo nessa loucura.


O episódio já começa nos mostrando o quanto Stephen sofre por conta do seu problema, chegando ao ponto de se amarrar na cama para não sair por aí durante à noite. O que é em vão, já que no dia seguinte, ele acorda na casa do vizinho, entre ele e sua mulher na cama. Também nas primeiras cenas, temos John invadindo um laboratório e fugindo com uma pasta. Depois de lutar com os agentes da Ultra, ele enfim chega ao covil (sdds PLL) onde está escondido com Cara e outro que eu esqueci o nome. Enquanto isso, Stevie continua rivalizando com um garoto que não sabemos o nome. Mas dessa vez, não foi culpa minha. Nós realmente não sabemos o nome do cara, já que os produtores não ligaram pra isso - deveriam estar ocupados escolhendo o da Cara. Eles têm um embate, onde Steph quase o mata, mas desmaia durante o confronto. Com isso, descobrimos que a mãe do rapaz sabe do seu dom. Ponto pro roteiro, que não caiu no clichê da mãe desconhecer o segredo do herdeiro.

Além de brigar com o rival, o garoto também ouve vozes de uma mulher que ele não sabe quem é. Cansado dela, Stevie segue as ordens que recebe da mesma e entra no trem que John estava, sendo levado ao esconderijo do início do episódio. Lá, ele descobre que é um homo superior, mais conhecido como Seres do Amanhã (essa vai ser a tradução brasileira no SBT, tenham certeza) e que possui poderes, como telepatia, teletransportação e levitação - nomeados como 3Ts. Cara explica à ele que eles lutam contra a Ultra, um ''programa'' criado pelo Governo para exterminar todos os homo superior, e diz que eles precisam de Steph para acharem o líder dos Seres, que é (não me diga!) seu pai. O garoto mostra o ressentimento que tem do pai por ter abandonado a família e descobre mais um clichê que ele foi embora para protegê-los.


A Ultra é governada pelo Dr. Jedikiah Price (Jedikiah? criadores WTF?) e usa como argumentos para os massacres, o fato de alguns Seres usarem seus dons para crimes, como divulgar códigos de lançamentos nucleares e roubar dinheiro da Reserva Nacional. Logo, Stephen é capturado, preso numa sala onde seus poderes foram bloqueados e Jed tentou injetar nele algo para fazê-lo voltar a ser humano. Cara, John e o outro que eu esqueci o nome chegaram na Ultra para salvá-lo e Stephen conseguiu fugir da sala, porque mesmo com o bloqueio, ele tem mais poderes do que todos os outros Seres e uma mera salinha não é pário pro nosso garoto. Ah, e Steph também consegue parar o tempo, e salvou John de ser morto, fugindo em seguida com os new friends. Claro que isso viria à tona mais cedo ou mais tarde, afinal Stephen é o filho do Líder, então deveria ter mais sangue Balcoin poderes do que os outros. Espero que ele tenha mais poderes fora parar o tempo.


Mas eu não esperava que os roteiristas fossem me deixar com a cara na poeira com uma reviravolta no fim do episódio: Jed é da família, Steph. Sim, o cara é tio dele e fez questão de dizer que seu irmão morreu por conta de estar do lado dos Seres. Sério, quem acreditou nisso? Todo mundo sabe que o pai do garoto vai aparecer, é questão de tempo (John Blackwell mandou um oi. E sim, ainda não me conformei com o cancelamento de The Secret Circle). Jed disse que seu irmão nasceu com poderes e ele, humano. Já acho que ele entrou pra Ultra por inveja do irmão e que descobriremos, na verdade, que ele quer é ser um Ser do Amanhã. Mas nem passou pela minha cabeça ele ser tio do Stephen. Não sei vocês, mas eu com a minha imaginação, pensei que o Jed era, na verdade, pai do John, pois achei o aquele diálogo deles, quando Jed estava para matá-lo, muito suspeito.


Ah, Cara e John namoram, mas ele tem ciúmes da conexão dela com Stephen, que pode se tornar o novo líder deles. Ainda temos a amiga de Stephen, Astrid. Acho que eles terão algo no futuro, então deixarei para comentar esse plot mais pra frente. Por fim, vemos Stephen sendo agente duplo, já que ele decidiu aceitar a proposta do tio de entrar pra Ultra, mas deixou claro para o telespectador que não esqueceu de Cara e John. Será que Jed descobrirá logo sobre a trapaça que o sobrinho decidiu fazer? Também gostei do Steph mostrando que não precisou abandonar nada que já tinha (exceto os ex-amigos malas e os remédios) para se tornar um Ser. TTP teve um bom Pilot, mas não foi 'aquele' Pilot. Claro que não estou dizendo que a série é ruim, afinal foi apenas a Premiere, então temos muito ainda pela frente. Espero vocês aqui nos próximos episódios. Vejam a promo do 1x02:


PS: Desculpem pela péssima qualidade de imagem, porém foi a única promo legendada que eu encontrei.

Notas: The Tomorrow... se saiu bem e estreou com 2,34 milhões de espectadores ao vivo e marcou 0,8 na demo (18-49 anos). A CW já encomendou mais 3 episódios e, com isso, a 1ª temporada passa a ter 16. Será que em breve, teremos o anunciamento de uma temporada completa com 22 episódios? Qualquer novidade, aviso á vocês.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Você simplesmente jogou o nomes dos personagens e não explicou nada deles. Assim fica muito vago sua critica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que não expliquei? Falei do problema do Stephen, o que ele faz para tentar se livrar, como ele muda no fim, enfim.. Não falei do outros personagens porque o roteiro não se aprofundou em nenhum. O objetivo do Pilot foi o Stephen. Só saberemos dos outros nos próximos episódios. Mesmo assim, obrigado pelo comentário.

      Excluir