domingo, 27 de outubro de 2013

[Crítica] Supernatural - 9x03: I'm No Angel

Se os anjos baterem, não deixe-os entrar.

Review:
(Spoilers Abaixo) 

Essa semana deve ter sido como um Deus nos acuda pra nós, simples estudantes do ensino médio que querem ser alguém na vida. Tive que estudar my ass out pra esse ENEM, e com essa responsabilidade, veio a preguiça de colocar em dia minhas séries de TV. Quando arrumei um tempinho para assistir Supernatural, achei que estaria prestes a ceder quarenta minutos do meu dia ao tédio, mas acabei me surpreendendo com a história dessa semana. Quem diria a caça ao Cas iria nos render um episódio tão divertido? Pois é, parece que esses anjos estão mesmo levando a sério os conselhos da nossa querida Emily Thorne.

Como vimos na premiere dessa temporada, Cas foi jogado na Terra para viver como humano ao lado de todos os outros seres orgânicos. Sem poder de cura, sem teletransporte do Goku, sem luz agressiva, e é claro, sem força bruta para se defender. Sabendo da sua condição, os anjos resolveram criar um exército celestial, tanto para encontrar Castiel quanto para encontrar bons receptáculos aqui na Terra. Lembram que há algumas temporadas, quando descobrimos a história do Castiel, disseram que nem todos os receptáculos aguentam o poder dos anjos? Pois é, são esses prodígios que eles estão procurando.

E para ajudar na busca – considerando a vontade do receptáculo em ser possuído -, os anjos se aproveitaram de um pastor evangélico tão rico quanto Valdemiro, e com tanta lábia quanto Edir Macedo. Quer dizer, ele não era um charlatão. Mas sua palavra chegava praticamente no mundo inteiro; podendo, assim, convencer um número absurdo de pessoas a serem possuídas pelos anjos. Exatamente como a garota que se ofereceu neste episódio. Ela chegou, disse que estava preparada para ser usada pelos anjos do senhor, foi possuída e explodiu na cara do pastor, Hahahaha! Esses anjos estão cada vez mais zueros, os Winchesters que se cuidem.
 
Bem, deixando de lado essa história dos receptáculos, temos a caça ao Cas que nos foi prometida desde o início desta temporada. Foi divertido, foi interessante, mas não houve criatividade alguma para desenvolver o plot. Quantas vezes vimos o Cas constranger os humanos com seu vocabulário celestial? Quantas vezes vimos um dos garotos se apaixonar por uma desconhecida e depois descobrir que ela é do mal? Quantas vezes o vilão lançou um Winchester pra cada lado, focou apenas em um e deu tempo para que o outro o matasse pelas costas? Milhares, eu sei. E com este episódio não foi diferente. 

Depois de fugir do point dos sem tetos, Cas começou a vagar pelas ruas e acabou conhecendo April. April é aquele tipo de personagem doce que engana a todos pra dar o bote no final, e acho que apenas Cas não percebeu. Mas confesso que torci pro romance deles dar certo. Eu queria mesmo que ela fosse uma boa garota, que Cas a salvasse dos outros anjos no final do episódio, ou que ela simplesmente tivesse uma morte sofrida como mais uma vítima da batalha dos anjos. Mas não. Alimentou o recém humano, transou com o recém humano, conquistou o recém humano, e depois se revelou a vadia do Bartolomeu. Que desnecessário hein!

E não, isso não quer dizer que não gostei do episódio. Muito pelo contrário. Eu adorei ver o Cas como humano, descobrindo o sexo, os crentes explodindo e o Dean tentando lidar com o anjo que possuiu seu irmão. Só não acho que este episódio sirva como um bom exemplo de criatividade, tendo ele reciclado várias ideias das temporadas anteriores. Bem, acho que depois de três anos fazendo as reviews de Supernatural neste Blog, vocês me entendem. E depois de nove anos de estrada ao lado de Sam e Dean, todos entendemos como um episódio da série funciona. Resta saber se nas próximas semanas os roteiristas estarão dispostos a quebrar o padrão.

PS: A conversa final entre o Cas, Dean e Sam foi muito engraçada. Cara, perder a virgindade na idade do Cas deve ter sido muito revelador, hahaha!

PS²: Como assim o Cas não pode ficar no esconderijo dos homens das letras por causa do Ezequiel? Pode não, hein Dean!

PS³: O ceifeiro contratado pelos anjos foi um flop eterno. Por favor, menos ceifeiros, mais demônios.

Promo 9x04 "Slumber Party"
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários: