segunda-feira, 14 de outubro de 2013

[Crítica] Spring Breakers: Garotas Perigosas


Direção: Harmony Korine
Ano: 2012
País: EUA
Duração: 94 minutos
Título original: Spring Breakers

Crítica:

Um pouco de sol pode trazer à tona seu lado escuro.

Muitas pessoas estavam esperando por esse filme e, apesar de não ser o meu estilo, resolvi dar uma chance depois de alguns pedidos. Aproveitei e fiz uma sessão dupla com Bling Ring - A Gangue de Hollywood, que também trata de jovens roubando. Depois de assistir a esses dois filmes, eu simplesmente não sei como não tentei suicídio. Foi muito pior do que eu estava esperando. Mas cada coisa em seu tempo e, primeiramente, vamos focar nesse, Spring Breakers – Garotas Perigosas, que por acaso vem a ser o pior entre os dois citados.

A história gira em torno de quatro amigas que estão entediadas com suas vidas normais. Para agitar as coisas, elas resolvem juntar dinheiro para as férias de verão. Infelizmente, elas não conseguem dinheiro suficiente e recorrem a roubos para completar o orçamento. Logo, elas irão perceber que a vida é muito mais complicada do que apenas festejar. Quando as coisas ficam complicadas, algumas delas mostrarão seu lado negro enquanto outras perceberão que não nasceram para isso. No final, todas terão que viver com suas escolhas e as consequências que vêm delas. Prontos para viver?

Só para começar a criticar, esse filme basicamente não tem história alguma. Desde o começo nós apenas seguimos essas garotas que pagam de rebeldes e vadias – sem motivo aparente – e a trama vai se desenrolando da forma mais superficial possível. É realmente um teste assistir este filme até o final. Basicamente só chamou atenção do público em geral por causa dos atores que participaram da produção. Dentre os protagonistas temos James Franco (Planeta dos Macacos: A Origem), Selena Gomez (Monte Carlo), Vanessa Hudgens (Sangue no Gelo) e Ashley Benson (Pretty Little Liars).

Até agora estou chocado em ver que eles participaram mesmo de um filme desses. E provavelmente esse é o maior atrativo da história. O público tem a oportunidade de ver esses atores interpretando personagens safados e drogados, algo totalmente fora do que estamos acostumados. Todos irão concordar que seria muito mais óbvio a Miley Cyrus no papel principal desse filme, mas os produtores escolheram logo aquelas atrizes que não combinavam com o perfil. Esse é o único ponto positivo de Spring Breakers – Garotas Perigosas, o que certamente não é o suficiente para ser recomendado.

O filme ainda tenta apresentar um estilo diferente, onde há uma colagem de cenas e diálogos que são constantemente repetidos. A ideia até que é interessante, já que a repetição torna esses momentos muito mais sombrios. O que antes começou com uma brincadeira e curtição acabou se tornando algo sério e mortal. Temos uma perspectiva completamente diferente do que tínhamos no começo. Porém, essa única ideia decente é simplesmente jogada no lixo quando o filme chega a sua conclusão. Ao invés de seguir um caminho mais realista e passar uma mensagem importante para os espectadores, o enredo entrega o desfecho mais surreal e intragável possível.

Eu detestei esse filme do início ao fim. Completamente sem propósito. Poderia carregar uma mensagem real sobre atitudes e consequências, mas se perde completamente no terceiro ato. É muito fácil zoar e brincar com armas quando elas não estão apontadas para você. Gostaria de ter visto graves consequências e tudo o que vi foi uma piada. Tenho certeza que muitos de vocês irão curtir, mas eu realmente não aguento mais filmes desse estilo. Nonsense (no sentido ruim) e sem propósito. Vai pagar de bandido na vida real só para você ver, vai terminar igual uma peneira.

PS. Para não dizer que detestei tudo, só vale mesmo pela cena em que os maníacos tocam o terror ao som da música mais angelical da Britney Spears, Everytime.


Trailer Legendado:

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Concordo com tudo o que você disse sobre esse filme, cara! Foi uma decepção total, e tipo, no final, como que as meninas, que nunca tinham tocado numa arma na vida, vencem um tiroteio contra um bando de bandidos traficantes que mexem com armas desde que nasceram? Eu realmente esperava muito mais, e você tirou as palavras da minha boca. A única parte legalzinha foi a cena "Glee" com o James Franco.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir