sábado, 19 de outubro de 2013

[Crítica] Sleepy Hollow - 1x05: John Doe

Quando o Diabo não vem manda o secretário. 

Review:
(Spoilers Abaixo)

Antes de mais nada, minhas sinceras desculpas. Sei que estou realmente muito atrasado. Mas os deuses não foram nada bons comigo essa semana. Tive um debate sobre a liberação da maconha, (onde defendi é claro!) apresentei um trabalho sobre uma pesquisa que eu participei referente ao o universo prisional feminino. Etc. etc. etc. Com a certeza de que fui perdoado. Porque ao contrário de Moloch vocês são pessoas muito boas. Vamos a Sleepy Hollow

Aeeeee. Os produtores enfim começaram um episódio com algo diferente. Não foi um sonho do Crane ou uma visão da Abbie. Tivemos uma menina má e meninas más sempre manjam dos paranauê, estão, minhas expectativas para o episódio foram as melhores. Ep esse que, na ausência do Cavaleiro sem Cabeças, contou com a participação de um dos seus irmãos-primos-parentes-sei-lá-mais-o-que. Fato é que a Cavaleiro da Peste (Lembrei de cabra da peste) ficou responsável por tocar o terror na, sempre alucinante, Sleepy Hollow.

Sinceramente esse episódio renovou um pouco minhas expectativas em torno da série, (Que repto não é ruim, só não gosto dessa logística que eles adotaram) tive uma ideia completamente contrária a realidade de Sleepy quando comecei a acompanhar as aventuras de Crane e Abbie, passei três eps ansiando pela volta do Sem Cabeças e isso meio que me impediu de aproveitar o que a série tinha pra oferecer. Então curti mesmo o 1x05.

No início eu me perguntei como assim, uma civilização antiga surgi do nada? convive nas proximidades de uma cidade e ninguém, NUNCA, desconfiou, conta outra. Porém, com o desenrolar do episódio, as coisas se esclareceram. Abbie e Crane voltaram ao centro das atenções e ficaram responsáveis por resolver mais uma mistério: Como alguém da era medieval veio parar no século XXI? Gostei da resposta. Me faz pensar que os cavaleiros tem cérebro e tals, mesmo o Sem Cabeças. Afinal de contas Moloch pensa por ele.

Uma das coisas mais interessantes que o ocorreram nesse episódio foi o encontro entre o Crane e a Katrina, saber que ela esta entre mundos foi instigador. O que será que ela fez pra estar dividida entre o céu e o inferno, ou seja, o Purgatório? (mais uma das belas invenções da Igreja Católica ;) Sinceramente não vejo a hora dela retornar dos mortos, pelo que eu andei lendo ela e Abbie trabalharão juntas em um futuro não muito distante. Só resta saber se será uma parceria do além ou não.

Pois bem. Abbie e Crane encontraram a civilização perdida. Abbie, em um ato de fé, descobriu a cura pra peste lançada pelo Cavaleiro da Peste (não consigo escrever isso sem rir) e o da Peste deu uma sumidinha básica, só espero que ele volte, não aguento mais perder bons-futuros-vilões. 

Ah! Não posso me esquecer de falar isso: Fim de semana passado eu aterrissei na Sleepy Hollowde Tim Burton, sério, eu nunca tinha visto o filme, apesar de gostar tanto dos trabalhos do Tim quanto dos do Johnny Depp. O filme não tem muito a ver com o universo da série, só a ideia central, Cavaleiro sem Cabeças, matando gente e fim de papo, nada de apocalipse, irmãos cavaleiros ou fim do mundo. E, no filme, quem tem a cabeça controla o Cavaleiro. Enfim, o filme é bem legal (legal = foda) e eu indico, vale apena quem ainda não conferiu dar uma conferida.

Agora vamos as observações:
1º Continuo desconfiando do professor do Chris, um dia eu aprendo o nome dele, prometo.
1/2º Gostei do menino que fez a participação nesse episódio. Pena que assim como a cidade fantasma ele também estava morto.
2º O chato do ex namorado da Abbie andou fazendo investigações por conta própria. Onde será que isso vai dá? Será se o Crane tem uma doppelganger alá Stefan e Elena?
3º Por último e o mais importante. O Cavaleiro voltou. Até que enfim. E pela onda de destruição que ele vem deixando, acho que voltou bem bravo. Aliás chega de perder né? Ta na hora do "bad team" vencer uma. 

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário