segunda-feira, 14 de outubro de 2013

[Crítica] Once Upon A Time - 3x03: Quite a Common Fairy


O pobre Henry não gosta de maçãs... Por que será? 

Review:
(Spoilers Abaixo)

Posso dizer algo aqui? Claro que posso, a review é minha, mas deixa pra lá. Eu quero logo retornar para Storybrooke. Neverland é sombria, tem aquele ar de mistério inacabável... Mas não estou achando nada demais, entendem? Nem sequer vimos uma criatura demoníaca aparecendo para dizer oi. O máximo que chegamos de algo realmente perigoso foram as sereias, que me decepcionaram profundamente. Cadê o cântico irresistível? Ok, surto de shipper agora. Imaginem Hook sendo encantado por uma sereia e andando até a proa do barco. Seus olhos estão vidrados na sereia que lhe aguarda com um sorriso maligno no rosto. Emma pede que Regina controle o barco e desesperada, vai até lá para proteger seu amado da morte. Então, para quebrar o encanto, ela o beija. Um beijo longo, demorado, seguido por um soco dela quando ele corresponde. Abismado, ele olha para ela e diz "Love, your punch is so exciting as your kiss.Mágico, fugaz e marcante. Captain Swan aqui gente, por favor! Única e exclusivamente por culpa de Denise, minha amiga, que praticamente me coagiu a shippar esses dois lindos. Agora voltando a este capítulo, vamos lá.


A premissa desse episódio destacava a aparição de um personagem muito importante na história de Peter Pan. E houve uma especulação que rondou uma declaração dos produtores: ela teria um passado turbulento com um dos personagens. Eu apostei em Rumpels, já que é ele que interliga todas as histórias. Talvez Snow White... Talvez Charming. Eu imaginei todos, menos Regina. Eu simplesmente achei que não havia nenhum jeito de encaixá-la na história da Evil Queen. Mas claro, havia. Nesse série tudo é possível, aliás. Explorarei isso mais abaixo. E Sininho se encaixou perfeitamente na história da nossa diva. 

Oncers, não há como aquela mulher ser tão linda. Lana Parrilla fica linda de todas as maneiras. Como The Evil Queen, como a honrosa prefeita e mãe dedicada - ex-prefeita, se não me engano... - e principalmente... Como simplesmente Regina. Aquele cabelo cor de ébano cobrindo seus ombros contrastaram perfeitamente com seus olhos castanhos! E Sininho também estava linda. Parecia ter saído diretamente do clássico da Disney. E aqui está sua história com Regina: ao salvar a Rainha de sua morte, Sininho se vê na obrigação de ajudá-la a recuperar sua felicidade, encontrando o amor verdadeiro. Para cumprir sua missão e provar a sua mentora que era uma fada digna do seu título, ela rouba o pó mágico secretamente para auxiliar Regina na busca do seu amor verdadeiro, a única coisa capaz de lhe proporcionar a verdadeira felicidade. O problema é que, ao encarar o homem que a faria feliz, Regina acaba temendo que o amor não preencha o espaço que já foi ocupado pelo ódio em seu coração. Por fim, ela condena Sininho a perder sua posição como fada e consequentemente, perdendo seus poderes mágicos.  

Esse sorriso... Zeuza, trabalhou lindamente aí, né?

Atualmente, em Neverland, nosso quinteto heroico busca por Henry, completando mais um dia improfícuo na Missão Henry - sim Regina, aposto que o garoto teria dado um nome melhor! -. Até que Hook os aconselha para que procurem por Sininho, uma fada de confiança do vilão Pan, que poderia introduzi-los no acampamento e dá-los a chance de vitória. Essa opção também chama a atenção de Charming, que fica esperançoso, acreditando que o pó encantado poderia salvá-lo de uma dolorosa morte por envenenamento. Alguém realmente acha que ele irá morrer? - eu tenho esperanças! Regina tenta oferecer outra alternativas constantemente, deixando claro que ela tem algum problema com a tal fada. Mas no fim, a vingança que Sininho tanto pensara em realizar fora abandonada pelo mesmo medo que moveu Regina anos atrás: de que o ódio tomasse o lugar que o amor naturalmente ocupava em seu coração. Medos tão díspares, mas ao mesmo tempo, tão semelhantes! 

Já na Floresta Encantada vemos Nealfire, Mulan e o homem que deveria possuir o coração da nossa amada rainha, e quem seria ele? Robin Hood! Achei essa reviravolta fantástica. O shipp inexistente já deveria ter nome! Vou até arriscar: Hedina? Rood? Rebin? Ok, parei pessoal. Ignorem essa última linha. Nealfire tenta convencê-lo a deixar seu filho servir como isca (!!!) para que ele pudesse ir até Neverland agarrado na Sombra... Algo insubstancial e portanto, inefável. Mas em um mundo onde Mulan é entediante, tudo pode acontecer. O plano acaba dando certo e nosso odiável amável herói chega até Neverland, buscando reconquistar sua mulher e seu filho.

Devo confessar, estou curiosíssimo com esse lance do Henry. Ele deve ser muito importante mesmo. O possuidor do coração mais crédulo do mundo inteiro, forjado pela união das Trevas e da Luz. Desenvolvido no ventre de uma emancipadora profética. Tinha que ter um pingo de importância, certo? Todos podem afirmar que Pan é o vilão, mas acho que ele realmente está querendo ajudar o Henry e a enfrentar algo que está além de nossa compreensão. Lembrando do Henry, do Nealfire... Acabo lembrando do Rumpels. Onde diabos ele se meteu nesse episódio? Só perdoo o seu sumiço porque Regina protagonizou o episódio inteiro.  Achei desnecessária a separação dele... Seria só para questionarmos sua sanidade ao ser atormentado por Bella? Falando nela, estou aguardando um plot considerável para os personagens largados em Storybrooke, né? Já vejo uma luz para a Floresta Encantada!

E para este último parágrafo, deixei a cena que mais me chocou no episódio inteiro... Mulan... Lésbica? É isso mesmo produção? Shang achou ofensivo por demais. Nada contra, pela pança de Buda! Fiquem a vontade para virem como "mimimi" nos comentários, mas irei responder as ofensas a altura, já que estou explicando tudo aqui. Para mim, a história dessa exímia guerreira é interessante por causa de sua adaptação ao universo masculino. Ao seu descobrimento de tudo ligado a isso como uma garota. Não que eu esteja afirmando que lésbicas não são mulheres, pelo amor de Zeuza. Apenas não gostei da ideia e não prevejo um desenvolvimento considerável entre ela e Aurora. Ainda mais que A Bela Sonsa está grávida. Já deve estar no oitavo mês e ela só foi perceber agora. E então? É só coisa de minha cabeça ou havia muitas coisas sugestivas nas entrelinhas daquele diálogo? Comentem aí em baixo. Tá na hora de acordar o Mushu, né ancestrais? 


Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário